quarta-feira, 30 de junho de 2010

João Buracão gosta...

Pedofilia: irmão de Ana Júlia é condenado a 15 anos

O assistente administrativo João Carlos Vasconcelos Carepa, paraense de 52 anos, e irmão da governadora Ana Júlia Carepa, foi condenado a 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado por abusar de uma menina de 11 anos de idade, em 2006.
A sentença foi proferida pela juíza Maria das Graças Alfaia Fonseca, titular da Vara de Crimes Contra Crianças e Adolescentes de Belém, onde tramitou o processo penal.A decisão da juíza se baseou no conjunto das provas (testemunhas e periciais) que constam no processo e acompanhou o entendimento da representante do Ministério Público do Estado (MPE), por meio da promotora de Justiça Sandra Gonçalves, que requereu a condenação do assistente administrativo.
Ao julgar procedente a ação a juíza considerou a culpabilidade do réu como ‘gravíssima pois de forma consciente e perversa premeditou os crimes, razão pela qual tal circunstância não o favorece’.
Maria das Graças Alfaia considerou que a personalidade do réu é propensa a prática da pedofilia e que os motivos do crime não favoreciam o acusado, posto que procurou praticar o crime de forma que não fosse jamais flagrado ou descoberto.

No portal ORM:

OAB DIVULGA LISTA DOS POLÍTICOS CASSADOS PELO TRE

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (29) a relação dos políticos cassados nos últimos três anos pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). No total, são 19 políticos, sendo 18 do interior e um de Belém. Solicitada pelo presidente da Ordem, Jarbas Vasconcelos, a lista foi fornecida pelo desembargador João Maroja, presidente do TRE do Pará.
Os políticos foram cassados no âmbito regional, mas alguns processos continuam tramitando no TRE e outros estão em tramitação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em tese, estes políticos não podem se candidatar às eleições deste ano já que se enquadram na lei do projeto Ficha Limpa, que impede a candidatura de políticos condenados na Justiça. (Diário Online)
Saiba quem são os políticos cassados por município:
Itaituba
1. ROSELITO SOARES DA SILVA (Prefeito)
2. SILVIO DE PAIVA MACEDO (Vice-Prefeito)
Belém
1- NADIR DA SILVA NEVES (Candidato a Deputado Estadual/2006)
São Miguel do Guamá
1- VILDEMAR ROSA FERNANDES (Prefeito)
2- RAIMUNDO MONTEIRO DE FREITAS (Vice-Prefeito)
Bujaru
1. MARIA ANTONIA SILVA DA COSTA (Prefeito)
2. JOSÉ VALDIR NUNES MARQUES JÚNIOR (Vice-Prefeito)
Chaves
1. UBIRATAN DE ALMEIDA BARBOSA (Prefeito)
2. PEDRO MAURÍCIO FRANCO STEINER (Vice-Prefeito)
3. VERA LÚCIA ALVES BARROS (Vereadora)
Brasil Novo
1.JOSÉ CARLOS CAETANO (Prefeito)
2.OSIAS SPEROTO (Vice-Prefeito)
Conceição do Araguaia
1. ALVARO BRITO XAVIER (Prefeito)
2. WANDERLÂNDIA MARIA DE OLIVEIRA AQUINO (Vice-Prefeito)
São Félix do Xingu
1. ANTÔNIO PAULINO DA SILVA (Prefeito)
2. ROSANA CRISTINA SOARES DE AZEVEDO PEREIRA (Vice-Prefeito)
Bujaru
1. EMANUEL NAZARENO DE SOUZA MUNIZ (2º colocado cargo Prefeito)
2. ERIVALDO MONTEIRO MARQUES (2º colocado cargo Vice-Prefeito)

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Ministério dos transportes e Governo paraense iniciam asfaltamento da BR 230

"O presidente Lula recomendou e eu vim pessoalmente autorizar o asfaltamento da Transamazônica". Esta afirmação do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, marcou a cerimônia de assinatura de três ordens de serviço que determinam o asfaltamento da rodovia Transamazônica (BR 230) e, ainda, a entrega da licença ambiental concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) que permite a realização das obras.
O ministro foi recebido pela população do município de Altamira, na Região de Integração do Xingu, neste sábado (26). Também assinou o documento a governadora do Estado, Ana Júlia Carepa, que comemorou a grande conquista para os moradores da região e de todo o Pará. "Chegou a hora. Essas obras já iniciarão na semana que vem e o asfaltamento da Transamazônica que tantas lideranças políticas aqui presentes lutaram para conseguir está finalmente saindo do papel. É a realização de um sonho", afirmou a governadora.
Nomes importantes que travaram grandes lutas em prol do asfaltamento da BR 230 como Airton Faleiro, o deputado estadual Valdir Ganzer e o deputado federal Zé Geraldo compareceram ao ato.
"Tantos governos passaram e a Transamazônica ficava só no esquecimento", recordou Zé Geraldo. O deputado federal Paulo Rocha afirmou que "este projeto de asfaltamento está saindo da luta do povo", referindo-se aos movimentos sociais e sindicatos de trabalhadores e trabalhadoras na agricultura.
"O povo cobrava de nós e a maioria já estava desacreditando que o asfalto chegaria de fato à Transamazônica. Muitas vezes fomos chamados de mentirosos. E agora o que vemos é a concretização deste grande sonho, num compromisso assumido pelo presidente Lula que se sensibilizou com a nossa causa", afirmou Francisco de Assis, presidente do Consórcio Belo Monte e prefeito do município de Anapu.

Ainda em Altamira, a governadora Ana Júlia assinou um decreto destinando a Gleba de Terras Bacajaí, que abrange uma área de 223 mil hectares nos municípios de Altamira e Senador José Porfírio, para fins de regularização fundiária para a agricultura familiar e a projetos de manejo. A gleba é considerada um dos grandes projetos de desenvolvimento sustentável do Estado.

Informações Ascom

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Polícia Federal lacra lojas sorteou quitou em Uruará por ordem da justiça

As lojas foram lacradas hoje à tarde pela Polícia Federal em cumprimento a uma ordem judicial, nas portas fitas de isolamento e o aviso de suspensão das atividades.

Os Representantes das lojas desde ontem, já aviam fechadas as mesmas com medo de ser lacrados pela Policia Federal,mas hoje no começo da tarde a policia Federal chegou a Uruará e lacrou as lojas.

A notícia pegou muita gente de surpresa. Em frente a essas lojas clientes se perguntavam o que fazer diante da situação. Inconformados, dezenas de pessoas estão indo ate a Policia Civil de Uruará para registrar Boletim de Ocorrência, e muitos dizem que vão recorrer, no Ministério Publico. Um cliente das lojas contou a nossa equipe que já investiu seis mil reais em uma das lojas e espera receber o dinheiro de volta. Clientes com R$3000,00 pago outros com R$1500,00 e assim vai centenas de pessoas no prejuizo, a fraude e absurda, só que a população diz que não vão no prejuízo.

Começa o Julgamento dos matadores do Locutor Deomar

Esta iniciando nesse momento no Tribunal do Júri de Uruará, o Julgamento dos acusados pelo assassinato, Vitima DEOMAR SANTANAS DOS SANTOS (locutor) acontecido no ano de 2008 em um Bar da cidade de Uruará,aonde os acusados deferirão vários tiros na Vitima,vindo a óbito no local.


VILSON JUSTINO DO NASCIMENTO e JOILSON SOUSA DOS SANTOS. (homicídio Qualificado)

CENSURA em Senador José Porfírio em Pleno Século XXI

Declaração de Felype Adms – Redator do Site Souzel News.
Ontem durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores, eu estava querendo fazer um trabalho de cobertura do evento, como sempre fiz e nunca fui impedido, porém a matéria a ser votada ontem era polêmica, a emenda 02/2010 que trata sobre o grau de insalubridade a ser pago pelo executivo aos funcionários que estejam expostos a perigos de contaminação durante o trabalho.http://souzelnews.blogspot.com/2010/06/censura-em-senador-jose-porfirio-em.html

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Polícia Federal lacra lojas sorteou quitou em Altamira por ordem da justiça

Depois da prisão de três empresários do ramo sorteou quitou que atuavam em Altamira e mais 6 municípios da região na última sexta-feira, a polícia federal lacra as lojas e recebe mais reclamações de clientes.
As lojas foram lacradas ontem à tarde pela polícia federal em cumprimento a uma ordem judicial, nos portões fitas de isolamento e o aviso de suspensão das atividades. A notícia pegou muita gente de surpresa. Em frente a essa loja clientes se perguntavam o que fazer diante da situação. Inconformados o grupo foi direto para a superintendência da polícia federal. Esse homem contou a nossa equipe que já investiu seis mil reais em uma das lojas e espera receber o dinheiro de volta.
As lojas foram fechadas depois que três empresários do ramo sorteou quitou foram presos pela polícia federal acusados de lesar clientes em 7 municípios. altamira, brasil novo, vitória do xingu, medicilândia, uruará e porto de moz e placas. Segundo as investigações da operação globo da sorte da polícia federal os empresários atraiam clientes com a promessa de ganho rápido, dessa forma criando uma vasta carteira de clientes e um grande volume de dinheiro. ao investigar as lojas a polícia descobriu que os empresários sonegavam impostos e ainda atuavam como instituição financeira sem a autorização do banco central. Durante as prisões também forma apreendidos documentos, computadores, os globos utilizados para realizar os sorteios e alguns veículos sem nota fiscal.

Segundo a delegada Patrícia Helena Shimada os crimes são graves e desde as prisões muitas pessoas já procuraram a polícia.
as investigações continuam. Os três continuam presos por órdem da justiça por tempo indeterminado, dois no centro de recuperação de altamira e a mulher na superintendência de polícia civil. Enquanto isso os clientes tentam resolver a situação junto ao ministério público federal, alguns já montaram até comissão para falar com o procurador da república.

Com Informações Blog da Karina e Fotos Uruaraemfoco

Lojas Compras Premiada de portas fechadas

Três lojas compra remiadas aqui de Uruará, estão de portas fechadas Eletro Sonhos, Eletro Prêmios e Leal Quita Fácil. A população esta revoltada com a situação, pois tem pessoas que tem muito dinheiro investido nas Lojas, e querem uma resposta do que irá acontecer se vão receber seu dinheiro de volta, ou se as lojas vão reabrir novamente.segundo os representantes das lojas,estão de portas fechadas ate que o Ministério publico Estadual analisa as situações das mesma.e garantem que em breve a situação será normalizada
Na ultima Sexta Feira a policia federal cumpria cinco mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão nas lojas quitou que atuam no ramo quitou ganhou. Em Altamira três empresas investigadas tiveram documentos apreendidos, os globos utilizados para realizar os sorteios, algumas motos e mais de R$ 300 mil reais em dinheiro também forma encontrados pela polícia e levados para a delegacia. Três empresários estão detidos, dois homens no centro de recuperação de Altamira e uma mulher na superintendência de polícia civil.
A operação aconteceu em Seis municípios da região, Vitória do Xingu, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas e Porto de Moz, além do município de Castanhal.

A polícia federal informou que ainda não é possível precisar a quantidade de pessoas que podem ter sido lesadas pelo sistema quitou ganhou. Como as irregularidades vão desde fraude nos sorteios até perda de parcelas por inadimplência, a polícia federal espera que as vítimas procurem a delegacia e formalizem as denúncias.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Em ato no Pará, Lula defende construção de Belo Monte

Lula participou do 'Ato por Belo Monte e pelo desenvolvimento do Xingu'. A hidrelétrica é alvo de contestação dos ambientalistas
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta terça-feira (22), em Altamira, no Pará, a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará. Segundo Lula, a construção levará em conta os aspectos ambientais e gerará empregos para a região. “Vamos utilizar energia limpa e preservar o meio ambiente. É meu compromisso”, afirmou.
O presidente participou do "Ato por Belo Monte e pelo desenvolvimento da região do Xingu". Organizado pela governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), o evento contou com a participação de lideranças locais. Para evitar protestos, o evento foi realizado no estádio Bandeirão.
A hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, é alvo de contestação dos movimentos sociais e de ambientalistas. Ambos alegam que os lagos da represa da hidrelétrica vão inundar 30 terras indígenas legais e afetarão um terço do município de Altamira.
Em relação aos jovens que realizaram protestos em Altamira contra a construção da usina, Lula recomendou paciência. “Se tivessem paciência de ouvir, aprenderiam o que eu já aprendi. Quando eu tinha a idade deles, eu ia para o Paraná participar de manifestações contra a construção de Itaipu”, disse.
“Naquele tempo diziam que Itaipu inundaria a Argentina, que chegou a ameaçar o Brasil com a construção de uma bomba atômica. Por falta de informação diziam que o lago de Itaipu iria provocar terremoto e mudar o clima da região. É por essas fantasias construídas que a gente não pode ter medo de debater”, completou o presidente.
No discurso, Lula disse que na construção de Belo Monte não serão repetidos os erros cometidos nas construções das usinas de Balbina e Tucuruí, que tiveram alto impacto ambiental. “Nunca mais vamos querer uma hidrelétrica que cometa o crime de insanidade que foi [a hidrelétrica de] Balbina, no estado do Amazonas. Não queremos repetir Tucuruí. Queremos fazer uma coisa nova”, disse.
Lula disse que se pudesse dar um conselho aos que são contra, diria que se engajassem no debate para definir como utilizar os recursos disponibilizados pelo governo para auxiliar as comunidades indígenas e ribeirinhas do Pará e cuidar das questões sociais. O presidente citou ainda a importância econômica de Belo Monte. “A hidrelétrica vai gerar industrialização e empregos. Ao invés de exportar minério de ferro, vamos exportar produtos com valor agregado”.
A usina de Belo Monte será a segunda maior do Brasil e a terceira do mundo com capacidade instalada de geração de mais de 11 mil megawatts.

G1

Lula sugere que manifestantes contrários a Belo Monte sugiram projetos

ALTAMIRA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou menos de três horas em Altamira, no Pará, onde participou de um ato de apoio à construção da usina hidrelétrica de Belo Monte. Num discurso de oito minutos, o presidente respondeu aos manifestantes que são contra a usina dizendo que eles deveriam buscar informações, sugerir projetos ambientais e sociais para a população indígena e ribeirinha.
O ato, no estádio Bandeirão, com 8 a 10 mil pessoas, segundo a Presidência, durou 50 minutos. Do lado de fora, cerca de 100 manifestantes protestaram contra usina e queimaram um boneco de pano que simbolizava o presidente. Alguns manifestantes conseguiram entrar no estádio.
- Meia dúzia de jovens bem intencionados, mas não pensando em Belo Monte, porque não estão me ouvindo. Eu sei disso porque na minha juventude eu também participei de atos contra Itaipu. Diziam que não poderia construir Itaipu porque iria inundar a Argentina, provocar terremoto na região, iria mudar o clima, mudar o eixo da terra. Por essas razões, não podemos parar de debater. Espero que eles (manifestantes) proponham alternativa para utilizar os R$ 4 bilhões para melhorar a vida dos índios, do ribeirinho e dos agricultores. Invés de gritar usem a energia para pensar coisas boas - disse Lula
De Altamira, o presidente seguiu para Marabá. Ele está acelerando a agenda para poder sobrevoar, ainda nesta terça-feira, as regiões alagadas em Pernambuco e Alagoas.

O GLOBO

Lula enfrentará protestos hoje em Altamira

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, chega hoje (22) a Altamira e Marabá, no Pará. Ele participa do lançamento de uma nova siderúrgica e de visitas a obras como o asfaltamento da Transamazônica (BR- 230), a expansão do programa Luz para Todos e a usina de Belo Monte no Rio Xingu.
A visita do presidente deverá ser acompanhada por protestos, em especial contra a hidrelétrica.
“A vinda do presidente para nós significa uma afronta”, disse Antônia Melo, do Movimento Xingu Vivo para Sempre. Segundo ela, o governo decidiu construir a usina sem ouvir os movimentos sociais e desrespeitando a legislação ambiental.
“Nós vamos dizer para Lula que ninguém quer ele aqui”, disse Ronaldo Pantoja, da Comissão Pastoral da Terra (CPT). Segundo ele, 20 mil pessoas participarão das manifestações em Altamira

Fonte Blog do Jeso

sábado, 19 de junho de 2010

Ameaça a Repórter

Gostaria de informar em primeira mão a nossos amigos que nos acompanha pelo Blog uruaraemfoco,que nesse sábado o blogueiro Valdecir foi ameaçado pelo representante do compras premiadas Eletrosonhos,que disse que se o repórter não tirar a matéria policia-federal-visita-loja-de-compras. do ar ate segunda feira vai sofrer as conseqüências.Diante do acontecido na segunda o repórter ira registrar um B. O. e também representar no Ministério Publico

PF deflagra operação globo da sorte e prende proprietários de lojas quitou ganhou na região

A policia cumpria cinco mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão nas lojas quitou que atuam no ramo quitou ganhou. Em Altamira três empresas investigadas tiveram documentos apreendidos, os globos utilizados para realizar os sorteios, algumas motos e mais de R$ 300 mil reais em dinheiro também forma encontrados pela polícia e levados para a delegacia.
Três empresários estão detidos, dois homens no centro de recuperação de Altamira e uma mulher na superintendência de polícia civil.
A operação aconteceu em Seis municípios da região, Vitória do Xingu, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas e Porto de Moz, além do município de Castanhal.
A polícia federal informou que ainda não é possível precisar a quantidade de pessoas que podem ter sido lesadas pelo sistema quitou ganhou. Como as irregularidades vão desde fraude nos sorteios até perda de parcelas por inadimplência, a polícia federal espera que as vítimas procurem a delegacia e formalizem as denúncias.

Fonte  Blog da Karina Pinto e fotos Valdecir

Nota Pública da Coordenação do Projeto Criar’te

A Fundação TOCAIA, núcleo Uruará teve um projeto aprovado pelo Criança Esperança para um trabalho na Mini - Indústria junto a crianças, adolescentes, jovens e suas famílias.
Ressaltamos porém que, infelizmente pessoas que fazem parte da família do Sr. João Ferreira e da irmã Nete, ACS da comunidade sempre tiveram uma atuação contrária as ações do projeto por interesses pessoais os quais deram a eles certas vantagens em troca do prejuízo à comunidade.
Queremos informar a todos que, recebemos 04 parcelas sendo duas de R$ 33.294,00 e duas de R$ 22.196.00 que deveriam ter sido repassadas no período de agosto de 2006 a agosto de 2007 e que no entanto recebemos a última parcela em dezembro de 2008 o que alongou o tempo de execução do projeto sem que houvesse aumentado o valor recebido.
Informamos também que a nossa prestação de contas foi aprovada pela UNESCO, nossa financiadora, após a auditoria necessária nas notas fiscais, recibos e relatórios de atividades apresentados.
Quanto ao fato desse pequeno grupo questionar o numero de atendimentos, informamos que tendo em vista a pouca participação de pessoas do bairro nas atividades, as ações foram expandidas para outros públicos a exemplo de alunos da rede pública e particular de ensino de Uruará e que, a participação dos brincantes da Arara Amarela, resultado claro e incontestável das ações do Projeto Criar’te já contempla o número citado que foi de 347 crianças, jovens, familiares e educadores, e, indiretamente, outras 729 pessoas.
Informamos ainda que este mesmo grupo que hoje se levanta para falar que não aconteceu nada no projeto, fizeram parte de várias atividades de formação a exemplo da irmã NETE que participou ativamente da oficina de pintura em tecido, da sra. JOELBI, esposa do Sr. Chapolin que participou das oficinas de Arranjos Florais com garrafas peti e de Trançado com fibras e das suas cunhadas que participaram das oficinas de artesanato e de biojóias como provam as fotografias que podemos apresentar.
Ressaltamos ainda que, a Fundação TOCAIA dispõe de um patrimônio avaliado em aproximadamente R$ 14.000,00 em instrumentos musicais que estiveram à disposição da comunidade por um período de 10 meses bem como os monitores que foram pagos para a realização das atividades junto a esse público. Esse fato é facilmente comprovado a partir de depoimento desses monitores e dos recibos de pagamento dos mesmos.

Quero lembrar, porém, uma frase do Sr. João Ferreira, vulgo Chapolin quando em uma reunião na comunidade disse que não queria os filhos dele tocando tamborzinho porque isso era coisa de viado e da irmã Nete quando disse que se tivesse um projeto deste nas mãos se elegeria para qualquer coisa. Isso mostra que esse movimento deles é em torno de benefícios próprios visto que não se tem conhecimento de nenhum trabalho voluntário desse grupo em prol do público que foi atendido pelo projeto Criar’te. A irmã NETE é apenas ACS no bairro e ganha pra isso e o Sr. Chapolin é proprietário de um estabelecimento comercial que vende bebida alcoólica e que também não temos nenhum conhecimento de trabalho social por parte deste.

O que temos é depoimento de adolescentes e jovens que foram orientados pelo Sr. Chapolin a ir para os ensaios de fanfarra e percussão com canivetes para cortar o couro dos instrumentos musicais e de mulheres que participaram das oficinas e foram ameaçadas de ter suas bicicletas roubadas durante as atividades de formação. Fato este que fez com que buscássemos o apoio do destacamento da Polícia Militar de Uruará a quem queremos mais uma vez agradecer.

Sobre o espaço apresentado nas fotografias do texto no blog, informamos que antes do projeto era apenas uma área de chão e que o espaço interno não tinha utilização nenhuma e que esse pequeno grupo que se diz buscando seus direitos nunca se apresentou para ajudar na recuperação e revitalização do espaço construído com o apoio de empresários madeireiros e que serviu para a comunidade não só nas ações do projeto como também para que os alunos da escola Anexa da Francisca Lima merendassem por que não teve por muito tempo um refeitório para eles (esse direito a um refeitório eles não buscaram). O espaço interno foi recentemente reformado pelo Estado para funcionamento de um infocentro do NAVEGAPARÁ que garante a participação gratuita do público e que foi conseguido a partir da nossa articulação para benefício da comunidade até então esquecida inclusive por este grupo que nada fez até agora.formos fazer um comparativo, veremos claramente que a postura de oposição às ações do projeto por parte do Sr. Chapolin lhe renderam aumento inesperado na sua renda familiar assim como a irmã NETE teve etapas da sua faculdade pagas por autoridades locais contrárias ao projeto.
Afirmamos ainda que o trabalho junto ao público nos fez ter conhecimento com muita gente boa na comunidade e que não compactua com esse grupinho tendo em vista que a participação dos mesmos nas ações da comunidade são sempre conflitantes a exemplo dos problemas causados pelo senhor Chapolin nas festas religiosas da Comunidade e quanto a pessoa citada como morador, é mais um voluntário que se dispôs a cuidar do patrimônio adquirido após inúmeras tentativas de invasão noturna
Gostaríamos também de informar que esse grupo praticou vandalismo quando quebrou deliberadamente as portas dos espaços causando prejuízo o que mostra a clara intenção dos mesmo que é simplesmente vandalizar seja com palavras mentirosas seja com ações de invasão
Quanto ao infocentro do NAVEGAPARÁ informamos que este só será implantado no bairro sob nossa coordenação e que jovens e adolescentes já demonstraram claramente o interesse de que este projeto aconteça na comunidade o que também mostra a mentira desse pequeno grupo.
Mais informações, acessem o blog da divacassia.blogspot.com no link conheça nossos projetos cujo relatório é repleto de informações e de fotografias que comprovam o que dizemos.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Policia Federal visita loja de compras premiadas em Uruará


Uma equipe de policiais federais, estiveram nessa manhã de sexta feira visitando as lojas de Compras premiada em Uruará.Ate o momento não foram lacradas nenhuma loja,foram apreendidos documentos e computadores.
Segundo a Polícia, a Lei do Colarinho Branco (Lei 7.492, de 16 de junho de 1986) prevê os crimes praticados contra o Sistema Financeiro Nacional (SFN). Infringi-la pode acarretar uma pena de dois a seis anos de prisão, além do pagamento de multa. Consórcios só podem ser abertos com a autorização do Banco Central.
O consórcio fraudulento funciona no mesmo esquema das conhecidas “pirâmides”. São formados grupos de 48 pessoas. Todas começam a pagar as prestações e aquelas sorteadas a cada mês recebem a moto e não precisam mais pagar o restante das prestações. Porém, teriam que ser substituídos por outro interessado em entrar no esquema. A prática é bastante comum na região, O esquema e visível em toda a região norte,Segundo Informaçãoes a operação da policia federal foi simultânea em Altamira, Brasil Novo, Medicilãdia ,Uruará ,Placas.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Parentes de Leiticia se revoltam

Por volta das 18:30 dessa quinta feira,a garota Adriana uma das acusadas de ter participação no caso Leiticia ao sai do fórum, quase agredida pelos parentes da vitima, e ouve um principio de confusão. Segundo o avô da vitima Leiticia, disse que foi empurrado pelos policiais, que chegarão a sacar armas. Adriana teve que ser escoltada pela policia. A mãe da vitima dona Vilma teve que ser encaminhada para o Hospital, passando Mal. A revolta dos parentes da vitima,e que os acusados saíram do Fórum esnobando,sorrindo dos mesmos. Centenas de populares se aglomeraram em frente do Fórum na expectativa que os acusados sairiam presos.

Caso Leiticia

Três dos acusados pela crueldade do caso Leiticia estão sendo ouvidos pela Promotora nesse Momento, Raí  filho do Vice Prefeito de Uruará Laércio Barro, Leozinho e Adriana. Os familiares da vitima , estão na frete do Foram.Amanhã teremos os detalhes dos depoimentos do Acusados.

População do Bairro Mini-indústria pedem a cabeça da coordenadora do projeto Criança esperança

População do bairro da Mini-indústria esta revoltada com a coordenadora do projeto criança esperança, Diva Cássia, os moradores do Bairro ontem à tarde por volta das 15 horas arrombaram a porta e trocaram a fechadura, segundo os populares e para que a senhora Diva Cássia não entre no estabelecimento onde funciona o projeto. O que os populares do Bairro querem e que a coordenadora do projeto criança esperança, de uma explicação do que esta acontecendo, prestação de conta dos recursos que vem para o projeto, a revolta e muito grande dos populares que querem a presença do ministério publico, segundo os manifestantes o que eles fizeram e para chamar a atenção do MP, que segundo eles já representaram por 4 vezes e não obtiveram respostas. Segundo os manifestantes a coordenadora nunca deu explicações, e quando alguém quer saber o que esta acontecendo, a Diva Cássia não que dialogar. Segundo um ofício do dia 22 de dezembro de 2009 o representante da UNESCO Vicent Defourny diz que foi recebido a representação em Dezembro de 2009 o qual foi solicitada informações sobre o repasse de verbas do projeto “criança esperança” da Rede Globo, em Parceria com a organização FUNDAÇÂO TOCAIA para o financiamento do Projeto Criar”te.

O projeto Criar “te foi selecionado e contemplado com financiamento no valor total de R$110.980.00 para a implantação das atividades previstas no plano de trabalho apresentado pela fundação TOCAIA e aprovado pela UNESCO.
O oficio relata também que ao longo da vigência do Projeto, foram atendidos diretamente 347 crianças, Jovens, familiares e educadores, e, indiretamente, outras 729 pessoas, ainda forma realizados em atividades tais como: inauguração do espaço CRIARTE (com acervo bibliográfico) apresentação do grupo de fanfarra, oficinas de percussão marcial, violão, flauta doce e percussão regional. Com o resultado das oficinas de artes capacitação e qualificação de 100 jovens para a geração de trabalho e renda e alimentos. Conforme demonstra nos relatórios técnicos apresentados pelo projeto.

Segundo os moradores da Mini-indústria isso e revoltante, pois e tudo mentiras, não existe nada do que a coordenadora do projeto diz que foi feito, segundo os populares no inicio foi colocado três computadores, que em um prazo muito curto 02 deram problemas, foram levado para ser consertado e nunca mais voltaram. Outro ponto os 100 jovens, não existe nenhum qualificado para nada, e a revolta também e que segundo os moradores do bairro a coordenadora Diva Cássia colocou uma pessoa para morar no local que era para funcionar o projeto, e mais dizem que o lugar era usado para orgias com mulheres. No ultimo dia 12 desse mês foi agendado uma reunião com Promotora Ely Soraya,que não foi possível,mas uns dois dias antes da reunião marcada a coordenadora do projeto levou para o estabelecimento uns 02 violões um Teclado para fazer um media com a representante do MP.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Depois de 2 dias...

Caso Leiticia

Com a demora do desenrolar do caso leiticia, parente da vitima estão inconformado, agoniados. Depois da prisão do acusado pelo crime Gilberto, e com as revelações dos nomes dos envolvidos no crime e ainda não foi feito praticamente nada, e com o desaparecimento dos envolvidos os parentes da vitima pedem por justiça e pressa no caso, antes que todos os acusados desapareçam, e fique no esquecimento. O que esta deixando os familiares mais indignados e que nunca foram procurados por nenhum político aqui de Uruara para dar uma força um apoio, mas depois que foi citado o nome de um filho de político uruaraensse,o dito político visitou a casa dos familiares,querendo dar explicações,e dizendo que seu filhinho não tem nada a ver com o caso,deixando revoltados. Segundo um familiar de Leiticia nos informou que deu vontade de passar em sua cara, agora vem e minha casa, pois e ano político ne! Acrescentou o familiar indignado.Ontem na parte da tarde familiares estiveram na delegacia da policia civil para informações,pois teria comentários que tinha saído a prisão preventiva dos envolvidos, mas não foi confirmado nada e os familiares estavam inconformado,sem ter uma resposta da justiça.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Será que tem peixe ai seu João!

João Buracão esta muito alegre aqui em Uruará,pois aqui ele encontrou seu ponto fraco,em cada esquina, ruas,avenidas e um prato cheio para nosso amigo.buracos não e o problema e só olhar para baixo você encontra vario,a competição dos nosso amigos buracos e grande cada um quer ser maior e mais lamentos que o outro.Nosso amigo João Buracão nos informou que pretende passar uma temporada aqui em Uruará.

Comunicado

                                           Declaração
Eu, Leleu Bithencourt, dançarino e coreógrafo, residente em Alenquer, Pará, DECLARO para todos que não fui eu o responsável pela prisão do menor Gilberto, mesmo porque eu nem o conhecia.
Declaro ainda que existe aqui em Alenquer um cidadão conhecido por XELELEU.Assim, gostaria de tranqüilizar meus amigos e dizer que LELEU BITHENCOURT é uma pessoa e que XELELEU é outra pessoa.
                                                                                              Alenquer, 14 de junho de 2010
                                                                                                    Leleu Bithencourt

PT do Pará quer intervenção no PMDB paraense

Petistas querem que o PMDB nacional force Jader a ser candidato ao senado na chapa de Ana JúliaO chefe da Casa Civil no Pará, Everaldo Martins, defende que a Executiva Nacional do PMDB faça uma intervenção no Pará para garantir que os peemedebistas coliguem com o PT paraense no primeiro turno das eleições.

O PMDB, que apoiou a candidatura anterior de Ana Júlia Carepa, anunciou oficialmente um candidato próprio ao governo do Estado, Domingos Juvenil (presidente da Assembléia Legislativa do Estado) enterrando as chances da aliança com o PT no primeiro turno.Leia mais.http://www.diariodopara.com.br/N-94342-PT+DO+PARA+QUER+INTERVENCAO+NO+PMDB+PARAENSE.html

Doentes sofrem descaso em Altamira

Em Altamira o Hospital Regional da Transamazônica vem deixando a desejar no atendimento aos doentes renais crônicos. Trinta e dois pacientes da região precisam fazer o tratamento rotineiramente. Mas o hospital só dispõe de quatro máquinas.
Atualmente, 17 pessoas aguardam na fila para receberem sessões de hemodiálise, na cidade. O aposentado Raimundo Vale, que mora em Uruará, distante 180 quilômetros de Altamira, diz que tudo é precário. Segundo ele, os pacientes renais não têm transporte adequado, a medicação que deveria ser distribuída na maioria das vezes não existe, dentre muitos outros problemas.
MILHARES DE DOENTES
De acordo com a Associação Paraense de Pacientes Renais Crônicos, existem hoje só no Estado do Pará 1.320 pacientes cadastrados na entidade.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Delegado não acredita na versão de Gilberto Açougueiro


O delegado Herbert Farias Junior de Alenquer que ouviu o menor G.A.M disse que não acredita nas declarações do menor.
O delegado afirmou que a frieza do menor lhe deixou impressionado. Herbert também disse que no TERMO DE INFORMAÇÃO do menor uma pergunta ficou no ar: quem decepou a jovem que foi em encontrado em estado lamentável.
O delegado acredita que a participação de Gilberto foi além do que ele informou.
O capitão da policia militar de Uruará Abude, disse que esta pronto para prender os envolvidos aqui de Uruará,só depende de um mandato de prisão dos mesmo,segundo Abud não importa,pode ser o filho de fulano ou siclano ou qualquer um,seu homens estão prontos para cumprir as prisões.O capitão disse ainda que Uruará esta em uma situação complicada,pois estamos sem Delegado,sem Juiz,a Promotora esta fora da cidade,segundo o capitão ele ate poderia fazer as prisões dos envolvidos,mas as prisões seria ilegal.pois já não tem mais flagrante,só que determina a prisão preventiva e o Juiz.Argumentou também que a população fica indignada com os envolvidos solto,transitando como nada aconteceu,e revoltante! ai quando a população resolve agir com as próprias mão ai a situação complica.

Pavimentação da Transamazônica começa esse mês

O Departamento Nacional de Infra-estruturar de Transportes (DNIT) pretende iniciar, no fim deste mês, a pavimentação de um trecho de 720 quilômetros da rodovia Transamazônica (BR 230), entre a divida de Tocantins com o Pará até o município de Rurópolis, no centro-oeste do Pará. A previsão é do diretor-geral do DNIT, Luiz Antonio Pagot.
Depois de dois anos de interlocução com a área ambiental do governo, a expectativa de Pagot é de que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) libere a licença da obra no dia 21 deste mês. "Como já está tudo licitado, no dia 23 já podemos dar a ordem de serviço", disse Pagot à Agência Estada.
O diretor do DNIT disse que a obra já recebeu autorização de outros órgãos oficiais, como a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). "A autorização da FUNAI foi fácil porque eles já tinham os estudos de Belo Monte", disse Pagot. A rodovia BR 230 passa a uma distância de 100 quilômetros do local onde será construída a hidrelétrica de Belo Monte.
Segundo Pagot, a pavimentação desse trecho da Transamazônica deverá demandar investimentos de R$ 1,2 bilhão, incluindo a construção de pontes. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em 30 meses. "A obra é importante, pois essa é uma região completamente desprovida de rodovias pavimentadas", acrescentou.

Açougueiro diz que RENAN foi quem matou LETICIA

“ Em seu relato, o menor G.A.M de 17 anos afirmou ao delegado Herbert Farias que RENAM foi quem deu os dois tiros na jovem LETICIA, um no rosto e outro na cabeça, a arma usada teria sido uma 6.35”.
Foi Recamiado para Santarém na última terça-feira, e encaminhado por volta das 19 horas para a FUNCAP, o menor das iniciais G.A.M, conhecido por Gilberto Açougueiro, principal acusado de ser o assassino da menor Letícia Menescal em 27 de junho de 2009 no município de Uruará, região da Transamazônica em seu depoimento, ou melhor TERMO DE INFORMAÇÃO já que é de menor disse ao delegado Herbert Farias Junior que quem matou Letícia Menescal foi um outro adolescente conhecido por RENAN.
Acompanhado de um representante do Conselho Tutelar de Menor, o adolescente contou em seu Termo de Informação que no dia do crime estava dormindo em sua residência quando chegou sua namorada conhecida por CILEIA de 17 anos, segundo ele, a mesma detalhou que os jovens Raí, Renan, Adriana e Leozinho estavam com Letícia em um carro, uma L200 de cor Vermelha e que os mesmo planejavam matar LETICIA.
Diante da noticia, segundo o menor, o mesmo se dirigiu para o local e lá se deparou com os adolescentes que já estavam com a menor dentro do referido carro. Gilberto Açougueiro disse que se encontrava em uma moto, e com isso seguiu junto com os outros adolescentes para o local conhecido por LAGOU DO SAPO.
Foi então que entregou sua pistola, uma 6.35 ao menor conhecido por RENAN que sem piedade desferiu dois disparos em Letícia, sendo um na CABEÇA e outro na FACE. Em seguida os adolescentes fugiram do local.
Gilberto Açougueiro no outro dia soube que era o principal suspeito, então resolveu ligar para RAI, um outro adolescente que esteve junto no dia do crime. O mesmo afirma que Raí em uma motocicleta de cor preta e da marca bross deu fuga para ele e ainda o equivalente a 3 mil reais.O menor então planejou sua fuga vindo para Santarém, Belém, Imperatriz, Guarantan do Norte, Cuiabá, Guarantan do Norte, Campo Grande, Dourados e Paraguai. Porém, a convite dos pais resolveu voltar para o Pará, a cidade de Alenquer foi a escolhida. Gilberto já estava com dois meses no município, e em um telefonema anônimo ele foi apreendido em sua residência na travessa Ramiro Duarte pelo CABO da PM Edson Ferreira da Silva que apresentou ao delegado Herbert Farias.
 Gilberto Açougueiro ao chegar em alenquer conheceu o homossexual conhecido por XELELEU, um dançarino de banda que foi quem lhe entregou a POLICIA.
Fonte Blog do Xarope

Caso Leiticia

A prisão do psicopata cruel do açougueiro Gilberto caio como uma bomba em Uruará Comentários e mais comentários circula pelos quatro cantos da cidade. Quem sãos os cúmplices do assassino? Filho de fulano outro filho de ciclano!O que a população quer saber e que todos sejam punidos, pelo crime que cometerem, seja quem for, filho de quem for, seja pobre ou rico tem que pagar. Em conversa com a mãe de Leiticia,que esta muito abalada,nos disse que não sabe se fica alegre ou triste,pois uma coisa ela tem certeza sua filha nunca mais voltará, e espera que a justiça seja feita.


O marginal estava há muito tempo sendo monitorado, pela sua pagina pessoal na internet, onde mantinha contatos com pessoas aqui de Uruará. Com um sistema de inteligência investigativa, foi criada uma pagina pessoal de uma pessoa na rede de internet, que mantinha contatos com o marginal, essa pessoa se passando por uma mulher muito bonita conseguiu a confiança do marginal, chegando o mesmo querer marcar encontro. Telefonema do psicopata para pessoas aqui de Uruará também foi detectado. Depois de levantado a localidade do marginal foi acionado a policia que chegaram a ir a casa onde Gilberto estava morando com seu tio em Guarantã M.T, mas o mesmo não se encontrava,e logo empreendeu fuga para Monte Alegre e Alenquer, que graças a uma denúncia anônima foi preso.

"Veja tamanha imprudencia nas ruas de Uruará"

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Desabafo do Leitor de Medicilãdia

VENDO TANTAS RECLAMAÇOES, CRITICAS, SOBRE MOTOQUEIROS EMPINANDO EM URUARA,SOU DE MEDICILANDIA AQUI TAMBEM NAO E DIFERENTE, A COISA AQUI TA FEIA NIMGUEM TEM MAIS PAZ, OS ROUBOS DE MOTO TA HORRIVEL ALIAS NAO ROUBAM ESTAO E TOMANDO MESMO, AS MOTOS E CARROS AGORA ME PERGUNTAM CADER A POLICIA PARECEM QUE ESTAO COMEDO OU ESTAO A COBERTANTANDO OS ROUBOS PORQUE NAO FAZEM NADA, E FAZEM DESFILAREM NAS RUAS DE CARRO, ENQUANTO QUE OS BANDIDOS ASSALTAM ROUBAM AGRIDEM AS PESOAS EM SUAS CASSAS,MAS TAMBEM NAO É SO CULPA DA POLICIA AS AUTORIDADE MAIOR QUE NAO TA CUMPRINDO COM SEUS DEVERES, QUANDO IA AUS PALANQUES PEDIR VOTOS DA SOCIEDADE TAI O PROMETIDO DELE NAO DA CONTA DO RECADO A CIDADE TA SUCUBINDO EO POVO SOFRENDO POR FALTA DE SEGURANÇA.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Caso Leiticia

Gilberto Açougueiro será encaminhado para FUNCAP em Santarém
" Açougueiro teme ser morto se for encaminhado para Uruará"
O Juiz da Comarca de Alenquer Alexandre Rizzi só está esperando o envio de uma CARTA PRECATÓRIA da comarca do município de Uruará, região da Transamazônica para então encaminhar o menor da inicias G.A.M de 17 anos, vulgo Gilberto Açougueiro para a FUNCAP em Santarém.O menor é o réu confesso da morte da também menor Letícia Menescal em 27 de Junho de 2009, em Uruará.Gilberto Açougueiro, apelido que ganhou na época pela maneira brutal do crime acometido foi ouvido pelo juiz e assegurou sua participação e também de mais 5 adolescente. O crime ganhou repercussão em toda região. Letícia foi estuprada e esquartejada após o crime. No momento a Comarca se encontra sem juiz que recentemente o titular teria sido transferido. No município, a prisão de açougueiro caiu como uma bomba, já que as esperança sobre a prisão do assassino eram as mínimas. O comentário continua sendo a prisão do matador de Letícia, principalmente pelo depoimento que deu a justiça. O menor envolveu nomes de pessoas conhecida da cidade.Em Conversa por telefone o repórter Irosmar Cardoso" O Xarope" disse que ja tem o depoimento do assassino em mãos, e fes uma entrevista com o mesmo,e tem nomes e fotos dos envolvidos aqui de Uruará.A materia será publicada apartir de amanhã...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Matador de LETICIA esta preso em Alenquer

“O menor das inicias G.A. M, conhecido por Açougueiro foi preso pela Policia Militar de Alenquer depois de uma denuncia anônima feita por um colega do assassino”.

Quase um ano que aconteceu o crime, a policia enfim conseguiu colocar as mãos no matador da jovem Letícia Menescal de Araújo de 15 anos, fato ocorrido no dia 27 de Junho de 2009.
Em contato direto com o jornalista Hiromar Cardoso, o popular Xaropinho, o delegado Herbert Farias Junior disse que a prisão do matador de Letícia Menescal só foi possível depois de uma ligação anônima feita por um cidadão para Policia Militar de Alenquer. “Ele já estava há dois meses escondido na cidade, ai ele contou a história da morte da jovem Letícia a um amigo que resolveu ligar para a PM”, esclareceu o delegado.
O delegado também afirmou que já ouviu o menor assassino que declarou que mais 6 adolescente participou do crime, e que na época teria sido usado uma camioneta L 200 de cor vermelha. “O menor citou a participação de mais 6 menores no crime, inclusive colocando a participação ativa de todos no crime”, completou o delegado.
Em seu depoimento, segundo o delegado Herbert Farias Junior, o menor teria alegado que esta com medo de ser morto, já que os menores envolvidos são filhos de pessoas importantes do município de uruará.
Crime com requinte de perversidade: O crime chamou a atenção para maneira cruel que foi acometido. Seu corpo foi achado no quilometro 190 sul, á cerca de 10 km do município de Uruará já em estado de decomposição, sem os dois pulsos, com os pés decepados e com a ausência das partes genitais.

Além de ter sido encontrada com seus pulsos decepados, os pés cortados e sem o órgão genital, também teriam recebido um tiro na cabeça de uma possível arma 22.
O crime chocou a sociedade do município. A menor saiu de sua residência e foi participar de uma festa junina na escola que estudava, em seguida desapareceu. Na época a policia só conseguiu prender uma menor de 16 anos, das inicias C.N.O. Que continua alojada na sede CESEF da capital do estado. A menor teria tido participação ativa no assassinato, e que segundo a policia teria atraído a vitima.

Motivos do Crime: Na época, o delegado que respondia pela Comarca do Município, delegado Cleber Oliveira, o assassinato foi por motivo de vingança. A vitima teria ido a policia civil e militar, denunciando açougueiro de ter violentado e estuprada, fato que posteriormente foi pedido exame e dado negativo. Diante desse fato a vitima teria sido perseguida varias vezes pelo assassino.

Açougueiro além de matar Letícia Menescal já tem três processos na promotoria da infância e adolescência, sendo dois em Santarém, por tentativa de homicídio e roubo de carro, e outro em Uruará, por ter esfaqueado em homem.
Amanhã Gilberto Açougueiro será ouvido as 08h00min horas da manhã pelo juiz da Comarca de Alenquer Alexandre Dizer.

Regivaldo aguardará apelação da sentença em liberdade

Condenado a 30 anos de prisão por ser um dos mandantes do assassinato da missionária Dorothy Stang, Regivaldo Pereira Galvão teve o habeas corpus confirmado na manhã desta segunda-feira (7) pelo colegiado, grupo formado por desembargadores, do Tribunal de Justiça do Pará. Ao todo, foram seis votos a favor e um contra.
A decisão foi decretada pela presidente da sessão, e vice-presidente do tribunal, desembargadora Raimunda Noronha, após a decisão do colegiado diante da confirmação do voto da relatora Nazaré Gouveia, que votou a favor da liberdade provisória de Regivaldo.
Gouveia reforçou a primeira decisão, quando considerou que o réu preenchia os requisitos da lei para que aguarde julgamento do recurso de apelação contra sentença em liberdade e lembrou que o réu respondeu a todo o processo em liberdade, conforme determinou, em decisão anterior, o Supremo Tribunal Federal (SFT), e que o acusado não causou nenhum embaraço ao andamento da instrução penal. Além disso, a relatora afirmou que não houve nenhum fato novo que justificasse a prisão preventiva ou enquadrasse o réu no artigo 312, do Código de Processo Penal (CPP), que discorre sobre os casos.

Ao contrário dela, a desembargadora Albanira Bemerguy, a única contra a concessão, disse que o réu ostenta antecedentes e, por isso, não pode ser agraciado com benefícios da lei. A desembargadora também afirmou que o colegiado deveria resguardar o princípio da confiança do juiz, que decretou a prisão do réu, após o julgamento que o condenou a 30 anos de prisão.
Com o resultado, Regivaldo sai do plenário em liberdade e aguarda a apelação do processo que o condenou a 30 anos de prisão pela morte da missionária.
Redação Portal ORM

Perguntas e Respostas do Programa Luz para Todos

 ProgramaCaro Consumidor, através do Portal de Gestão do Programa Luz para Todos, você poderá sanar algumas dúvidas freqüentes sobre o Programa do Governo Federal.
1 - O que devo fazer para ser atendido pelo Programa Luz para Todos?
O morador do meio rural que ainda não tem energia elétrica em casa deve fazer seu pedido diretamente na concessionária de energia que atende o município onde deseja receber a eletricidade. O cadastramento é gratuito. A solicitação também pode ser feita por meio do funcionário da concessionária que realiza a leitura dos relógios em cada cidade. E para o cadastro, é preciso apresentar um documento de identificação e o endereço da propriedade que receberá a ligação elétrica. As obras vão sendo realizadas de acordo com um critério de prioridades definido pelo Programa. O cronograma das obras é estabelecido pelos agentes executores, que são as concessionárias de energia elétrica e/ou cooperativas de eletrificação rural.
2 - Preciso pagar para ser atendido?
Não. A instalação elétrica, incluindo o padrão de entrada, até os domicílios é gratuita, além disso, as residências com ligações monofásicas também recebem três lâmpadas e duas tomadas instaladas.
3 - O cadastramento para recebimento dos benefícios do Luz para Todos só pode ser feito para atendimento individual? Não! O Luz para Todos também aceita cadastramento coletivo feito em nome da comunidade, que terão prioridade no atendimento. Basta encaminhar um ofício com os dados e endereços dos interessados.
4 - Moro na Zona Urbana e não tenho energia elétrica na minha casa, posso solicitar a ligação do Programa Luz para Todos?  Não! O Programa Luz para Todos foi criado para atender somente as pessoas que moram na Zona Rural.
5 - Meu vizinho já recebeu energia do Luz para Todos e eu ainda não. Quando vou receber?
Primeiro é preciso saber se você já fez o cadastramento na companhia de energia da sua cidade. Sem o cadastramento a companhia não vai saber que você quer energia em casa.
6 - O que é o Comitê Gestor Estadual?
É um fórum participativo que é responsável por receber as demandas, definir prioridades, acompanhar o cumprimento de metas e garantir a implementação do Programa em cada estado.
7 - Como é feita a fiscalização do programa?
O Programa dispõe de estrutura organizacional e operacional que envolve:
- Coordenação Nacional (Ministério de Minas e Energia), Regional (Empresas do Grupo Eletrobrás) e Estadual (Comitês Gestores Estaduais), com funções de gestão, priorização e acompanhamento das metas e da execução das obras;
- Ouvidoria do Ministério de Minas e Energia, recebe reclamações, sugestões e orientações sobre As obras e uso eficiente e seguro da energia;
- Eletrobrás - gerencia os recursos do fundo setorial - RGR e CDE, firma os contratos com As concessionárias e cooperativas de eletrificação rural. É o responsável pela gestão, controle e fiscalização destes contratos;
Aneel - Fiscaliza o cumprimento das metas estabelecidas para As concessionárias através da Resolução 175/2005.
- Além dos controles acima, ainda é auditado pelos órgãos governamentais, como Tribunal de Contas da União - TCU, da Controladoria Geral da União - CGU.
- CGE - Acompanhamento físico e financeiro nos Estados.
As concessionárias mantêm fiscalizações próprias sobre As empreiteiras subcontratadas, para garantir a qualidade e segurança das obras bem como sua plena execução.
8 - Como é o processo de licitação no Luz para Todos
O Luz para Todos foi desenhado de forma consistente e segura. As contratações das empreiteiras são realizadas pelas concessionárias de energia elétrica nos estados sem nenhuma interferência do Ministério de Minas e Energia, Coordenação do Programa ou do próprio Comitê Gestor.
9 - Como foi estabelecida a meta do Programa Luz para Todos? Qual é essa meta e como está o seu cumprimento nos Estados? A meta definida para atendimento do Programa e universalização do acesso à energia elétrica foi estabelecida no Termo de Compromisso, assinado entre o Ministério de Minas e Energia, governo estadual e a concessionária de energia elétrica, ou cooperativa de eletrificação rural, com base na demanda identificada no Censo 2000, do IBGE
10 - Existe prioridade para atendimento no Programa Luz para Todos?
As obras a serem selecionadas como prioritárias deverão contemplar pelo menos um dos itens abaixo. Terão preferência de atendimento as obras que satisfizerem o maior número de itens:
I - projetos de eletrificação rural em Municípios com Índice de Atendimento a Domicílios inferior a oitenta e cinco por cento, calculado com base no Censo 2000;
II - projetos de eletrificação rural em Municípios com Índice de Desenvolvimento Humano inferior à média estadual como informado no Manual de Operacionalização;
III - projetos de eletrificação rural que atendam comunidades atingidas por barragens de usinas hidrelétricas ou por obras do sistema elétrico, cuja responsabilidade não esteja definida para o executor do empreendimento;
IV - projetos de eletrificação rural que enfoquem o uso produtivo da energia elétrica e que fomentem o desenvolvimento local integrado;
V - projetos de eletrificação rural em escolas públicas, postos de saúde e poços de abastecimento d´água, sendo este último exclusivamente voltado ao atendimento comunitário;
VI - projetos de eletrificação em assentamentos rurais;
VII - projetos de eletrificação rural para o desenvolvimento da agricultura familiar ou de atividades de artesanato de base familiar.
VIII - projetos de eletrificação para atendimento de pequenos e médios agricultores;
IX - projetos de eletrificação rural, paralisados por falta de recursos, que atendam comunidades e povoados rurais;
X - projetos de eletrificação rural das populações do entorno de Unidades de Conservação da Natureza; e
XI - projetos de eletrificação rural das populações em áreas de uso específico de comunidades especiais, tais como minorias raciais, comunidades remanescentes de quilombos, comunidades extrativistas etc.
Os critérios acima estão de acordo com o Decreto no 4.783, de 11 de novembro de 2003, que criou o Programa LUZ PARA TODOS.
11 - O prefeito da minha cidade disse que foi ele quem levou o Programa Luz para Todos até a comunidade. É verdade? Não! O Programa não é do prefeito, vereador, deputado ou mesmo do governador.O Luz para Todos é um Programa do Governo Federal.
13 - Fui atendido pelo PLpT mas a energia é monofásica e fraca para a carga que tenho na minha oficina. O que fazer? O interessado deverá procurar a concessionária de energia elétrica e verificar os procedimentos para solicitar o aumento da carga. Nesse caso poderá haver participação financeira do interessado.
14 - Tenho um poço d'agua no fundo da minha propriedade e a concessionária não quer levar energia até lá. Pra que serve então o PLpT ?
O objetivo do Programa Luz Para Todos é o atendimento a domicílios (casas) onde as famílias encontram-se sem energia elétrica no meio rural. A ligação do poço deverá ser efetuada pelo próprio interessado por meio da instalação elétrica existente no seu domicílio.
15 - No nosso assentamento temos um poço de água para atender a comunidade. O que é preciso fazer para ligar este poço ?
Se o poço for de uso comunitário, a comunidade poderá solicitar a concessionária a instalação de energia elétrica pelo Programa Luz Para Todos. Entretanto, essa solicitação deverá estar em nome de uma associação ou Prefeitura Municipal. A concessionária, após efetuar a ligação, instalará um medidor para aferimento do consumo de energia elétrica e posterior cobrança.

sábado, 5 de junho de 2010

DIREITO DE RESPOSTA DA NOTA PÚBLICA DE DIVA CÁSSIA COORDENADORA DA ARARA AMARELA

O criador do Festival das Araras de Uruará que iniciou no ano de 2002, fui eu Deney Licínio juntamente com um grupo de amigos o qual destaco entre eles: a Erilene, Cirene, Cleomária, Jonas e Kael. No entanto, não me sinto "todo poderoso" como fora destacado pela nota. Sempre trabalhei com transparência. Para a realização de cada edição do Festival das Araras foi elaborado um regulamento, e este é aberto e revisto a cada ano.
Para participar de qualquer competição os grupos devem seguir as regras descritas neste referido regulamento.
Respondendo a coordenadora da Arara Amarela, o regulamento diz o seguinte, o qual está à disposição de qualquer pessoa o seu acesso:
Art. 16 - Cada Arara será avaliada da seguinte forma:
14- ALEGORIAS (Carros Alegóricos) – Nota de 05 a 10 pontos
- Símbolo de estrutura artística/cenográfica: apresentar no mínimo
E não escrito:
Se nas fichas de avaliação estava escrito alegorias ou carros alegóricos?
“Certo que não apresentamos carros alegóricos, mais apresentamos alegorias e estas receberam notas dos juízes que vieram somente para avaliar os grupos”. (escrito na nota por Diva Cássia)

Aqui ela assume que não cumpriu a regra nº 14 do regulamento. O QUE ELA COLOCA COMO ALEGORIA SÃO FANTASIAS DE DESTAQUES, MAS, TAIS FANTASIAS JÁ ESTÃO CONTEMPLADAS NA AVALIAÇÃO DE CADA DESTAQUE. Também ficou claro nas reuniões com as agremiações que seria estruturas físicas e não humanas e que o altar de evoluções pontuariam.
A exemplo dos bois de Parintins, dos botos de Santarém do Carnaval das Escolas de Samba do Brasil, ou em qualquer outra competição existem recorrências e as Comissões Organizadoras ou Ligas seguindo o regulamento determinam as punições para cada infração cometida, ao ponto de iniciar a apuração com pontuação negativa.
Quanto a questão do Ministério Público, a Promotora Ely Soraia, ouviu as partes: Diva Cássia Coordenadora da Arara Amarela e Claudeney Licínio Coordenador do Festival e disse o seguinte:
“O regulamento é bem claro, não deixa dúvidas e que não posso representar a ação.”
Também aproveito para responder aos comentários que divulgamos o apoio do Governo do Estado, que aprovou um projeto de apoio de R$12.000,00 para serem divididos entre as três araras e não R$ 40.000,00, porém até o momento não foi depositado em nenhuma conta, nem na minha e nem na conta que foi colocada a disposição para o referido depósito, a qual os extratos também estão à disposição de qualquer pessoas para conferir. Ainda estamos aguardando, pois as Araras ainda estão devendo no vermelho.
E quanto a mim Deney Licínio parcelei minhas dívidas adquiridas no festival das araras em 6 vezes, estou acabando de pagar. Devo lembrar que a Prefeitura de Uruará cupriu a sua parte pagando o que tinha de compromisso no Projeto.
Quero também relatar que fora o meu salário de Diretor de Cultura, nunca ganhei um centavo se quer para realizar este trabalho, pelo contrário, todos os anos contraio dívidas. Só faço isso pelo amor à cultura do nosso município.
Este ano o Festival das Araras de Uruará vai ser realizado e organizado pela Liga das Araras que será composta através de eleição entre as agremiações e o atual coordenador. Vamos aguardar o resultado é o momento de julgarem o meu trabalho, se realmente fui injusto é hora de me afastarem da função de Coordenador do Festival.
Até o momento não sinto dor na consciência, pois as atitudes tomadas foram corretas. Também tenho mantido neutralidade total durante estes festivais, as condições e recursos oferecidos são os mesmos para cada agremiação e isto também está descrito no regulamento.
Apenas o cumpro em íntegra.
Esta também é minha última manifestação sobre o Festival das Araras de Uruará 2009. Já estamos trabalhando para o Festival 2010.                       Valeu...........


                                                                                                                       Deney Licínio
                                                                                                        Coodenador do Festival das Arara
                                                                                                                       Uruará - Pará

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Veja a situação do carro Guincho que esta prestando serviços para o DETRAN

Veja a situação da trazeira do guincho do DETRAN que está quebrado e não poderia estar prestando serviço para o DETRAN, ou no mínimo ser multado. O pára-choque esta quebrado
E não tem condições de prestar serviços para um órgão que zela pela segurança e aplicação da lei.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Revolta da População contra Agentes do DETRAN

A população Uruaraensse se revolta contra os agentes do DETRAN, a revolta começou quando os agentes tentaram aprender uma moto que estava estacionada em frete da casa da proprietária da moto. Os populares a ver a tamanha truculência, se revoltaram e tomaram a moto das mãos dos agentes do DETRAN. Sem ter argumentos do que estavam fazendo os agentes se retiram sem levar a moto.
O acontecido ocorreu na Rua Floriano Peixoto com esquina da Avenida Central. O mais inusitado nessa história e que os excelentíssimos estavam outra vez na contra mão,ao ver a equipe de reportagem do blog e da regional FM chegando, correram e colocaram a viatura na mão certa ,mas já era tarde pois já tinha registrado.
                                                      Nota Pública
Passado 06 meses do Festival das Araras de Uruará e após esgotar-se o tempo para recursos, venho pela primeira vez a público apresentar o parecer da coordenação da Arara Amarela sobre o resultado do referido festival.
Todos que estivemos envolvidos e participando do evento sabemos que a Arara Amarela foi a campeã do 6º Festival das Araras de Uruará, Porém, quem ganhou o mérito foi a Arara Azul.
Certo que não apresentamos carros alegóricos, mais apresentamos alegorias e estas receberam notas dos juízes que vieram somente para avaliar os grupos.

 Pergunto ao Deney (coordenador absoluto e todo poderoso):
Se nas fichas de avaliação estava escrito alegorias ou carros alegóricos?
 Pergunto a todos:
Se o Deney pode tirar notas dadas pelos juízes então para que os juízes?
Mais o fato é que aconteceu e que procuramos providências no MP quando a Dra. Ely Soraia nos orientou a procurar um advogado pois quem poderia decidir seria o Juiz da Comarca.
Encaminhamos também ao Secretário Zacarias Ribeiro que ficou de dar respostas mais que não deu a devida importância ao acontecido.
Então a bem do Festival das Araras e da cultura tão frágil em nosso município pela falta de maior apoio resolvemos aceitar o resultado imposto pelo Deney, deixando este esclarecimento à todos e levantando alguns pontos para reflexão:
1. A equipe de coordenação geral do Festival das Araras foi formada pelo Deney, Gracy Kelly e Rayane, todos torcedores da Arara Azul e todos ligados à PMU.
2. Será que o fato de todos os coordenadores e apoiadores da Arara Azul fazer parte do quadro de funcionários e cargos de confiança da prefeitura não influencia no resultado do Festival? Se acontece isso não deveria pois a cultura não pode ser refém desse tipo de atitude.
3. Porque só a Arara Amarela foi penalizada? Por que não foi tirada a nota de evolução da equipe que não apresentou o número mínimo de componentes de Uruará?
O que ficou da atitude do Deney, infelizmente, foi a comprovação da falta de ética e do abuso do poder demonstrando que como administrador público não teve respeito com os princípios que baseiam a administração pública que são os princípios da: Legitimidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência
                                                                                                       Diva Cássia Alves Carvalho
                                                                                                       Cordenadora da Arara Amarela

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Sem Comentarios

Veja essas fotos, como pode um órgão que pela lógica deveria mostrar seu trabalho e dar exemplos. A equipe do DETRAN de Santarém, que esta aqui em Uruará fazendo pequenas Blitz Para coibir as irregularidades dos veículos e motoristas infratores esquece-se de dar um bom exemplo. A equipe do DETRAN foi flagrada totalmente contra mão, na Rua Marque de Tamandaré com esquina com a av. Central perto do comercial rodeio .

terça-feira, 1 de junho de 2010

Acusado de matar ex-prefeito é preso em RR

Aldair Moraes Batista, acusado de matar o ex-prefeito de Placas Daniel Capitani em abril deste ano, foi preso na madrugada de hoje na cidade de Boa Vista, capital do estado de Roraima (RR).
A prisão do acusado foi articulada pelas polícias civil do Pará (Regional do Baixo e Médio Amazonas) e de Roraima.
O delegado regional Jardel Guimarães já prepara a documentação para a transferência do preso para Santarém ou Altamira.
Aldair Batista foi capturado quando no aeroporto da cidade, após uma cilada criada pelos policiais civis. O delegado Sílvio Birro, de Santarém, foi quem esteve à frente da operação.