sábado, 28 de março de 2015

Cansada de ser roubada mulher mata ladrão em Juruti

Elidiana Guimarães matou assaltante e depois fugiu. Polícia está à sua procura
O fato aconteceu na cidade de Juruti, no Oeste do Pará, na manhã de sexta-feira, 27/03. A senhora Elidiana dos Santos Guimarães não aguentava mais ser roubada, perdeu a paciência e meteu fogo no peito do suspeito que vinha, segundo ela, lhe furtando há vários dias seguidos.
O rapaz foi alvejado com um tiro de espingarda no quintal da casa de Elidiana. Segundo informações de testemunhas, Elidiana estaria desconfiada que o rapaz lhe furtou uma certa quantidade de confecção que a mesma vendia e, numa conversa que teve com a vítima houve um desentendimento e ela o matou com um tiro no peito, depois fugiu para um sítio. A Polícia continua as buscas e segundo o delegado de Juruti, Dr. Erick Peterson, a qualquer momento a matadora poderá ser presa. Fonte: O Impacto e Edy Portel

quinta-feira, 26 de março de 2015

------------NOTA DO BLOG URUARA EM FOCO------------

Venho por meio desse destacar a repercussão do texto publicado sobre "Pastores escandaliza o Evangelho" , onde alguns pastores de verdade ficaram preocupado com a matéria veiculada, mas quero declarar aqui minha ira contra esse lobos vestido de ovelhas e dizer que o texto publicado não generaliza a todos, pois existe aqui em Uruará e em todo Brasil verdadeiros Pastores, que merecem todo respeito e admiração. Portanto o foco do texto publicado e especifico para os verdadeiros mercenário, onde as mascaras estão caindo por terra.
Tenho a pura certeza que esse falsários de Pastores devem se converter e não ficar denegrindo a imagem dos verdadeiros homens de Deus.

quarta-feira, 25 de março de 2015

POLICIA DE BRASIL NOVO,DIVULGA FOTO DO ASSASSINO DE ZEZE BIANCARDI

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Brasil Novo divulgou na manhã desta quarta-feira (25), a foto do suspeito de ter sido o autor dos disparos que matou a Secretária Municipal de Trabalho e promoção Social e Ex-Vereadora do Município de Brasil Novo, Maria José Biancardi.
O Crime aconteceu na noite do dia 13 de março quando a secretaria foi alvejada com 03 tiros  por um homem que chegou à residência da mãe da vítima, onde ela estava perguntando pela irmã dela e em seguida disparou várias vezes contra ela que morreu no local.
O principal suspeito de manda executa   Maria José Biancarde, Acácio lorenzoni, foi logo no outro dia do acontecido, onde Acacio foi encaminhado para a delegacia de Policia Civil de Altamira, por motivo de segurança, onde por ser uma pessoa idosa e muito doente a justiça determinou o acusado aguarde em prisão a domicilio ate que os fatos sejam esclarecidos.
Foto e informação: Policia Civi

BELÉM: MPPA reúne com órgãos públicos e clubes discutem estratégias de segurança para o REPA

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) promoverá reunião nesta quinta (26), no auditório da Infância e Juventude do MP, para discutir a organização e estratégias de segurança visando o clássico de futebol entre o Clube do Remo e Paysandu Esporte Clube (REPA). O jogo deverá ser realizado no próximo domingo (29) pelo Campeonato Paraense de Futebol no Estádio do Mangueirão, bairro do Benguí, periferia de Belém.
Participarão do evento, além dos promotores de Justiça Domingos Sávio, Nilton Gurjão e Joana Chagas Coutinho, representantes dos Clubes Remo e Paysandu, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Secretaria municipal de Economia (Secon), Federação Paraense de Futebol (FPF), Secretaria municipal de Urbanismo (Seurb), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Pará (Aclep), Tribunal de Justiça (TJ) e Juizados.
                                     Ministério Público do Estado do Pará
                                            Assessoria de Imprensa

Padre que matou ciclista é liberado após pagar fiança de R$ 5 mil

O padre George Miranda Gomes, 37 anos, acusado de dirigir alcoolizado e matar uma pessoa atropelada nessa segunda-feira (23), foi liberado após pagar fiança de aproximadamente R$ 5.500,00. Ele responderá o processo em liberdade.Segundo informações da Polícia Civil, o padre foi autuado por homicídio culposo, omissão de socorro e alcoolemia ao volante na Delegacia de Castanhal. 
Ele seria encaminhado ao centro de detenção do município, mas a juíza de plantão em Castanhal atendeu ao pedido da defesa e emitiu alvará de soltura em favor do acusado (considerando elementos como o fato dele ser réu primário, ter residência fixa, dentre outros) mediante o pagamento de fiança.
Após o pagamento, realizado ainda na noite de ontem, Jeorge Gomes foi liberado para responder ao processo em liberdade. Ele retornou à Diocese de São Miguel do Guamá e permanecerá à disposição do judiciário.  Tiago Silva/Diário do Pará e Polícia Civil)

terça-feira, 24 de março de 2015

                                                       Nota à Imprensa

A Polícia Federal em Altamira/PA, vem  informar que os horários de atendimento ao passaporte, tanto para solicitação quanto para a entrega, só será realizado nas terças e quintas-feiras nos seguintes horários: 8:00 às 12:00 / 14:00 às 17:00hrs.

Comunicação Social da Polícia Federal em Altamira
Contato: (93) 3515-5889

PASTORES ESCANDALIZAM O EVANGELIO

Além de bandidos são excelentes atores enganando simples inocentes fieis, com palavras bonitas e
ate mesmo com obras interesseiras. São zombadores, canalhas, mercenários e não e pecado destacar a verdade dessa corja de bandidos. São Bodes velhos enviados do carniceiro que se intitula-se Pastores, e se tornam, salafrários e oportunista, pregando palavras bonitas, mas as mesmas eles não vivem. Alguns se prostitui ate com suas servas, outros compram e não pagam, são mentirosos, outro se embriagam de bebidas alcoólicas escandalizando, suas igrejas e a sociedade.
Estas mazelas que atingem nossos familiares e amigos, onde esse enganadores usam o nome de Deus, para enganar, roubar, mentir,saquear,destruir e ate matar. Diante de milhares de homens de Deus, que são dignos de serem Pastorem, esses canalhas difamam e denigre os verdadeiros Pastores.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Polícia Civil apresenta parte do grupo criminoso responsável por roubo a banco em Placas

A Polícia Civil apresentou na manhã de hoje, dia 23, na Delegacia-Geral, em Belém, três presos por
 Fernando,Wellington e Cleisson
envolvimento no roubo ao Banco da Amazônia do município de Placas, região Oeste do Pará, ocorrido no último dia 12. Fernando de Matos Oliveira, 21 anos; Cleisson Silva Duarte, 25, e Wellington Almeida Costa, 31, foram localizados, na sexta-feira passada, em Uruará. Os presos foram transferidos, no final de semana, para a capital paraense, onde permanecerão presos à disposição da Justiça. Com eles, cinco armas de grosso calibre foram apreendidas e também trazidas para Belém. Ao todo, seis homens envolvidos no assalto em Placas já estão presos.
Dois deles - Keulesson Vieira dos Santos e Francisco Alves de Lima - foram capturados, no sábado passado, em Altamira, e permanecem na região. O outro preso, Marcos Silva Duarte, natural de
Marcos Silva
Altamira, foi baleado e preso logo após o assalto ao banco em Placas. Ele não foi transferido para Belém, pois teve de passar por uma cirurgia. Marcos é irmão do preso Cleisson apresentado em Belém.  Além das armas, uma caminhonete usada no assalto foi apreendida em Uruará. Somando os sete presos por envolvimento no assalto ao Banco do Brasil, em São Geraldo do Araguaia, e os acusados do roubo em Placas, já são 13 assaltantes de bancos presos neste ano no Pará.
Keulesson e Francisco 
O armamento apreendido em Uruará - três espingardas calibre 12, uma metralhadora calibre 9 mm e um fuzil calibre 762 - foi encontrado enterrado em uma plantação de cacau, na zona rural do município. A apresentação dos presos foi presidida pelo delegado João Bosco Rodrigues, diretor de Polícia do Interior da Polícia Civil; delegado André Costa, diretor da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO); investigador Célio Salvador, de Uruará, e major Kleverson Firmino, comandante do Comando de Operações Especiais (COE), da PM do Pará.
Fernando, Wellington e Cleisson foram presos durante operação policial iniciada após uma abordagem feita pelos investigadores de Uruará, Célio Salvador e Silvio Alex, na rodovia
Transamazônica, na quinta-feira passada. Os policiais civis suspeitaram de três homens que trafegavam na rodovia em duas motos e uma caminhonete Saveiro.
Ao darem sinal para a parada dos veículos, os homens atiraram em direção aos policiais civis e saíram em fuga. A perseguição aos criminosos teve início à altura do Km 140 da rodovia, onde os policiais receberam apoio de policiais militares da Rotam, da equipe do Comando de Operações Especiais (COE) e da PM de Uruará. De acordo com o delegado André Costa, o assalto ao Banco da Amazônia em Placas trouxe características diferentes de outros assaltos na modalidade conhecida como "novo cangaço" ou "vapor". Desta vez, explica o policial civil, foram pessoas da região de Altamira os autores do crime e não integrantes de células de grupos organizados oriundos no nordeste brasileiro. Outra diferença é que, pela primeira vez, houve registro de revide por parte de policiais militares, que trocaram tiros com os assaltantes, durante a fuga, atingindo um deles. Segundo o delegado João Bosco, a Polícia Civil prossegue as investigações.
OPERAÇÃO LAVA-JATO, VEJA AINDA HOJE, POLÍTICO DA REGIÃO DA TRANSAMAZÔNICA PODE ESTA ENVOLVIDO EM PROPINAS NA OBRA DE BELO MONTE.

sábado, 21 de março de 2015

MAIS 02 SUSPEITO DO ASSALTO A AGENCIA DO BANCO DA AMAZÔNIA DE PLACAS FORAM PRESO NESSA MANHÃ.





















 Nesse sábado(21), segundo as informações da assessoria de comunicação da 17ª Companhia Independente de Policia Militar, Foram preso na cidade de Altamira, mais dois integrantes da Quadrilha do assalto ao Banco de Placas. Kelison Vieira Santos, de 22 anos, e Francisco Alves de Lima, de 19 anos, estes indivínduos faziam parte da quadrilha; dando suporte de moto(batedores) e acompanhavam dando informações ao grupo.

ASSALTANTES DE BANCOS PRESOS EM FLAGRANTE DEVERÃO SER TRANSFERIDOS PARA A COMARCA DE BELÉM

CLEISON SILVA DUARTE,WELLINGTON DE ALMEIDA E FERNANDO DE MATOS OLIVEIRA, todos oriundos da cidade de Altamira, neste Estado, presos por assalto ao Banco da
Amazônia na cidade de Placas, e autuados em flagrante por associação criminosa, com aumenta de pena por uso de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido; porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, com aumento de pena por numeração raspada de arma de fogo e disparo de arma de fogo, serão transferidos para a cidade de Belém, capital deste Estado.
A referida transferência foi solicitada pelo Delegado de Policia Civil, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da Comarca de Rurópolis, que foi nomeado pelo Estado, para conduzir as peças do flagrante, juntamente com sua equipe. O DPC Ary Vital justificou sua solicitação, haja vista, a periculosidade dos presos e também a possibilidade de um resgate, devido à pequena quantidade de policiais lotados na delegacia da Comarca de Uruará.
Justificou ainda, que a solicitação prende-se ao fato ainda, de que é de interesse público, uma vez que os prisioneiros ainda estão sob investigações por fazerem parte de uma quadrilha. Doutor Ary Vital informa que a solicitação foi feita ao Doutor Vinicius de Amorim Pedrassoli, Juiz de Direito da Comarca de Uruará e que os prisioneiros deverão ser apresentados à Delegacia Geral para as devidas providências. O DPC Ary vital agradece a consideração e os trabalhos prestados pela sua equipe composta pelos policiais EPC Ronivaldo Colares, EPC Rafael Santana, EPC Adrielle Oliveira, IPC Sergio Augusto e Fagner André, que juntos se deslocaram até a cidade de Uruará, e como sempre foram capazes da realização de um ótimo trabalho. Informações Policia Civil

MPF lança dez medidas para combater a corrupção e a impunidade

Propostas de alteração legislativa serão entregues ao Congresso Nacional e ao Conselho Nacional de Justiça
A partir da experiência de sua atuação e tendo em vista trabalhos recentes como a Operação Lava Jato, o Ministério Público Federal apresentou, nesta sexta-feira, 20 de março, dez medidas para aprimorar a prevenção e o combate à corrupção e à impunidade. As propostas começaram a ser desenvolvidas pela Força-Tarefa Lava Jato em outubro de 2014 e foram analisadas pela Procuradoria-Geral da República em comissões de trabalho criadas em 21 de janeiro deste ano. As medidas buscam evitar o desvio de recursos públicos e garantir mais transparência, celeridade e eficiência ao trabalho do Ministério Público brasileiro com reflexo no Poder Judiciário.
O lançamento foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelos coordenadores da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, Nicolao Dino, da Câmara Criminal do MPF, José Bonifácio Andrada, e pelo coordenador da Força-Tarefa Lava Jato do MPF no Paraná, Deltan Dallagnol.
No lançamento, Rodrigo Janot explicou que, ao asumir o cargo de procurador-geral da República, colocou como ênfase atuar de forma propositiva na melhoria do sistema penitenciário brasileiro e combater a corrupção. Ele falou sobre a criação da Câmara de Combate à Corrupção para coordenar a atuação nessa área tanto no viés penal quanto não penal e acrescentou que, nesse âmbito, criou comissões de trabalho com o objetivo de encaminhar sugestões de mudança legislativa para implementar medidas de combate à corrupção. O trabalho teve início com os estudos desenvolvidos pela força-tarefa do MPF na Operação Lava Jato na primeira instância.
Segundo o coordenador da Câmara de Combate à Corrupção, Nicolao Dino, o Brasil vive um momento decisivo, revelado a partir de manifestações de insatisfação em face dos elevados índices de corrupção percebidos na sociedade. Para ele, essa percepção se deve a um momento democrático e também em razão da atuação incisiva, responsável e serena do MPF no enfrentamento dos casos de corrupção que têm sido divulgados no cotidiano. "É um momento de transformação desse sentimento de insatisfação em reflexão e ação para que possamos extrair resultados concretos de tudo isso", disse.
O coordenador da Força-Tarefa Lava Jato do MPF no Paraná, Deltan Dallagnol, explicou que o caso Lava Jato indignou o país e que o sonho do brasileiro é ter um país melhor, com menos corrupção e menos impunidade. "Se você é um brasileiro que não vê saída nessa situação, eu gostaria de dizer que existe uma luz - e aí uma referência à lâmpada nas dez medidas de combate à corrupção - e que cada um de nós, a imprensa, o Ministério Público, os órgãos públicos e a sociedade têm um grande poder e uma grande responsabilidade na implementação dessas mudanças", conclamou.
Medidas - As medidas buscam, entre outros resultados, agilizar a tramitação das ações de improbidade administrativa e das ações criminais; instituir o teste de integridade para agentes públicos; criminalizar o enriquecimento ilícito; aumentar as penas para corrupção de altos valores; responsabilizar partidos políticos e criminalizar a prática do caixa 2; revisar o sistema recursal e as hipóteses de cabimento de habeas corpus; alterar o sistema de prescrição; instituir outras ferramentas para recuperação do dinheiro desviado.
As propostas de alterações legislativas serão entregues pelo MPF ao Congresso Nacional e ao Conselho Nacional de Justiça. Os textos dos anteprojetos de lei estão abertos a sugestões até a próxima sexta-feira, 27 de março,

BLOG URUARÁ EM FOCO ULTRAPASSA 12.000 VISUALIZAÇÃO NAS ULTIMAS 24 HORAS


sexta-feira, 20 de março de 2015

TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICIPIO EM URUARA

Auditores do TCM - Tribunal de Contas dos Municípios estão em Uruará investigando a denúncia de desvio de R$ 1.380.000,00, ocorrida em 2011, de um convênio para construção e recuperação de escolas no município. Na época a secretaria era comandada pelo agora vereador Manoel Ribeiro de Castro (PMDB)

ASSALTANTES DE BANCO SÃO PRESOS PELA POLICIA DE URUARA

Parte da quadrilha de assaltante que assaltaram a Agencia do Banco da Amazônia de Placas no ultimo dia 12 já esta atraz das grades. Em uma operação da policia Civil, militar e grupo tático da Policia Militar.
O investigador Sílvio Alex informou que na noite de ontem o mesmo junto com o investigador Célio Salvado foram ate a localidade do km 140 averiguar um roubo de uma moto, e na volta para a cidade de Uruara, se depararam com um carro e 02 motocicletas segui no sentido Medicilandia, sem mesmo a policia sinalizar a para dos mesmos, os ocupantes dos veículos, desceram já atirando na viatura policial, ouve troca de tiros, onde foi solicitado reforço e um criminoso foi preso na noite de ontem.
Na manhã desta sexta-feira, os policiais civis com o apoio da polícia militar se deslocaram para o local do acontecido na noite de ontem, onde depois de uma varredura na região, 02 assaltantes
estavam em uma borracharia na vila do km 150 próximo ao colégio Iatai se passando por colonos todos sujos, onde a policial Militar Rita Costa desconfiou dos mesmo, e depois de uma breve descobriu que os mesmos se tratava dos assaltante procurado Weliton Almeida Costa, 31 anos, cidade e Cleisson Silva Duarte, 24 anos todos de Altamira.
Diante da prisão dos assaltantes também foi descoberto o local que as armas estava enterrada no meio do mato, onde os meliantes levaram a policia ate o local e foram encontrada, 3 escopetas calibre 12 de repetição, 1 metralhadora 9mm e 1 fuzil 762 e segundo informações policial
Equipe
02 revolveres também estava de posse de outros 02 assaltantes que fugiram com 02 motocicletas.
Segundo informou um cidadão Uruaraense na manha de hoje ao passar no km 150 os assaltante lhe pediram carona mas com estava com seu carro lotado não foi possível.
Quatro integrantes da quadrilha que assaltou a agência do Banco da Amazônia da cidade de Placas já estam preso, onde a prisão foi realizada Sílvio Alex e IPC Célio Salvador, os policiais militares, sargento PM Rita Costa, soldados, PM Wagner, PM Josiney, PM Campinas, PM Bentes, sob o comando do major PM Márcio Abud, os policiais sargento Robson, cabo André, soldado Bastos e soldado Iglesias da Rotam. Com a prisão do militantes que foi atingido com um tiro no pe na dia do assalto no município de Placas 04 criminosos são tirados de circulação, onde os criminoso esta recolhido na delegacia de policia civil de Uruara a disposição da justiça.


VEJA JÁ JÁ POLICIA DE URUARÁ PRENDE ASSALTANTES DO BANCO BASA DE PLACAS, COM FOTOS E MATÉRIA COMPLETA .
AINDA HOJE INFORMAÇÕES DA PRISÃO DE UM COMPONENTE DOS ASSALTANTES DO BANCO DA AMAZÔNIA DE PLACAS, ONDE A POLICIA ESTA EM OPERAÇÃO PARA PRENDER O RESTANTE DA QUADRILHA.

Justiça suspende cursos irregulares da Faculdade do Tapajós

Só curso de Administração em Itaituba tem autorização do MEC
A Justiça Federal suspendeu os cursos de nível superior em Administração promovidos pela Faculdade do Tapajós (FAT) fora de Itaituba. A faculdade está impedida de realizar matrículas e de dar início a aulas desses cursos. 
A decisão liminar (urgente) da juíza federal Hind Kayath foi encaminhada nesta quarta-feira, 18 de março, para publicação no Diário da Justiça. Caso a faculdade descumpra a decisão, a Justiça vai estabelecer pena a ser aplicada aos responsáveis.
A decisão registra que, apesar de ter autorização do Ministério da Educação (MEC) apenas para promover curso de administração na modalidade presencial em Itaituba, a FAT promovia cursos de administração em Mãe do Rio, Acará, Paragominas, Moju, Tomé-Açu, Óbidos e Marabá, de acordo com relato do Conselho Regional de Administração apresentado ao Ministério Público Federal (MPF), autor da ação.
"Perpetuando-se a irregularidade, visíveis são os gravames ao consumidor se a entidade continuar a oferecer cursos à comunidade sem a devida autorização do poder público, fato agravado quando se trata dos alunos matriculados, os quais, além do comprovado prejuízo financeiro, terão frustradas suas expectativas da obtenção do grau superior de ensino", observa a juíza federal.
Com mais essa decisão, agora são 18 os cursos irregulares suspensos no Estado desde 2011, quando houve um aumento no número de denúncias feitas ao MPF sobre faculdades irregulares.

quinta-feira, 19 de março de 2015

COBRANÇA DE PEDAGIO EM TRAVESSIA PODE VIRA CASO DE JUSTIÇA.

O Vereador Gilmar Milanski solicitou do Poder Executivo Municipal e do Ministério Público por
meio de ofícios que tomem as providencias  necessárias para evitar a cobrança de "pedágio" na travessia do 165 pro 170/Sul, e que seja providenciado forma de garantir a passagem de pedestres e/ou motos no local da ponte, enquanto a mesma é construída. Com a ponte do Rio Uruara intransitável e com a possibilidade da demora na construção de uma nova ponte a situação dos agricultores da vicinal 165 esta critica e ainda com o pagamento do pedagio que custa R$ 2.00 motocicletas e R$ 4.00 carros. O proprietário do lote onde tem o desvio entre a vicinal 165 e 170 Cícero Araújo, argumenta que a cobrança e devida a passagem pelo seu lote e o trabalho de abrir a porteira para que a população possa passar. O desvio existe a cerca de 8 anos onde um acordo com o ex-prefeito e Cícero, quando na época também a mesma ponte estava passando por reformas, garantia o direito de trafego. A prefeitura fez a estrada atravessando o lote onde dava direitos dos moradores do km 165 ter passagem.


quarta-feira, 18 de março de 2015

Operação realizada pela Policia Federal, Policia Civil e Militar Localiza e destroi plantio de maconha em Uruará

Na manhã desta terça feira dia 14 de Março de 2015, uma operação conjunta entre as polícias Civil,
Federal e Militar resultou na localização e destruição de uma plantação de maconha na zona rural no município de Uruará-PA. Ao todo 350 pés da droga foram destruídos. Armas e parte da droga já beneficiada também foram apreendidas. Um homem foi preso e autuado em flagrante pelo Delegado Silvio Birro Diretor do NAI/Santarém, que coordenou a operação juntamente com o Major Firmino, comandante da COE, da Polícia Militar e Agente Newton da Policia Federal, Policiais do Tatico de Santarém também participaram da Ação.
Na Operação foi preso o Nacional Sergio Antonio da Silva, Natural do Rio de Janeiro.
Segundo as primeira informações a Plantação foi encontrada durante as buscas aos assaltantes do BASA de Placas,  os policiais contaram também com o apoio do Helicóptero Guardião 08 da Policia Militar, que retornou ao município para dar suporte à Operação de buscas.
A aeronave sobrevoou a cidade e pousou na sede social da AAP (Associação dos Agricultores de Placas), onde foi abastecido pelos tripulante, depois seguiu para o local das buscas onde a Policia fazia a operação de destruição das drogas. Fonte:Gilberto Leite e Policia Civil

terça-feira, 17 de março de 2015

Polícia crê que 'cansaço e fome' farão assaltantes do BASA se entregarem

COE, NAI com apoio da PF e grupamento aéreo buscam a quadrilha.
Criminosos fugiram para mata no KM 235 após assaltar banco em Placas
.
A Companhia de Operações Especiais (COE), Núcleo de Apoio a Investigação de Santarém (NAI) com apoio de agentes da Polícia Federal e o Grupamento Aéreo de Altamira continuam as buscas . Saldanha informou ao G1 que o bando foi avistado correndo na floresta durante um sobrevoo de helicóptero, mas como a aeronave também foi vista, eles se esconderam. “Nós acreditamos que eles ainda estejam no local. Se eles estão com suprimentos, os suprimentos vão acabar. A experiência que as equipes de busca têm, é que esse suprimento acabe, e eles com cansaço, com fome e desespero, acabem uma a um, ou o grupo todo, se entregando”.
Após investigações mais detalhadas, o delegado esclareceu que as buscas são por quatro homens, e não oito como informado pela Polícia Militar inicialmente. “Cinco praticaram o assalto, mas um deles já foi preso, o que estava com o tiro na perna, que seria o motorista da caminhonete, então, só restaram quatro”, afirmou Saldanha.
A Polícia Militar informou na sexta-feira (13), que tinha sido levada uma quantia de aproximadamente R$ 115 mil da agência, mas não deu plena certeza sobre o valor. Nesta segunda-feira (16), a Polícia Civil explicou que o dinheiro levado do banco pelos bandidos foi cerca de R$130 a R$ 140 mil, mas como R$ 54.110,55 já foram recuperados, é possível que R$ 60 a R$ 70 mil ainda estejam em poder dos assaltantes.
Saldanha enfatizou que a recuperação de parte do dinheiro ocorreu após um trabalho de apuração minucioso com os reféns. Uma funcionária da agência, que foi levada como refém pelos criminosos, informou durante depoimento à Polícia Civil, o local onde estaria o malote.
Segundo o delegado, durante a fuga, os criminosos adentraram na mata e esqueceram uma das mochilas com dinheiro nas costas da refém. Após ficar cerca de 10 minutos no local esperando o bando voltar, a funcionária resolveu deixar a mochila para trás, pois ficou com medo dos suspeitos dispararem contra ela “Ela ficou com aquilo guardado, com medo da ameaça que sofreu quando eles abandonaram a caminhonete. Com a psicóloga do BASA ela conseguiu falar, e a psicóloga disse: ‘olha, conte isso para as autoridades’. E aí no momento de tomar o depoimento, eu a levei até o BASA para ela me contar da dinâmica do assalto. Eu perguntei: ‘você tem mais alguma coisa pra me falar? E ela começou a chorar. Eu disse: ‘olha você está conosco, está protegida, não tem mais o que temer’. Ela é uma vítima que já sofria porque foi vítima do outro assalto ao BASA”, explicou.
Fortemente armados, assaltantes fizeram reféns 
pelos suspeitos de assaltar o Banco da Amazônia (BASA), no município de Placas, oeste do Pará. De acordo com o delegado de Polícia Civil, Celso Saldanha, o cansaço, a fome e o despero farão eles se entregarem. Ele disse ainda que é provável que a quadrilha ainda esteja na mata entre os quilômetros 235 e 240.

segunda-feira, 16 de março de 2015

PONTE DESABA COM CAMINHÃO MADEIREIRO NO TRAVESSÃO DO KM 165

Uma ponte de madeira sobre o rio Uruará no travessão do km 165 desabou na tarde desse Domingo dia 15, na hora em que um caminhão que transportava toras de madeira trafegava sobre a mesma. O caminhão ficou sob as águas do Rio Uruará, onde o motorista não teve ferimentos. Dezenas de famílias do Travessão que dependem da ponte para se deslocar para a cidade ficaram ilhadas. Mas segundo informações a prefeitura já esta elaborando uma plano para agilizar a locomoção dos residente das vicinais que dependem da ponte ate que a mesma seja construída novamente.

sábado, 14 de março de 2015

POLICIA PRENDE SUSPEITO DA MORTE DA EX-PARLAMENTAR DE BRASIL NOVO

Acasio Lorizoni
Segundo informações o Juiz de Brasil decretou, nessa tarde de sábado a prisão preventiva de Acácio lorenzoni, como sendo o
culpado da morte de Maria José Biancarde onde a policia cumpriu o mandato imediatamente. A Policia civil Levou o suspeito para delegacia de policia civil de Altamira. Segundo informações Acasio teve um desentendimento com a irmã de Zezé que era ex-nora do mesmo e a jurou de morte. Uma testemunha que estava passando na hora do ocorrido, disse que o assassino relatou para seus comparsa que o esperava em uma moto Pop, na frete da casa da mãe da vitima, que tinha matado a pessoa errada. A cidade de Brasil Novo esta chocada com a Morte de Zeze como era conhecida, pois tratava de uma pessoa muito querida por todos da cidade.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Ex vereadora é assassinada em Brasil Novo

4 TIROS CEIFOU A VIDA DE UMA GRANDE MULHER, MUITO QUERIDA NO MUNICÍPIO DE BRASIL NOVO.
Dezenas de pessoas se aglomeram na frente da casa da mãe de Maria Jose Biancardi (Ex ver. Zezé), amigos e secretários do Governo Municipal acompanham pasmos a notícia do possível feminicídio (como seguem as investigações) Zezé foi alvejada com 4 tiros na frente de familiares, o ato violento chocou a cidade de Brasil Novo, policiais civis da cidade já estão no caso, atualmente atuando como secretária de trabalho e promoção social na cidade, Zezé além de conhecida era uma figura muito carismática e querida no município, o que tem levantado uma comoção popular e a revolta pelo ato violento.
O IML em Altamira já foi acionado para fazer a remoção do corpo, peritos do Centro Renato Chaves farão todas as acareações no local de crime, a princípio acredita-se que os tiros seria para uma outra pessoa, e não para a ex parlamentar.
Mais detalhes a qualquer momento! Por: Felype Adms.

Policia recupera o Malote com dinheiro do Assalto ao Basa de Placas

Na manhã desta Sexta-feira dia 13 de Março, as Policias Civil e Militar recuperaram o dinheiro do assalto ao BASA de Placas. O Dinheiro foi encontrado na Vicinal do KM 235 na mata próxima ao local onde foram liberados os reféns. Segundo informou Gilberto que esteve na  ação da polícia Militar na região em busca dos bandidos, o mesmo declara  que o tempo deles está acabando, pois a policia está no encalço deles, os bandidos já foram visualizados e se embrenharam nas matas, uma equipe policiais segue no encalço deles. com informações e foto Gilberto Leite

quinta-feira, 12 de março de 2015

POLICIA CONTINUA NA BUSCA DOS ASSALTANTES DA AGENCIA BANCARIA DE PLACAS.

Três guarnições do GTO, com apoio de policiais militares da região, e dois helicópteros do GRAESP (Grupamento Aéreo de Segurança Pública), de Altamira e Santarém, dão apoio nas buscas aos assaltantes. Durante as diligências, a Polícia Civil foi informada que um suspeito havia dado entrada no Hospital de Placas, com ferimento de bala na perna, alegando que teria sido refém dos bandidos. Na verdade, era um dos envolvidos no roubo, segundo explica o delegado Jardel Guimarães, já que munições foram encontradas com ele. O preso permanecerá recolhido na Unidade de Placas à disposição da Justiça.

Homens armados assaltam agência bancária em Placas, PA

Bandido Baleado

Reféns
Cerca de 06 Homens armados invadiram e assaltaram a agência do Banco da Amazônia por volta das
10h 00 desta Quinta-feira (12) no município de Placas. Segundo informações os criminosos tomaram em assalto uma camionete Hilux de propriedade do ex-prefeito de Placas Maxwell Brandão que também ficou em poder dos criminosos onde foi liberado após o assalto.
Bandido Preso
Segundo testemunhas, os criminosos já chegaram no local atirando com armas de grosso calibre,
os homens renderam todos que estavam na agência e roubaram uma quantia em dinheiro ainda não contabilizada. Na fuga, os assaltantes teriam levado funcionários do banco como reféns. Segundo informações, Marcus Silva Duarte foi baleado e esta no Hospital Municipal de Placas o clima ta tenso na cidade, pois os bandido estão encurralados na vicinal 235 onde abandonaram o carro .As informações ainda é que o elemento Marcus Silva Duarte de 24 anos, residente em Altamira, quando foi baleado, tirou a calça e ficou de bermuda e deixou a calça no mato que foi achada por populares com um buraco na perna e com munição nos bolsos. Segundo a polícia, a quadrilha fugiu em direção à Ruropolis  mas como pessoas teriam colocado uma trator em uma ponte os assaltante retornaram a sentido Uruara entrando assim na vicinal 235. Com informações e fotos Edson Azevedo


ASSALTO AO BANCO DA AMAZÔNIA EM PLACAS ACONTECENDO NESSE MOMENTO, EM BREVE MAIS DETALHES DO ASSALTO.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Audiência pública discute aumento da conta de energia no Pará

Conta sofreu reajuste de 34% em agosto de 2014 e de 3,6% no último dia 2.
Comissão vai formular sugestões para a diminuição dos valores
Uma audiência pública foi realizada nesta terça-feira (10) na Assembléia Legislativa do Pará (Alepa), em Belém, para discutir os recentes aumentos na conta de energia elétrica no estado. Uma comissão de estudo foi escolhida para analisar documentos, ouvir especialistas e formular sugestões para a diminuição da conta de energia no Pará. A comissão tem prazo de 120 dias para apresentar propostas.
A conta de luz ficou 3,6% mais cara no estado desde o dia 2 de março, quando passou a vigorar a revisão extraordinária aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No último reajuste anual autorizado pela Aneel, em agosto de 2014, a Celpa aumentou o custo da energia em 34%, gerando um grande impacto na inflação, segundo o economista Roberto Sena. "Em menos de seis meses estamos nos aproximando dos 50% de reajuste", disse o economista. Durante o ano de 2015 poderá ocorrer um novo aumento, de acordo com o reajuste ordinário anual aprovado pela Aneel.
Caravanas vindas de vários municípios do estado trouxeram consumidores insatisfeitos à audiência pública. O autônomo Evandro Sacramento veio de Tucuruí, e reclamou do valor da conta de energia, que dobrou em relação ao mês de janeiro e chegou a mais de R$ 500 em fevereiro. "Eu ganho R$ 800, eu tiro para comprar 1kg de carne, o arroz, a farinha, aí acaba todo o dinheiro. De onde a gente vai tirar para pagar uma conta dessas?", lamentou o autônomo.
Para o deputado Márcio Miranda, presidente da Alepa, a ação dos parlamentares vai se basear nas propostas apresentadas pela comissão de estudos. "Para abrir uma CPI você precisa ter um fato determinante. A busca disso se dará dentro da comissão de estudo e dentro da frente parlamentar. Aí eles vão encontrar dados, números e orientar um caminho para o parlamento", afirma Miranda.
Segundo o gerente da Celpa Armando Nascimento, a principal causa do aumento é a seca que atinge o país. "Estamos infelizmente em um momento de crise hídrica no país, uma seca sem precedentes. Isso fez uma parcela, que é bastante significativa, da tarifa de energia elétrica precisar ser recomposta. Essa recomposição gerou tanto o sistema de bandeiras tarifárias, que tornou a energia mais cara entre janeiro e fevereiro desse ano, como também esse reajuste tarifário extraordinário que foi concedido exclusivamente para essa parcela da tarifa, que cuida justamente do pagamento da geração e transmissão de eletricidade", detalha o gerente.

Polícia Civil prende em Placas foragido de Justiça de São Paulo

A Polícia Civil prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, na cidade de Placas, oeste do Pará, João Paixão Mineiro, de 66 anos, foragido da Justiça de Mairiporã, interior de São Paulo. Ele é acusado da autoria da morte da própria esposa, Zailda Márcia de Jesus. O crime se registrou em 30 de agosto de 2003. A prisão foi cumprida pelo investigador Fagner dos Santos, da Unidade Integrada Pro Paz de Placas, sob ordem de missão do delegado Celso Santiago. O preso foi conduzido para a Delegacia de Uruará para ficar recolhido no aguardo de transferência para São Paulo. Conforme o delegado, após o crime, o acusado fugiu para o Estado do Pará, onde passou a viver com o nome falso de Joaquim, em Placas.

PT e PMDB racharam propina de usina de Belo Monte

A cada um dos partidos políticos foram pagos R$ 51,2 milhões
O diretor-presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini, vai informar ao Ministério Público Federal (MPF), ao prestar depoimento em delação premiada, que a empresa pagou pouco mais de R$ 102,4 milhões em propina para obter contratos de obras na usina de Belo Monte. Avancini pretende esmiuçar aos procuradores do MPF - em depoimentos que começaram na última sexta-feira e devem se estender durante toda esta semana - que o valor foi repassado para o PT e o PMDB. Cada um dos partidos abocanhou 1% do valor do contrato firmado na usina. Em números absolutos, a empresa repassou R$ 51,2 milhões para cada uma das legendas.
A informação, segundo fontes ligadas à negociação da empreiteira com o Ministério Público Federal de Curitiba, foi fundamental para fechar a delação premiada de Avancini. Para convencer os procuradores, o executivo contou detalhes do esquema que funcionava em Belo Monte, e, só a partir daí, eles aceitaram dar ao empresário o direito à delação premiada. Os termos do acordo, que podem prever redução de pena, por exemplo, ainda não foram revelados.
Há informação ainda não confirmada de que o executivo deverá falar também sobre possíveis irregularidades em obras na usina nuclear de Angra 3. No início da semana passada, surgiu a informação de que Avancini revelaria o esquema de pagamento de propina na construção da usina hidrelétrica no Pará. A obra tem custo estimado de R$ 19 bilhões.
Os investigadores da Operação Lava-Jato acreditam que Avancini deverá detalhar o possível envolvimento do esquema de arrecadação de propina por parte de Fernando Soares, o Fernando Baiano, apontado como lobista do PMDB. Baiano nega as acusações, mas acredita-se que ele teria intermediado o repasse de vantagens indevidas entre a empresa e representantes do partido. Avancini, que começou a depor na sexta-feira passada ao MPF, também pretende dar o nome da pessoa ligada ao PT responsável pelo recolhimento de propina.
A Camargo Corrêa tem 16% dos contratos do consórcio responsável pela construção da usina, formado por dez empresas: Andrade Gutierrez, Odebrechet, OAS Ltda, Queiroz Galvão, Contern, Galvão Engenharia, Serveng-Civilsan, Cetenco e J. Malucelli, além da própria Camargo Corrêa. Seis destas são investigadas na operação Lava-Jato: Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez, Odebrecht, OAS, Galvão Engenharia e Camargo Corrêa.
Sete das nove empreiteiras investigadas na Operação Lava-Jato foram responsáveis pela doação de R$ 73,5 milhões para as campanhas de Dilma Rousseff (PT) e de Aécio Neves (PSDB) para a Presidência da República. De acordo com a prestação de contas dos candidatos entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Odebrecht, Camargo Corrêa, OAS, UTC, Queiroz Galvão, Engevix e Galvão Engenharia.
Os 16% de participação da Camargo Corrêa em Belo Monte representam R$ 5,1 bilhões. Para conquistar essa fatia, segundo Avancini, a empresa teve de pagar, a título de propina, cerca de R$ 51 milhões para PT e PMDB.
Além de delatar a propina em Belo Monte, Avancini também vai confirmar a existência e atuação do “clube VIP”, cartel de empreiteiras instalado na Petrobras e também em estatais do setor elétrico. Avancini trabalha na Camargo Corrêa há 22 anos. Ele ocupou vários postos na empresa até ser nomeado presidente, em outubro de 2011, depois da Operação Castelo de Areia, que tinha como alvo obras da empreiteira, mas depois foi anulada pela Justiça. Antes de assumir o comando da construtura, o executivo, que é engenheiro civil, ocupou as diretorias de obras de infraestrutura e de óleo e gás.
A assessoria da empresa encaminhou nota: “A Construtora Camargo Corrêa não tem acesso ao referido acordo de colaboração, desconhece seus termos e também o teor dos depoimentos. A empresa reitera que permanece à disposição das autoridades”.
Três executivos da Camargo Corrêa estão presos desde novembro do ano passado na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, acusados de participar do esquema de corrupção na Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal, ao lado do presidente da UTC, Ricardo Pessoa, do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, eles desviaram R$ 86 milhões de contratos de obras com a estatal.
De acordo com delações feitas por Costa e Youssef, para lavar os recursos desviados, a Camargo contratou duas empresas: Sanko Sider e Sanko Serviços. As empresas emitiam notas frias de serviços não prestados ou superfaturavam compras feitas para obras na Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná, e no Comperj, no Rio. Em seguida, o dinheiro era transferido a empresas de fachada controladas pelo doleiro Alberto Youssef, que, por sua vez, o repassava a Paulo Roberto Costa e a políticos.
Segundo o Ministério Público Federal, R$ 37 milhões dos R$ 86 milhões foram alvo de lavagem de dinheiro. As investigações revelaram 11 atos de corrupção e 117 de lavagem de dinheiro. Foi pedido ressarcimento de aproximadamente R$ 340 milhões (o que inclui multas e danos morais).
Em nota, a Secretaria de Finanças do PT informou que não comentaria especulações. “De qualquer forma, informa que o partido recebe apenas doações oficiais e que são posteriormente declaradas à Justiça Eleitoral”. A direção do PMDB também refutou qualquer acusação de que o partido recebeu propina.Por: O Liberal 

SINTEPP paralisa educação municipal em Altamira nesta quinta-feira

Em assembleia realizada na manhã da última segunda-feira (09), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará, SINTEPP – Sub-sede de Altamira, no sudoeste do Pará, decidiram paralisar as atividades pedagógicas nesta quarta-feira, até que o prefeito Domingos Juvenil (PMDB) atenda à pauta de reivindicação dos trabalhadores da educação do município de Altamira. De acordo com o coordenador da categoria, Lucas Moura, desde o início do ano o SINTEPP tenta dialogar com a secretária de educação, Suely Rodrigues, e com o gestor em busca de melhorias para a classe, mas não obteve êxito com relação às reivindicações que são: a atualização do piso nacional do magistério, com pagamento retroativo à janeiro deste ano, entrega do calendário letivo de 2015, reforma das escolas municipais, melhorias na merenda e no transporte escolar, entre outros. A categoria também decidiu ocupar a sede da Secretaria de Educação de Altamira, nesta quarta-feira, até que o governo municipal negocie.
Na semana passada, o Executivo Municipal de Altamira chegou a enviar um projeto de aumento salarial de 13,01% para os professores da educação básica à Câmara de Vereadores. Um professor com carga horária de 200 horas que hoje recebe um salário de R$ 1.697,00 passaria a ganhar R$ 1.917,18, conforme determina a lei federal nº. 11.738/08, que trata sobre o piso nacional. O problema é que o projeto acabou sendo retirando da pauta de votação a pedido do próprio prefeito Juvenil, depois de um impasse causado pela oposição por conta de um artigo do projeto de lei que previa um acréscimo de 25% para as funções comissionadas e de direção e assessoramento superior (DAS). Para a coordenação do sindicato, a exclusão do projeto foi mais uma manobra política do gestor municipal com o objetivo de prejudicar a classe. “Fica claro que o prefeito não está preocupado com a qualidade da educação. Pelo que a gente conhece do prefeito, ele vai usar a desculpa que a câmara não aprovou o projeto para não pagar o piso nacional. Você pode perguntar para qualquer trabalhador que ele irá afirmar que a educação em Altamira está um fracasso”, afirmou Lucas Moura. Quanto aos trabalhadores da educação da rede estadual de ensino, a paralisação das atividades no município acontecerá no próximo dia 19, seguindo a deliberação da assembleia estadual da categoria. A ideia dos trabalhadores é ocupar o prédio da 10º Unidade Regional de Ensino – URE. Até o fechamento desta edição a assessoria de comunicação da Prefeitura de Altamira ainda não se manifestou sobre a decisão dos professores da rede municipal de ensino.
Por: Wilson Soares – A Voz do Xingu

terça-feira, 10 de março de 2015

DEPUTADO ESTADUAL OZÓRIO JUVENIL É ELEITO PARA PRESIDIR A COMISSÃO DE REPRESENTAÇÃO DA ALEPA.

O Deputado estadual Ozório Juvenil PMDB foi eleito presidente da Comissão de Representação da ALEPA junto ao congresso Nacional. A sessão foi realizada hoje (10) de março as 13:30. O objetivo dessa comissão é a interligação da Alepa com o Congresso Nacional: Senado e Câmara dos Deputados buscando soluções em conjunto nas áreas da Saúde, educação, transporte, meio Ambiente, regularização fundiária etc. Enfim todas as problemática que atingem nosso estado.

MP quer fim de regalias na cadeia para maior desmatador da Amazônia

Ezequiel Antônio Castanha tem aparelho de ginástica, cafeteira, placa de internet e impressora na cela 
O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MP-PA) vão
encaminhar nesta terça-feira, 10 de março, ofício à Justiça Estadual e à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) para pedir o fim de privilégios concedidos na prisão ao preso considerado o maior desmatador da Amazônia. Em vistoria realizada na manhã desta terça-feira ao presídio municipal de Itaituba, no sudoeste do Estado, a promotora de Justiça Juliana de Pinho Palmeira identificou que na cela de Ezequiel Antônio Castanha há uma série de regalias não autorizadas pela Justiça, como aparelho de ginástica, cafeteira, placa de internet e impressora. O único equipamento liberado pela Justiça que foi encontrado na cela é um notebook. Informada da inspeção realizada pelo MP-PA, a procuradora da República Janaina Andrade de Sousa também compareceu ao presídio para acompanhar a vistoria.
Ezequiel Antônio Castanha foi preso no último dia 21 pela Polícia Federal e pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A prisão é resultado da operação Castanheira, realizada em agosto do ano passado com o apoio do MPF e Receita Federal. Os organizadores da operação desmontaram aquela que é considerada a maior organização criminosa especializada em grilagem de terras e crimes ambientais na região de Novo Progresso, no sudoeste paraense. O grupo invadia terras públicas, desmatava e incendiava as áreas para formação de pastos, e depois vendia as terras como fazendas. O dano ambiental, já comprovado por perícias, ultrapassa R$ 500 milhões.
O MPF denunciou à Justiça 23 integrantes da organização, que podem responder por um total de 17 tipos de crimes e ficar sujeitos a penas que variam de 13 a 55 anos de cadeia.
Ministério Público do Estado do Pará

sexta-feira, 6 de março de 2015

JOVEM É MORTO COM 3 TIROS EM URUARÁ.


UM FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE URUARÁ  SILMAR SILVA DE 33 ANOS FOI MORTO POR VOLTA DAS 20:30 DESSA SEXTA FEIRA EM UM BAR CONHECIDO (BAR DA LORA)
SILMAR ERA FUNCIONARIO DA PREFEITURA DE URUARÁ E EXECUTAVA A FUNÇÃO DE OPERADOR DE CARREGADEIRA.
SEGUNDO INFORMAÇÕES PRELIMINARES UM HOMEM NÃO IDENTIFICADO DEFERIU  4 TIROS NA VITIMA ACERTADO 3 TIROS FATAIS. ONDE O ASSASSINO ESTAVA BEBENDO NO BAR DESDE DO INICIO DA NOITE E COM AO CHEGADA DE SILMAR QUE RECLAMOU COM O CRIMINOSO QUE ESTAVA FUMANDO, OCASIONANDO UM PEQUENO DESENTENDIMENTO. DIANTE DISSO O MELIANTE SAIU E FOI ATE O BANHEIRO E AO RETORNAR DEFERIU 04 TIROS NA VITIMA ACERTANDO  03 TIROS FATAIS ONDE  OS TIRO FORAM EFETUADOS PELAS COSTA DA VITIMA. A POLICIA ESTA INVESTIGANDO O OCORRIDO.