quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Justiça Federal confirma licenças ambientais da UHE Belo Monte

A Justiça Federal validou os estudos feitos pela Norte Energia para assegurar a navegabilidade do rio Bacajá e rejeitou o pedido do Ministério Público Federal para suspender as licenças ambientais concedidas pelo Ibama à Usina Hidrelétrica Belo Monte. O Judiciário também rejeitou a solicitação do MPF para que fossem impedidas novas autorizações para a continuidade das obras. “A suspensão do empreendimento da magnitude de Belo Monte somente se justificaria diante de material probatório robusto e útil, situação que não se vislumbra na hipótese”, decidiu o juiz Arthur Pinheiro Chaves, da 9ª Vara Federal, em sentença publicada no dia 23/01.
Com base na documentação que sustenta as Licenças Prévia e de Instalação do empreendimento, a Justiça considerou satisfatórios os programas de monitoramento e o compromisso da Norte Energia de efetuar intervenções necessárias para a manutenção da navegação no rio Bacajá: “Os estudos foram satisfatórios, sob o aspecto estritamente ambiental, e atenderam aos parâmetros exigidos pela legislação”.
Em relação às medidas da Empresa para proteger comunidades da Terra Indígena Trincheira-Bacajá, a Justiça ponderou que é atribuição da Fundação Nacional do Índio (Funai) comunicar ao Ibama eventuais descumprimentos e inconformidades em relação ao que foi estabelecido nas análises prévias sobre o rio. “Não consta dos autos qualquer manifestação da Funai no sentido de existência de qualquer desconformidade nos estudos desenvolvidos pela empresa”.
Na sentença, a Justiça reconheceu que UHE Belo Monte está sendo construída em bases sustentáveis e em conformidade com a lei e, ainda, a necessidade do empreendimento para “o crescimento e desenvolvimento econômico ambientalmente seguro do país, mormente quando se vive, mais uma vez, grave crise energética”.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

MPF processa ex-prefeito do Município de Placas que não atendeu a pedido de informações

Ex-gestor municipal de Placas Maxweel Brandão também é acusado de extraviar documentos públicos  
O Ministério Público Federal (MPF) entrou na Justiça com ação por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Placas, no oeste do Pará, Maxweel Rodrigues Brandão. O ex-prefeito é acusado de não atender pedido do MPF de apresentação de documentos sobre licitação feita com R$ 281 mil em recursos federais repassados ao município.
O MPF também acusa Brandão do extravio dos documentos públicos que deveriam ter continuado na prefeitura após o término de sua gestão como prefeito, que foi concluída em dezembro de 2012.
Se condenado, o ex-prefeito pode ter que ressarcir os cofres públicos, pode ter seus direitos políticos suspensos de três a cinco anos, pode perder a função pública que eventualmente esteja ocupando e pode ser obrigado ao pagamento de multa de até cem vezes o valor da remuneração recebida como prefeito. Além disso, Brandão está sujeito a ficar proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.
Má-fé - O pedido de documentação ao prefeito foi feito pelo MPF em março de 2012. Foram solicitados todos os documentos referentes a contratos no valor de R$ 281 mil em verbas federais para o transporte escolar.
O então prefeito respondeu ao pedido do MPF apresentando apenas parte dos documentos, “com evidente má-fé e desacompanhado de quaisquer justificativas”, relata a ação assinada pelo procurador da República Rafael Klautau Borba Costa.
Em 2013 o MPF voltou a requisitar a documentação, mas a nova gestão da prefeitura de Placas informou que todos os documentos relativos a licitações haviam sido extraviados pelo ex-prefeito.
“É forçoso convir que agiu o requerido imbuído do propósito de, violando a lei, causar prejuízo à Administração Pública, inviabilizando qualquer apuração sobre os fatos ocorridos durante sua gestão”, destaca o procurador da República no texto da ação, que também ressalta que o poder de requisição dos membros do Ministério Público possui respaldo legal e constitucional, revelando-se irrecusável o seu cumprimento, sob pena de responsabilização.
Processo nº 0000207-40.2015.4.01.3902 – 1ª Vara Federal em Santarém
Íntegra da ação   Acompanhamento processual   Ministério Público Federal no Pará

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Cooperativismo a única saída para micros e pequenos produtores de cacau em Uruara e região

Um novo exemplo: Central de cooperativas de produção de orgânicos da Transamazônica e do Xingu. No Brasil já existem 12 mil unidades de produção agroecológica, e deveremos chegar a 28
mil em 2015, conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. No Norte, na Amazônia, a união de seis cooperativas, por exemplo, produzem e vendem amêndoas de cacau. E, interessante, os principais clientes dessa iniciativa é uma indústria brasileira de cosméticos e um fabricante austríaco de chocolates de luxo.
São 150 famílias nos municípios de Altamira, Anapu, Uruará, Medicilândia, Pacajá, Placas, Vitória do Xingu, e Brasil Novo, no Pará, com participação da OnG Fundação Viver e apoio da Agência Alemã de Cooperação Técnica (GTZ), e da CEPLAC, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira; a cooperativa se desenvolve em fundamentos de certificação orgânica, e comércio justo “fair trade”. O fato significativo está na qualidade do cacau da Amazônia, um dos melhores do mundo, com aroma e qualidade de alto valor.
O lado legal dessa notícia, além do empreendedorismo baseado em cooperativismo, é demonstrar a viabilidade de progredir dignamente na vida, pois muitos desses produtores no passado chegaram a atuar em madeireiras ilegais.
O cooperativismo é a única alternativa para viabilizar ética e dignamente os micros e pequenos produtores do país e essas especialidades, como desenvolver cacau amazônico, revela ser possível viabilizar famílias e criar novos negócios, onde antes as opções seriam apenas de insegurança e impossibilidades legais.
 

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

-----------------------SO PARA REFLETIR------------------------

Marco Archer, traficante de drogas, 53 anos, foi preso e condenado à morte na Indonésia por tentar entrar no país com 13 quilos de cocaína.
Para ele, a presidenta Dilma deu enorme atenção e tentou de tudo para preservar sua vida e livrá-lo do corredor da morte. Enviou cartas e fez ligações ao presidente da Indonésia, empenhou o Itamaraty e até pediu intervenção do Papa. Posterior a execução dele, Dilma mandou mensagem de solidariedade à família, declarou que as relações entre Brasil e Indonésia ficaram estremecidas e se mostrou bastante indignada com o fato. 
Diante de milhares de pessoas que são executadas por criminosos, crianças estupradas e mortas, jovens mortos por assassinos cruéis, pais de famílias decapitados de seus filhos, famílias desgraçadamente destruídas por traficantes, isso ninguém se preocupa,  nenhuma mensagem de solidariedade, nenhuma promessa de empenhar recursos para descobrir e punir os criminosos. Nenhum apoio, aos familiares que chora as mortes de inocentes. Mas sempre aparece uns e outros que defendem um criminoso, que o mesmo tem que ter uma segunda chance. Um criminoso, um traficante, que antes de ser preso não pensou e muito menos se preocupou com a desgraça que estava fazendo com um família. Esse pessoal que defende um criminoso deveria, ser menos hipócrita, pois sabemos que pimenta nos olhos dos outro e refresco, pois se acontecer, alguma coisa com algum familiar desses defensores de criminosos, quero saber qual será a sua postura, ou melhor adote o Criminoso...

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

MPF quer pressa no tombamento de Fordlândia, a cidade criada por Ford na Amazônia

Demora do Iphan em concluir o processo e falta de manutenção pela prefeitura de Aveiro (PA) colocam em risco o patrimônio histórico da localidade
Mais uma vez, o Ministério Público Federal (MPF) precisou lembrar às autoridades responsáveis pelo patrimônio a importância histórica e arquitetônica da Vila de Fordlândia, no município de Aveiro, oeste do Pará. Criada por Henry Ford nos anos 30, a vila deveria funcionar como um centro de produção de borracha para o mercado americano. Chegou a ter fábricas, restaurantes, praças, cinemas, dormitórios e funcionários, antes de virar uma cidade fantasma encravada na margem do rio Tapajós. O processo de tombamento tramita no Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) mas enquanto não é concluído, os bens da cidade deveriam estar sendo mantidos pela prefeitura de Aveiro. A prefeitura chegou a assinar um acordo de preservação com o Iphan em 2012 mas continuam chegando ao MPF notícias de depredação dos prédios de Fordlândia. O MPF enviou recomendação ao Iphan para que dê a máxima celeridade ao processo de tombamento para proteção dos bens da vila. Caso isso não seja possível, diz a recomendação enviada no último dia 9, o Instituto deve indicar “medidas concretas direcionadas à prefeitura de Aveiro para que se possa diminuir as perdas ocorridas na área a ser tombada, sob pena de se enquadrar o prefeito em conduta tipificada como ato de improbidade. 
Saiba mais - O historiador Greg Grandin, professor de história da América Latina na Universidade de Nova York, narrou a história de Fordlândia no livro "Fordlândia - Ascensão e Queda da Cidade Esquecida de Henry Ford na Selva", obra finalista na categoria história do prêmio Pulitzer de 2010, incluída entre os cem livros notáveis do ano no ranking do jornal The New York Times, e eleita o melhor livro do ano pelos jornais Chicago Tribune e Boston Globe.
Também em 2010, a edição 45 da revista Piauí publicou artigo de Gradin em que o autor apresenta alguns episódios dessa história. Veja alguns trechos:
"A revolta começou numa segunda-feira. Naquela noite, James Kennedy telegrafou para Juan Trippe, o lendário fundador da Pan American Airways, em Nova York, para lhe contar que Fordlândia estava 'sob o domínio da plebe'. Trippe havia aberto uma linha entre Belém e Manaus, com uma escala em Santarém, e Kennedy perguntou se um dos aviões poderia transportá-lo até a plantação com alguns soldados. Se não partissem logo, alertou Kennedy, 'em 24 horas o lugar seria uma ruína completa'. Trippe concordou imediatamente. […] Uma delegação escolhida pelos funcionários recebeu o tenente com uma lista de exigências à empresa. A primeira delas era a demissão de Ostenfeld. As outras estavam ligadas ao direito de livre circulação. Os trabalhadores exigiam comer o que quisessem e onde quisessem. Estavam cansados de comer pão de trigo integral e arroz integral 'por motivos de saúde', segundo as instruções de Henry Ford. Queriam frequentar os bares e restaurantes que surgiram em torno da plantação e entrar em embarcações, supostamente para comprar bebidas, sem precisar pedir permissão. Os solteiros reclamavam das acomodações: cinquenta deles amontoados em um dormitório". A íntegra do artigo de Greg Grandim está no site da Piauí (acesse aqui). Íntegra da recomendação. Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Deputado recém-eleito Eraldo Pimenta perde mais uma batalha no TRE

A TÃO SONHADA CADEIRA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS, ESTA VIRANDO PESADELO, PARA O EX-PREFEITO DE URUARA, ONDE O MESMO, DEIXOU O MUNICÍPIO FALIDO. 
Deputado estadual recém-eleito, Eraldo Pimenta (PMDB – foto) perdeu mais uma batalha na guerra jurídica que trava para anular a sentença do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará que reprovou a prestação de contas da campanha dele no ano passado.
O MPE (Ministério Público Eleitoral) se manifestou pela “rejeição” dos embargos de declaração ajuizados pela defesa do ex-prefeito de Uruará.
Os autos do processo voltaram agora às mão do relator do caso, juiz Altemar Paes. Eraldo Pimenta se nao for cassado seu mandato, tomara posse pela 1ª vez na Alepa (Assembleia Legislativa do Pará) no próximo dia 1º de Fevereiro.
Se Pimenta escapar dessa encrenca das prestações de conta das eleições 2014 a outra bomba e ainda maior, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) também pediu a cassação do diploma do deputado Eraldo Pimenta. Segundo a ação da Procuradoria Regional Eleitoral, o Tribunal de Contas do Estado considerou irregulares as contas apresentadas por Pimenta quando ele foi prefeito de Uruará. Pedidos da ação:Cassação do diploma de deputado estadual e inelegibilidade por oito anos.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Homem que matou recém-nascido durante briga com a mulher em Placas permanece atrás das grades

Permanece preso à disposição da Justiça Doriam de Oliveira Gonçalves, 27 anos, que foi preso em flagrante depois de matar o próprio filho de apenas 30 dias, em Placas, sudoeste paraense. O crime se registrou no
sábado passado, 10, no bairro Alto Pará, núcleo urbano do município. Ele está recolhido no município de Uruará, no aguardo da manifestação judicial. O crime resultou de uma discussão do acusado com a companheira, a mãe da criança. O delegado Celso Santiago, responsável pelo flagrante, ouviu o acusado em depoimento.
Ao policial civil, Doriam alegou que cometeu o crime depois de discutir com a mulher por causa de ciúmes e motivado pelo consumo de bebida alcoólica. Segundo o preso, durante o bate-boca, ele afirma ter "perdido o controle". Em seguida, pegou o bebê que estava deitado em uma rede e o atirou no chão com toda força. Com o impacto, o recém-nascido teve esmagamento do crânio. Em seguida, Doriam jogou o corpinho em um brejo.
Com os gritos da mulher, moradores da vizinhança chamaram a Polícia Militar. Uma guarnição comandada pelo cabo Evanjo foi até o local e prendeu o acusado, que não resistiu à prisão. Depois, Doriam foi levado para a sede da Delegacia de Placas, onde foi autuado pelo crime de homicídio doloso qualificado. O preso foi apresentado à Justiça pelo delegado com apoio do escrivão Rafael Santana. O corpo do bebê foi removido para passar por perícia. A mãe da criança permanece no município de Placas com amparo de familiares.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

ACIDENTE DE MOTOCICLETA CEIFA MAIS UMA VIDA EM URUARA

QUEBRA MOLA CAUSA ACIDENTE FATAL EM URUARA
Um acidente trágico aconteceu no noite desse domingo, onde causou a morte de jovem.
Josué speroto Campos de 25 anos teve sua vida interrompida por um acidente, ocorrido por volta das 19 horas desse Domingo dia 11, onde o mesmo caiu em um quebra molas. Josué ao ultrapassar um veiculo nos na rodovia,Transuruara próximo a campo ThelBrama  se deparou com um quebra mola, vindo assim a cair e quebrar o pescoço ocasionando também traumatismo craniano ,o passageiro da moto teve ferimento leves, foi encaminhado para o Hospital municipal de Uruara e passa bem. Josué conhecido por( Lourinho) era trabalhador autônomo e operava como técnico em centrais de ar condicionado, e era muito conhecido na cidade de Uruara.


JOVEM DE URUARA MORRE EM ACIDENTE NA PA 451 ENTRE ALTAMIRA E VITORIA DO XINGU

ACIDENTE CAUSA MORTE DE 02 JOVEM NO TRECHO DE ALTAMIRA A VITORIA DO XINGU
Amanda Silva

Marcos Robert
Um grave acidente na PA 451 na noite deste sábado (10/01) aconteceu no km 9 entre Vitoria e Altamira, deixando dois jovens mortos são eles MARCUS ROBERT e AMANDA SILVA de 18 anos, o Dj Henrique Oliveira e outros ocupantes do veículo ficaram bastante feridos e foram encaminhados para o Hospital São Rafael e Regional em Altamira, A jovem ALICE MENDONÇA está em estado gravíssimo no Regional devido os ferimentos. Amada moradora do município de Uruara e Alice de Senador José Porfírio.
Segundo informações da polícia militar, os jovens estavam em um "banho" no KM10 VTX-ATM, e na volta o acidente aconteceu, o veículo ficou destruído. Segundo informações Amanda passava ferias com seu pais que e morador de Souzeu, o corpo da jovem vai ser velada e sepultada no município de Uruara.

domingo, 11 de janeiro de 2015

Homem "monstro" mata criança a chutes na cabeça e joga corpo no lixo em Placas

Brutalidade, covardia, absurdo, poderia falara mil palavras, mas nenhuma delas justifica o que esse monstro fez, matar uma criança indefesa a chutes na cabeça e jogar no lixo, parece mentira, mas é verdade e aconteceu em Placas.

Assassino
  Nesta manhã de sábado, aproximadamente no Travessão da 60, como é conhecido, um homem de pré nome chamado de “ Matemático”, de aproximadamente 35 anos matou de forma absurda uma criança com poucos meses de vida(recém-nascida), com chutes e ponta pé. O crime chegou ao conhecimento da Policia de Placas pela senhora Ivete Locatelli, que seria a mãe da vitima. Após ter conhecimento do fato, o grupo da PM localizou o assassino, e descobriu que se trata de Dorivan de Oliveira Gonçalves, que sofre de distúrbio mental.
Segundo informações, “Matemático”, teria dado vários “chutes” na cabeça da criança e jogado no lago que fica as proximidades do local do crime. Apesar da possibilidade do assassino sofrer de distúrbios mentais, populares e a policia chegaram a se revoltarem com a brutalidade. O cabo Evanjo, e os soldados Ronaldo, Prata e Ramom foram quem estiveram no local dos acontecimentos, e encaminharam o criminoso para delegacia de policia de Placas, onde será encaminhado ao Juiz da Comarca de Uruará, onde o caso será resolvido. Enquanto isso, a policia vai continua as investigações no intuito de esclarecimentos mais profundo sobre a morte brutal dessa criança.

MULHER TEM VIDA CEIFADA COM 02 TIROS E EX-NAMORADO PODE SER O CRIMINOSO.

MULHER ASSASSINADA COM TIROS NA CABEÇA NA NOITE DESSE SÁBADO EM ALTAMIRA
Márcia Santos de 26 anos foi assassinada na noite sábado com 02 tiros, onde o ex-namorado, esta sendo o principal suspeito do crime. A jovem foi executada com 02 tiros na cabeça  a queima roupa após para o carro.
A polícia investiga crime passional, devido a separação recente da vitima, nada foi roubado uma outra pessoa que estava com Márcia não foi alvejada por isso a polícia descarta a linha de latrocínio.
O fato aconteceu no bairro do Sudan 2, próximo a Transbrasiliana. A vitima morava no km 115, cidade de Medicilandia, há 90 km de Altamira.



VEJA LOGO MAIS. JOVEM  EXECUTADA COM TIROS NA CABEÇA EM ALTAMIRA

HOMEM COM DEFICIÊNCIA MENTAL MATA FILHO DE 4 MESES NA CIDADE DE PLACAS.

ACIDENTE MATA JOVEM URUARAENSE NA CIDADE DE VITORIA DO XINGU.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Com ajuizamento de mais três ações, PRE fecha atuação nas eleições 2014

Multas eleitorais chegaram a quase R$ 1 milhão
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), órgão do Ministério Público Federal para as questões eleitorais, encerrou nesta quarta-feira, 7 de janeiro, sua atuação relativa às eleições 2014 com o ajuizamento de mais três ações por ilegalidades cometidas durante a campanha eleitoral.
As ações foram ajuizadas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra o candidato eleito a deputado estadual Divino dos Santos, o Divino, o candidato a deputado federal reeleito Wladimir Afonso da Costa Rabelo, o Wlad, e a candidata a deputada estadual eleita como suplente Joseilda Silva Amaral, a Josy Amaral. Divino é acusado por ter adquirido e utilizado recursos de campanha de modo ilegal e Wlad e Josy Amaral são acusados por abuso de poder econômico.
Entre o final de dezembro e esta primeira semana de janeiro, a PRE totalizou 20 ações ajuizadas contra 50 acusados da prática de ilegalidades durante as eleições do ano passado.
 A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) também pediu a cassação do diploma do deputado estadual, ex-prefeito de Uruará e eleito a deputado estadual Eraldo Pimenta. Acusação: Inelegibilidade. Segundo a ação da Procuradoria Regional Eleitoral, o Tribunal de Contas do Estado considerou irregulares as contas apresentadas por Pimenta quando ele foi prefeito de Uruará. Pedidos da ação:Cassação do diploma de deputado estadual e inelegibilidade por oito anos.
 Entre eles estão 17 candidatos, incluindo o candidato reeleito ao governo do Estado, Simão Jatene, e o candidato que disputou com Jatene o segundo turno das eleições, Helder Barbalho. Balanço – Além das ações por ilegalidades na campanha eleitoral, a atuação da PRE relativa às eleições 2014 resultou no ajuizamento de 268 ações por propaganda irregular e duas ações pela ocorrência de inelegibilidade de candidato após o período de registro das candidaturas.
Das representações ao TRE por propaganda irregular, 254 foram por propaganda eleitoral irregular e 14 por propaganda partidária irregular. Das ações contra ilegalidades na propaganda eleitoral, 160 foram julgadas favoráveis ao Ministério Público Eleitoral, oito foram julgadas parcialmente favoráveis e duas aguardam julgamento.
Das ações por propaganda eleitoral irregular julgadas favoráveis à PRE, 80 resultaram na aplicação de multas a 97 condenados. Somadas, as multas chegam a R$ 998 mil.
Das 14 ações por propaganda partidária irregular, o resultado foi a suspensão de 6 horas, 42 minutos e 15 segundos de espaço na tevê e no rádio para os partidos condenados. A punição foi motivada pelo descumprimento da legislação que prevê a garantia de tempo mínimo de participação para as mulheres e pela antecipação da campanha eleitoral em um espaço que é destinado à divulgação das diretrizes partidárias.
As ações são assinadas pelo Procurador Regional Eleitoral Alan Rogério Mansur Silva e pelos procuradores eleitorais auxiliares Bruno Araújo Soares Valente, Maria Clara Barros Noleto e Nayana Fadul da Silva.
Das ações ajuizadas, parte foi baseada em 216 denúncias formalmente encaminhadas ao Ministério Público Eleitoral pelo serviço Disque-Denúncia Eleitoral. O serviço foi uma iniciativa do TRE, da PRE e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.
Além das ações enviadas ao Poder Judiciário, há investigações criminais em andamento. Os inquéritos estão sob responsabilidade da Polícia Federal.
Conjuntamente com a atuação do Ministério Público Eleitoral perante o TRE houve a atuação de 104 promotores eleitorais por todo o Estado, que atuaram em centenas de casos de retirada de propaganda irregular nos municípios.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

CLASSIFICAÇÃO OURO É COMEMORADA PELA AGENCIA DO BANCO DA AMAZÔNIA EM URUARA

EQUIPE DO BANCO DA AMAZÔNIA DE URUARA.

A AGENCIA DO BANCO DA AMAZÔNIA COMEMORA METAS ALCANÇADAS EM 2014
O Banco da Amazônia agencia de Uruara, comemorou neste final de ano de 2014, sua classificação OURO pelo desempenho oferecido ao seus cliente no município de Uruara. Foram mais de R$ 21.000.000.00 (Vinte e um milhos de reias), de financiamento aprovados e liberado na área Rural e Comercial.
Liércio Gerente geral.
O gerente da agência do Banco da Amazônia de Uruará, Liércio Soares, destaca sua alegria em contribuir com o desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida dos Uruaraenses, agradecendo todos os funcionários da agencia, que sempre estão prontos para melhor servir.
O Banco da Amazônia, tem uma parceira muito forte pelo desenvolvimento da região norte, e desenvolvimento sustentável, pelo fortalecimento das cadeias produtivas da região.
Segundo Liércio,  2015 promete ser melhor que 2014, onde o foco na micro e pequenas empresas, na agricultura familiar, onde acreditamos ser a base sustentável do município de Uruara onde mais de R$25.000.000.00 (vinte e cinco milhões de reias),estão previsto para o aquecimento econômico em Uruara.
Banco da Amazônia S/A, ou também como ficou conhecido, BASA, é um Banco comercial de economia mista, organizado sob a forma de sociedade anônima de capital aberto onde o Governo Federal Brasileiro detém a maioria das ações.
Fundado em 9 de julho de 1942 por Getúlio Vargas sob o nome de Banco de Crédito da Borracha, sua criação é resultado da estratégia de guerra dos aliados e contava com a participação acionária dos Estados Unidos e Brasil. Em 1966 o governo militar muda seu nome para Banco da Amazônia S/A . É a principal instituição financeira federal de fomento com a missão de promover o desenvolvimento da região amazônica. 

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

SUICÍDIO OU ASSASSINATO, JOVEM MORRE COM TIRO DE REVOLVER 38



Na tarde desse ultimo dia de 2014 uma jovem de 18 anos morre com um tiro no rosto e seu marido e o principal suspeito.  
A jovem Liliane Freire de 18 anos teve morte fatal ocasionado por um tiro de um revolver 38 em seu rosto do lado esquerdo, segundo informações Liliane teve um pequeno desentendimento  com seu marido por volta do meio dia, motivo um celular. Por volta das 14 horas o marido da vitima compareceu na delegacia informando que sua esposa tinha se suicidado com tiro e o mesmo não tinha conhecimento da arma. O pai da jovem morta disse que sua filhas estava junta com o seu marido a uns 4 meses, mas não o conhecia, mas Liliane comentou que seu esposo tinha comprado uma arma, isso também confirmando com a mãe do suspeito que também declarou que seu filho tinha possuído uma arma onde a mesma aconselhou que  seu filho a não possuir a dita arma. O corpo de Liliane permaneceu trancado em seu quarto local do acontecido ate a chegada dos peritos do IML.
Depois de se apresentar na delegacia de policia civil acompanhado de um advogado, onde foi ouvido pelo delegado Walison Damasceno, liberado onde será aguardado os exame cadavérico, onde sera desvendado se ocorreu assassinato ou suicídio.
O IML com os peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Altamira estiveram na cidade de Uruará onde o corpo da jovem foi levado para Altamira para exames

 
JOVEM MORTA  COM UM TIRO NO ROSTO, O CORPO AINDA ESTA NO LOCAL DO CRIME AGUARDANDO A PERICIA QUE DEVE CHEGAR POR VOLTA DAS 17 HORAS. VEJA LOGO MAIS INFORMAÇÕES DO CASO...

CASO: Jakeline Góes Aluna do IATAI

Em Altamira família espera por mais de 4 meses por laudo no IML.
A família de Jakeline Góes está inconformada com a demora na entrega do Laudo do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, onde a garota morreu dia 8 de Setembro de 2014 no Hospital de Uruará, depois de passar mal no Colégio Interno IATAI próximo da cidade, e até hoje nenhuma explicação foi dada a família do que causou o óbito. Eliana Matos mãe de Jakeline procurou a Rota Livre da TV Record de Altamira  para denunciar o caso, e declarou esta muito chateada com a falta de informações e assistência da instituição, que na época do acontecido só deu 02 dias de luto.  Eliane Matos desabafou na reportagem e diz esta muito triste por ter passado o Natal sem sua filha, que deixou muitas saudades. Eliane desabafa dizendo, eu perdi foi uma filha e não um dente então, quero respostas, onde a mãe da vitima denuncia que só foi informada do acontecido as 18 horas e a guia de sepultamento mostra que Jakeline faleceu por volta das 15 horas. 
O Instituto Adventista Transamazônico Agroindustrial divulgou uma nota a impressa na ocasião do acontecido, onde a instituição diz que e com pesar, o falecimento de uma de suas alunas. A estudante de 16 anos retornou da casa dos pais, em Altamira, na (segunda-feira, 08) pela manhã, às 11h. Por volta das 16h30, a aluna estava no dormitório feminino com uma colega de quarto quando começou a passar mal. A equipe de enfermagem foi acionada, os primeiros socorros foram prestados e a aluna foi levada ao Hospital Municipal de Uruará. Infelizmente, acabou falecendo.
A causa da morte está sendo investigada pelas autoridades, uma vez que a aluna esteve o final de semana em casa e passou mal pouco depois de ter voltado ao Instituto, sem qualquer fato que elucidasse a causa do óbito.
Segundo o Reporte Felype Adm o Gerente do centro de pericia Renato Chaves Judyson Ribeiro que ate o final do mês de Janeiro de 2015 o resultado do exame ficar pronto.

Esta é uma história verdadeira e muito curiosa.

No município de Placas a mais de vinte anos mora o senhor Joaquim. Pelo menos é o nome que ele informa, e o mais curioso é que este senhor de aparência de mais de 60 anos, vive de modo primitivo, não usa vestes, mora numa cabana de palha, come frutas silvestres e produz uma espécie de farinha de raízes do mato, pesca e caça sem nenhum instrumento cortante ou arma de fogo. Segundo ele informou do que pouco se lembra de seu passado, nasceu no estado do Maranhão e veio para o Pará garimpar. Não conseguindo seu objetivo que era o ouro, voltou de Itaituba à pé e ao chegar já cansado no município de Placas, parou às margens da rodovia Transamazônica para descansar e ali ficou por todos estes anos, mais de vinte anos na encosta da estrada cerca de 35 km da sede da cidade. Mesmo tendo sido oferecido ajudas para ele, atualmente prefere viver como estar, na sua cabana, relativamente perto da cidade mais anos longe da civilização.
(Fotos - Vanessa)

POLICIA DE URUARÁ DESARTICULA ESQUEMA DE TRAFICO NO MUNICIPIO

Os Investigador  Silvio Alex,Civil Célio Salvador, sob o comando do delegado Walison Damasceno
desarticularam mais um esquema de trafico de entorpecente no município de Uruará. Nesta madrugada Segunda feira dia 29 os traficantes Luciano, Joreito, Cleito e José foram presos com 58 papelotes de maconha e 7 pedras de crak. Segundo o traficante Joreilto o mesmo tinha feito uma negociação em uma motocicleta em troca de 150 papelotes da droga, o mesmo ainda ironizou dizendo que achava que tinha feito uma boa negociação, pois sua moto valia em media uns R$ 900,00 e os 150 papelotes renderia uns R$ 1500.00 tendo assim um lucro de R$ 600,00 onde o mesmo pretendia comprar uma motocicleta mais nova.
Segundo o investigador Silvio a policia já estava á alguns dias monitorando os traficantes que nesta Segunda a casa caiu e estão presos e iram sofrer as consequência do crime que vinham cometendo. Os 04 meliantes estão presos a disposição da justiça




Nota à imprensa

 Norte Energia esclarece os seguintes equívocos constantes em matéria publicada hoje (29/12/2014) no Jornal O Estado de S. Paulo e reproduzida em outros veículos sobre a Usina Hidrelétrica Belo Monte:
Não existe nenhuma “confusão financeira” envolvendo o empreendimento, e nem a hipótese do projeto “tornar-se economicamente inviável” conforme diz a reportagem, uma vez que todos os grandes contratos da Usina estão assinados e as fontes financeiras do projeto estão sendo aportadas adequadamente;
Os valores de possíveis prejuízos constantes de correspondência enviada à ANEEL foram citados de forma ilustrativa, em uma discussão mais abrangente que a abordada na reportagem, e num contexto de preços de energia do mercado livre muito superiores ao novo teto de R$ 388,48. Nenhum membro da Diretoria da Empresa mencionou tal valor como prejuízos definitivos ao Projeto, mesmo porque, a Norte Energia busca o acolhimento do seu pleito de exclusão de responsabilidade junto a ANEEL;
A Empresa está tomando e tomará todas as medidas cabíveis para não ser onerada por atos externos à sua governabilidade por se tratar de direito que a administração não pode prescindir; Independentemente do pedido feito a ANEEL para considerar os fatos excludentes de responsabilidade, a Norte Energia tem trabalhado incansavelmente para minimizar o impacto das ações de terceiros sobre o cronograma de obras, de forma também a minimizar qualquer efeito negativo para o país e para os seus acionistas;
É despropositada a acusação feita pela reportagem de que a empresa “dispara críticas contra tudo e contra todos”. Desde o primeiro momento em que atos e paralisações ocorreram, a Norte Energia registrou e comprovou junto à ANEEL, com documentação de mais de três mil páginas, todos os atos de terceiros que prejudicaram o cronograma de obras e que são, portanto, excludentes de responsabilidade;
O custo de Belo Monte é de R$ 25,8 bilhões, valor com o qual a Norte Energia venceu o leilão em Abril/2010. Todos os custos com obras, condicionantes e outras atividades estão incluídos nesse montante, que tem sido apenas atualizado monetariamente a cada ano, assim como tem ocorrido com as receitas que advirão dos contratos de energia vendida no próprio leilão. Portanto, o valor citado na reportagem de “R$ 30 Bilhões” nada mais é do que o valor do lance vencedor do leilão corrigido.
Norte Energia S.A.

sábado, 27 de dezembro de 2014

CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA FICA MAIS CARA EM JANEIRO

No Pará - Consumidores vão pagar R$ 3 a mais por cada 100 quilowatt-hora
As faturas de energia das quase 2,2 milhões de unidades consumidoras do Pará já vão entrar o novo ano custando mais caras. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou ontem que foi fixada a bandeira tarifária vermelha para janeiro, o que significa que os consumidores de todo o País, com exceção do Amazonas, Amapá e Roraima que ainda não estão no Sistema Interligado Nacional (SIN), vão pagar R$ 3,00 a mais por cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos no mês que vem. O reajuste ocorre porque 2015 começa com o início do sistema de bandeiras, que indicará ao consumidor as condições de geração de energia elétrica. Cada vez que as termelétricas forem acionadas nos quatro subsistemas do País — Norte, Sul, Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste — a bandeira será vermelha, o que significa custos altos de geração.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

BEBEDEIRA CAUSA ASSASSINATO EM VICINAL NO MUNICÍPIO DE URUARA.

DEPOIS DE MUITA CACHAÇADA AMIGO SE ESTRANHAM E CORTA PESCOÇO DO OUTRO.
O assassinato ocorreu nesta noite de segunda feira dia 22 por volta das 22 horas, em fazenda do travessão km 200 norte, no município de Uruará.
Segundo informações da policia civil de Uruara, a vítima, Raimundo Gilvan Moreira, 33 anos, e
o acusado, Julimar Alves da Cruz, 35 anos, entraram em discursao depois de uma noite de muita bebedeira. Diante de muita bebida a vitima se deitou em uma rede vindo a dormir onde o criminoso em posse de um faca esfaqueou Raimundo no pescoço, onde a vitima teve morte fatal. Diante do crime cometido, Julimar se embrenhou na mata em fuga.Os investigadores Silvio Alex e Celio Salvador sob o comando do delegado Walison Damasceno fizeram busca no setor do ocorrido mas o criminoso continua foragido.




POLICIAS DE URUARÁ LEVA UM SORRISO HA CRIANÇAS ONDE VARIAS LÁGRIMAS JÁ ROLARAM.


Em uma bela iniciativa dos investigadores Silvio Alex e Célio Salvador, o Natal de varias crianças carentes da cidade de Uruará vai ser mais feliz. Diante do espírito natalino os investigadores tomaram a iniciativa de levar alegria e um belo sorriso em uma criança, onde o investigador Silvio destaca que as família que irão receber os presentes já foram selecionada, observando a necessidade, onde famílias que passam por um trauma, dificuldades ou perda de alguém da família,   sendo distribuídos diversos presentes ,com roupas e brinquedos.
A iniciativa busca aproximar a Polícia Civil da comunidade Uruaraense, mostrando que o amor ao próximo é acima de tudo."Melhor do que todos os presentes por baixo da árvore de natal é a presença de uma família feliz"

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

PRE pede a punição de 48 acusados de irregularidades nas eleições no Pará entre eles a de Eraldo Pimenta.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Pará entrou nesta sexta-feira, 19 de dezembro, com 17 ações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra 48 acusados da prática de ilegalidades durante as eleições deste ano. Entre eles estão 15 candidatos, incluindo o candidato reeleito ao governo do Estado, Simão Jatene, e o candidato que disputou com Jatene o segundo turno das eleições, Helder Barbalho.
Na maioria das ações foi pedida a cassação do registro ou diploma dos candidatos e a declaração de inelegibilidade por oito anos de todos os acusados. Segundo as ações, assinadas pelo Procurador Regional Eleitoral Alan Rogério Mansur Silva e pelos procuradores eleitorais auxiliares Bruno Araújo Soares Valente, Maria Clara Barros Noleto e Nayana Fadul da Silva, as ilegalidades mais recorrentes foram o abuso de poder político e econômico, a compra de votos e a prática de condutas proibidas a agentes públicos durante o período eleitoral. A PRE, órgão do Ministério Público Federal que atua nas questões eleitorais, apontou que programas de governo, como o Cheque Moradia, do governo estadual, e o Minha Casa Minha Vida, do governo federal, foram utilizados para obtenção de votos nas campanhas. Também houve utilização indevida de meios de comunicação.
Inelegibilidade – Além das irregularidades denunciadas à Justiça Eleitoral, a Procuradoria Regional Eleitoral encaminhou duas ações em que aponta a ocorrência de inelegibilidade de dois candidatos provocada por desaprovações de contas pelo Tribunal de Contas do Estado e pelo Tribunal de Contas da União anunciadas após o registro das candidaturas. A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) também pediu a cassação do diploma de deputado estadual, do ex-prefeito de Uruará e eleito a deputado estadual Eraldo Pimenta. Acusação: Inelegibilidade. Segundo a ação da Procuradoria Regional Eleitoral, o Tribunal de Contas do Estado considerou irregulares as contas apresentadas por Pimenta quando ele foi prefeito de Uruará. Pedidos da ação:Cassação do diploma de deputado estadual do candidato e inelegibilidade por oito anos.

Governador e outros eleitos em 2014 receberam o diploma da Justiça Eleitoral em cerimônia na UFPA

O governador Simão Jatene foi diplomado pela Justiça Eleitoral na manhã desta sexta-feira (19), no centro de eventos Benedito Nunes, na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém.
A cerimônia começou pouco depois das 10h e foi conduzida pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), desembargador Leonardo de Noronha Tavares.
Na mesa oficial estavam o governador, a presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), Luzia Nadja Nascimento, o deputado Márcio Miranda - representando a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) -, e o procurador regional eleitoral, Alan Mansur.
Em sua fala, o desembargador Leonardo Tavares parabenizou os eleitos e destacou que o pleito de 2014 foi um dos mais tranquilos e seguros do país. Segundo Tavares, o processo eleitoral mobilizou oito mil servidores do tribunal no Estado. O procurador regional eleitoral, Alan Mansur, ressaltou o papel dos eleitores, que este ano ajudaram a aumentar as denúncias de crime eleitoral. Os relatos ganharam força depois que o Ministério Público Eleitoral passou a receber denúncias por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.
Governador explica reforma administrativa,Em conversa com a imprensa após a diplomação, o governador Simão Jatene comentou a polêmica em torno da aprovação da reforma administrativa na última quarta-feira (17), na Alepa. Jatene tranquilizou os servidores de órgãos como a Fundação Curro Velho e Instituto de Artes do Pará, que serão encampados em uma nova fundação cultural criada na reforma administrativa.
O governador reforçou que os servidores devem voltar normalmente às suas atividades no dia 1º de janeiro de 2015, após o recesso de fim de ano. Ele destacou que o governo terá o prazo de 90 dias para colocar as mudanças em prática. Jatene ressaltou que nenhum servidor será demitido e enfatizou que a mudança faz parte da nova proposta de gestão de seu governo, com foco na geração de economia para os cofres públicos. O governador evitou falar de nomes do novo secretariado e informou que a equipe será anunciada após o Natal.
Parlamentares mais votados prometem trabalho. O delegado da Polícia Civil do Pará, Éder Mauro, foi um dos eleitos diplomados pela Justiça Eleitoral nesta sexta-feira (19), em Belém. Mauro disputou sua primeira eleição pelo PSD e foi o deputado federal mais votado do Pará com 265.977 votos.
Ele disse que em Brasília vai priorizar a proposição de projetos na área de segurança para ajudar a diminuir os índices de violência no Estado. O foco do parlamentar é trabalhar em projetos que evitem a entrada de jovens da periferia no crime organizado.
Reeleito deputado estadual em 2014, Márcio Miranda agradeceu a população pelos 82.731 votos recebidos. Miranda foi o deputado estadual mais votado nas eleições de outubro e é atual presidente da Alepa. Ele fez um balanço positivo do ano no legislativo estadual e se disse feliz por ter sido o mais votado, 'o que é sinônimo de que estou desenvolvendo um bom trabalho na Alepa'.
Vitória após disputa acirrada
O governdor Simão Jatene foi eleito com 1.858.869 milhões de votos, o que equivale a 52,92% dos votos válidos. Ele derrotou o peemdebista Helder Barbalho, que terminou o segundo turno com 1.721.479 (48,08% dos votos).
Além de Jatene e o vice-governador Zequinha Marinho, foram diplomados o senador Paulo Rocha e os suplentes Valdir Ganzer e Ibanes Taveira da Silva; os deputados federais Éder Mauro, Nilson Pinto, Edmilson Rodrigues, Lúcio Vale, Beto Faro, Wladimir Costa, Josué Bengston, José Priante, José Geraldo, Roberto Salame Filho, Elcione Barbalho, Júlia Marinho, Hélio Leite da Silva, Simone Morgado, Joaquim Passarinho, Arnaldo Jordy e Francisco Alves Aguiar.
E os estaduais Márcio Miranda, Cilene Couto, Júnior Ferrari, Luiz Furtado Rebelo Filho, Neil Duarte, Ana Cunha, Martinho Carmona, Júnior Hage, Fernando Coimbra, Raimundo Santos, Eliane Alves da Silva, Sebastião Miranda Filho, Hilton Aguiar, Carlos Bordalo, Celso Sabino, Sidney Rosa, Cássio Andrade, Thiago Araújo, José Renato Ogawa Rodrigues, Divino dos Santos, João Chamon Neto, Wanderlan Quaresma, Milton Campos, José Raimundo de Oliveira, Antônio Gomes de Lima, Ozório Juvenil, Luiz Afonso Sefer, José Scaff, Olival Henrique Marques de Souza, Dirceu Ten Caten Pies, Airton Faleiro, Tércio Júnior Souza Nogueira, Francisco das Chagas Silva Melo Filho, Haroldo Martins, Iran de Lima, Eraldo Pimenta, Eliel Faustino, Waldemiro Sanova, Lélio Costa da Silva e Jaques da Silva Neves.
Por: Redação ORM New

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

GEDEON MOREIRA É REELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA DE URUARÁ

ELEITA MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES PARA O BIÊNIO 2015/2016
Com nove votos a favor, três votos de abstenção (Zenilson Negão, Gilmar Milanski e Jachison Oliveira) e um contra (Luiz Macedo), o vereador Gedeon Moreira e reeleito presidente da câmara de vereadores para o biênio de 2015/2016, Amauri Oliveira (vice-presidente), Manoel Ribeiro (1º secretário) e Rodoaldo Pacheco (2º secretário), foram eleitos para compor a nova mesa diretoria para o biênio 2015/2016.
A sessão solene aconteceu na última segunda-feira, dia 15 de Dezembro, as 9.00 horas da manhã, na Câmara Municipal de Vereadores. Por Cirineu Santos

ERALDO PIMENTA TEM PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2014 REJEITADA E PODERÁ NÃO SENTAR EM SUA CADEIRA SONHADA.

NO FINAL DO MÊS DE SETEMBRO O BLOGO URUARA EM FOCO TINHA, DECLARADO O QUE IRIA ACONTECER, ONDE O MESMO NÃO TINHA PRESTADO CONTAS NA PRIMEIRA E NEM NA SEGUNDA PARCIAL.
COMO TUDO QUE O MESMO FAZ FICA  PELA METADE, NÃO ERA DE ESPERAR OUTRA COISA.
O ex-prefeito de Uruara e deputado eleito nas eleicoes de Outubro tem sua contas de campanha reprovada pelo tribunal Regional Eleitoral do Para. Diante de um breve analise dos membro do tribunal, onde vários Juízes por unanimidade rejeitaram  as contas de Eraldo Pimenta, mesmo com 8 Advogado para defende-lo. Segundo os Juizes os recursos usado nas despesas não foram procedente da conta bancaria de campanha infringindo assim o artigo 18 da Resolução-TSE nº 23.406/2014   onde torna procedente a impugnação a prestação das contas do deputado. Com sua prestação de contas da campanha rejeitada, o deputado poderá não ser diplomado onde a cerimônia de diplomação ira acontecer na universidade Federal do Para  nessa sexta feira, dia 19/12/ as 10 horas, onde governador, senador, deputados federais e estaduais será diplomado em seus cargo publico para tomarem posse no dia 01/01/2015.
O artigo 18 da resolução 23.406/2014 e clara na prestação de contas,descumprindo a legislação do art. 36 da Resolução-TSE nº 23.406/2014, da Justiça Eleitoral em que o candidato tem que torna públicas as informações das prestações de contas (parcial ou final), com a discriminação dos recursos financeiros e/ou estimáveis em dinheiro arrecadados para financiamento da campanha eleitoral e dos gastos realizados, detalhando doadores e fornecedores declarados por candidatos, partidos políticos e comitês financeiros.
Diante disso, o deputado corre o risco de não assumir o mandato ficando inelegível, e ficha suja.
VEJA LOGO MAIS.  ERALDO PIMENTA TEM PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS ELEIÇÕES 2014  REJEITADA E PODERÁ NÃO SENTAR EM SUA CADEIRA SONHADA.

Policia Federal apreende 258 Quilos de cocaína

Os 258 quilos de cocaína foram apreendidos após uma operação da Polícia Federal as proximidades do
município de Rurópolis, na BR 163, a PF havia recebido uma denúncia de que um grande carregamento de droga estaria vindo para a região.
Após a denúncia os agentes se deslocaram na tarde de domingo para um trecho logo após o município de Rurópolis, onde iniciaram as abordagens aos veículos que passavam pelo local.
O motorista do caminhão foi identificado como Rosivaldo Nascimento, 35 anos, natural de fortaleza, foi preso por volta das 15 horas desta segunda feira, ao ser abordado pelos agentes ele apresentou muito nervosismo, o que fez com que eles desconfiassem da atitude suspeita. Durante a vistoria no caminhão um fundo falso foi encontrado no início da carroceria. Outra situação que também chamou a atenção dos agentes foram as placas tanto do cavalo como da carroceria que eram de municípios diferentes.
Rosivaldo foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Ao prestar depoimento ao delegado da PF disse não saber o destino do entorpecente, mas os agentes afirmam que o material só estaria de passagem na região, seguindo para o Nordeste.
De acordo com o agente Uilses Tavares caso a droga fosse misturado a outras substâncias, poderia chegar a meia tonelada de entorpecente. O motorista foi encaminhado para a Penitenciária Agrícola de Cucurunã.
Fonte : ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS

sábado, 13 de dezembro de 2014

AGENCIA DA CAIXA ECONÔMICA FOI INAUGURADA EM URUARÁ



Aconteceu no ultimo dia (10) uma  cerimônia de Inauguração da Agência da Caixa Econômica Federal, em Uruará, que aconteceu as 18h. Onde o Prefeito Everton de Uruara e o Prefeito da cidade Placas; Leonir o Gauchão, estiveram presente no evento, onde  a Superintendente da agencia Regional de Altamira fez um breve resumo da historia da cidade de Uruara fazendo o publico presente voltar ao passado. 
O grupo folclórico de Uruará; Arara Azul, também fez parte da cerimônia abrilhantando com danças Culturais.
E um breve discurso o Prefeito de Uruara destacou que com a  inauguração da Agência no municipio de Uruara, vai facilitar o acesso da população aos serviços oferecido pela Caixa. Além de oferecer diversos produtos com taxas competitivas, a Caixa é o principal agente financeiro das políticas públicas do Governo Federal, estando à frente dos mais importantes programas, como Minha Casa Minha Vida (PMCMV), Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e programa Bolsa Família. A Cerimônia contou com a presença de empresários da cidade,vereadores das cidades de Placas e Uruara, onde o evento foi abrilhantado com uma apresentação do grupo Arara azul, que mostrou a cultura
Uruaraense.