segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Idoso é morto a tiros em Uruará

Um crime acontecido no dia de Sábado chama a atenção da Policia, onde um senhor de 77 anos que vendia picolés nas ruas de Uruará foi executado com 3 tiros. o Crime aconteceu nas proximidades do Parque de Exposição de Uruará onde o Idoso tinha costumes de dar um volta para vender seus picolés. Segundo o investigador Silvio Alex o crime tem características de execução, pois á informações que a vitima Geraldo Pereira emprestava dinheiros a Juros, onde pode um devedor ter cometido o crime. A policia civil de Uruará sob o Comando do delegado Wilson Damascena esta investigando o caso.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

ASSASSINO CONFESSO É PRESO EM URUARÁ.

OS CRIMES ACONTECERAM NA CIDADE DE ALTAMIRA.
Os investigadores Silvio Alex e Célio Salvador prenderam nessa manha de sexta feira, Leonardo Rocha de 20 anos assassino confesso de 02 vitimas, onde o criminoso matou as vitimas com tiros de espingarda calibre 20 no município de Altamira. 
O criminoso matou seu próprio tio com um tiro, segundo o criminoso que confessou os crimes, aconteceu um desentendimento entre a vitima na virada do ano, onde depois de muito consumo de bebidas alcoólica a vitima o ameaçou de morte. Diante do acontecimento Leonardo foi ate sua casa, e de posse de uma espingarda calibre 20 efetuou um tiro fatal em seu tio, que teve morte no local do acontecido. 
Ainda relatou o meliante que o mesmo também ceifou a vida com um tiro da mesma espingarda uma jovem, dias antes do mesmo matar seu tio. Segundo Leonardo a vitima atentou contra a sua vinda lhe dando uma facada, mas como a vitima não o feriu com a faca, Leonardo, também foi ate sua casa e de posse de sua espingarda, deferiu um tiro fatal na vitima. Segundo o meliante que tem seus familiares moradores no município de Uruará, o mesmo estava na cidade de Altamira a trabalho, onde logo apos os crimes Leonardo fugiu para Uruará, onde foi preso e esta a disposição da justiça.

VEJA LOGO MAIS: POLICIA CIVIL DE URUARÁ PRENDE FORAGIDO DE ALTAMIRA ASSASSINO DE 02 VITIMAS.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Bloqueio em um dos trechos da BR-163 chega ao fim no Pará

MEIOS DE COMUNICAÇÕES DE URUARÁ, NOTICIARAM QUE O MANISFESTO NO DISTRITO DE MORAIS DE ALMEIDA TERMINOU, POR INTERVENÇÃO DO DEPUTADO ERALDO PIMENTA, TUDO MENTIRAS POIS O DEPUTADO É UM USURPADOR E SEMPRE TENTA SE PROMOVER COM SUAS MENTIRAS.
Depois de nove dias chegou ao fim na quarta-feira (24) o bloqueio da BR-163 no distrito de Moraes Almeida, no sudoeste do Pará. Um grupo de manifestantes foi até Brasília negociar acordos para a instalação do programa Luz para Todos na região da Transgarimpeira.
No trecho bloqueado por indígenas, o tráfego foi liberado temporariamente na quarta-feira depois de uma ligação da Funai marcando uma reunião com os manifestantes para o dia 21 de março, em Brasília. Mas, os indígenas preferem reunir em seu território, para que todos possam participar e ameaçam interditar novamente a rodovia caso não haja acordo.De Itaituba até Moraes Almeida havia muitos veículos pequenos e carretas parados em outras duas barreiras na cidade de Novo Progresso: uma dos índios Kaiapós e outra de trabalhadores rurais. Os trabalhadores reivindicam questão de regularização fundiária e os indígenas querem a reestruturação da Funai e passar a fazer parte do polo de Itaituba, que é o mais próximo de Novo Progresso.
O protesto durou mais de uma semana. O clima entre indígenas e caminhoneiros ficou bastante tenso quando os Kaiapós cancelaram a liberação periódica da estrada por dois dias. Revoltados, os caminhoneiros também protestaram, fecharam a entrada da cidade e chegaram a atear fogo em uma ponte.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Garoto de Uruará internado em Altamira recebe visita de seu ídolo

Um encontro emocionante entre fã e ídolo movimentou a UTI Pediátrica do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT). O pequeno usuário A.V.G.L, 4 anos, chegou ao Hospital Regional após sofrer um grave acidente doméstica O garoto foi submetido a um Eletroneuromiografia, um exame complexo que definirá os próximos passos do tratamento do paciente mirim. 
Porém, após seis meses de internação, o menino começou a apresentar sinais de depressão, uma condição bastante comum em pacientes que necessitam permanecer por muito tempo no ambiente hospitalar. Este quadro clínico fez com que a equipe da UTI Pediátrica, composta pela médica Adriana Cervantes, a enfermeira-chefe Renata Chiquetti, a terapeuta Maressa Solyanne, e a enfermeira Elaine Vasconcelos, apelasse para o famoso morcego dos quadrinhos e do cinema mundial, o Batman, do qual o garoto é fã número 1.
Para tanto, a equipe contou com a importante ajuda do voluntário Darlen Silva, que se vestiu com as
roupas do personagem e proporcionou a A.V.G.L momentos de alegria, descontração e gulodices, pois o “Batman” trouxe bolo de chocolate e queijo (dieta liberada especialmente para ele neste dia) - comidas favoritas de seu fã que não perdeu tempo e aceitou a refeição na hora. “Nós percebemos que estava acontecendo algo importante com o paciente, porque ele parou de interagir, conversar, não sentir forme e ter sonolência, sintomas que são muito clássicos de depressão, por isso, a equipe buscou uma solução com o auxílio do personagem que ele mais gosta”, explicou Renata Chiquetti, coordenadora das UTIs Pediátrica e Neo-natal do HRPT.
Para Ademilson Leverguini, pai do pequenino fã do Batman, a iniciativa da equipe foi um ato de amor e carinho para com seu filho. “Fiquei muito feliz em perceber a preocupação das enfermeiras e de toda a equipe com meu filho. Elas cuidam dele e demais crianças da UTI, distribuindo carinho e amor, em seu sentido mais pleno da palavra, é imensurável e nos conforta diante de uma situação delicada como essa. Não temos palavras para agradecer a todos do hospital, desde a turma da limpeza até a direção”, agradeceu o pai. Renata Pantoja Assessora de Comunicação, Hospital Regional Público da Transamazônica - HRPT

JOVEM DE 20 ANOS COMETE SUICÍDIO EM URUARÁ

Nessa Tarde de Quarta Feira o Jovem Silvanei da Silva de 20 anos cometeu suicídio em Uruará, Segundo Informações o Jovem teve um descontentamento nessa manhã de hoje com sua Mãe e saiu de Casa dizendo que só voltaria para buscar suas roupas e nunca mais ninguém o viria. Silvanei foi encontrado morto por populares por volta da 14 horas em um campo de futebol conhecido por Theubroma na cidade de Uruará. O jovem amarrou uma correia de veiculo em um galho de manga, que ocasionou sua morte.

VEJA LOGO MAIS, JOVEM COMETE SUICÍDIO POR VOLTA DAS 15 HORA NA CIDADE DE URUARÁ. 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Prefeito de Novo Progresso teve mandato cassado pela Câmara

A Câmara Municipal de Novo Progresso, na Região Oeste do Pá, cassou o mandato do prefeito
Joviano de Almeida do PSC. A sessão foi na segunda -feira (22). Joviano foi denunciado por irregularidade em contrato de emergência, onde a votação foi unânime, pela camará de vereadores com este, é o segundo prefeito cassado só neste mandato.
A sessão na Câmara Municipal começou por volta das 15 h, com a presença de oito vereadores – os parlamentares assumiram a missão de cassar o atual prefeito.
Em seguida, os vereadores ouviram as principais partes dos processos na denuncia. O advogado de defesa tentou argumentar mais sem sucesso, só então, começou a votação da cassação do mandato do prefeito. A decisão saiu por volta das 18h. Os oito vereadores da Casa votaram pela cassação do mandato do prefeito.
A Câmara Municipal de Novo Progresso usou um som do lado de fora do prédio para o público acompanhar a votação, que também foi transmitida pela Radio Cultura. A decisão foi aplaudida pelos moradores.
Os vereadores alegaram que Joviano cometeu uma infração político administrativa, e por isso deveria ter o mandato cassado. Essa é a segunda vez, na história do município, que um prefeito é cassado.
Investigação

A Comissão Processante acatou denúncia do advogado Antonio Bove Joaviano foi denunciado por três vezes e nas três foi voto por unanimidade, foi aprovada por unanimidade pelos um dos vereadores senhor Eloido estava de licença e não compareceu a seção .
Cinco dos vereadores que cassaram o atual prefeito também estão na mira da justiça e foram acusado de improbidade administrativa e licitação forjada desvio de dinheiro publico através de diárias para viagem que não aconteceram a qualquer momento cinco dos atuais vereadores podem cair afirma denuncia protocolada no ministério publico. Como estava previsto a partir de agora o atual presidente da Câmara Ubiraçi Soares devera assumir a prefeitura do município de Novo Progresso. Com informações  Diário de novo progresso

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Gilberto Leite lança sua pré candidatura a prefeito de Placas.

Gilberto Leite afirmou que lança oficialmente a sua pré candidatura nesta segunda feira 22/02 em um evento do PRB seu atual partido. Gilberto era vice presidente do PMDB e ajudou o partido a ser o maior do município com 4 vereadores, mas devido as intervenções do deputado Eraldo Pimenta que queria obrigar o partido a apoiar o seu grupo a força, o partido foi minado, e saíram da legenda 90% dos candidatos a vereadores e em novembro a comissão do partido foi destituída por não criar diretório. Pelo que se pode perceber o Grupo do Eraldo é tão fraco que não consegue segurar nem o partido que seu sogro era presidente.
No ultimo sábado conversei com Gilberto Leite, e o mesmo afirmou que pretendia lançar e manter firme a sua candidatura, pois assim como acontece em Uruará, o povo de Placas não quer reeleger o prefeito, e também não quer voltar o município aos desmandos do grupo do inelegível Negão Brandão, que tenta projetar a sua esposa e tenta convencer o povo que será um governo diferente do seu. Será?
O que dá pra perceber é que em todos os municípios da região o povo não pretende reeleger nenhum prefeito em 2016, mas voltar os grupos anteriores pode ser um erro mais letal ainda.
E essa opção de mudança com novos nomes, com pessoas de bem, e que nunca foram candidatos vem tendo muita aceitação pelo povo, que está abalado e revoltado com os escândalos de corrupção que abalam o país.


domingo, 21 de fevereiro de 2016

AVC MATA EX-VEREADOR DE URUARÁ

No Inicio da Noite desse Domingo 21/02 os Uruaraenses estiveram uma noticia triste, Edigar Rocha da Silva de 59 anos o (Edigazinho) como era conhecido sofre um AVC e veio a falecer. Segundo informações há alguns dia edigar havia sentido que sua saúde não estava bem, indo até a cidade de Santarem realizar uma baterias de exames, onde nada de grave foi constatado. Nesse Domingo no final da tarde edigazinho passou mal e foi encaminhado para o Hospital Municipal de Uruará, onde logo apos ser atendido, pelo plantão medico veiou a falecer. Edigar era uma pessoa muito querida pelo seu carisma e bondade vindo a exercer o cargo de Vereador por 03 mantado. Edigar começou sua vida na politica no ano de 2000 vindo a ser eleito a Vereador, onde foi reeleito em 2004 com 384 votos, em 2008 novamente foi reeleito com 440 votos, já na eleição de 2012 ficou suplente com 435. 
Nascido em 16/06/1957 município de Silplicio Medes Piaui, seu corpo esta sendo velado no Raio de Sol Centro de Uruará.




sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

URUARÁ: PRESENÇA DO DEPUTADO DELEGADO ÉDER MAURO ALIMENTA ESPERANÇAS DE DIAS MELHORES EM URUARÁ, DIANTE DO ESTADO CRITICO QUE ATRAVESSA O MUNICÍPIO.

DEPUTADO MAIS VOTADO DO ESTADO DO PARA, EDER MAURO VEIO ATE O MUNICÍPIO DE URUARÁ E PARTICIPOU DA 1º SESSÃO ORDINÁRIA DE 2016. 
Na manha dessa sexta feira centena de pessoas sairão as rua de Uruará, protestando contra o atual prefeito Éverton (PDT) onde depois de uma passeata pelas ruas da cidade os manifestantes foram para a camará de Vereadores. Com a apertura das seções ordinária de 2016, um pedido de afastamento do prefeito foi protocolado e uma Comissão processante foi aprovada pelo vereadores presente na seção dessa Sexta Feira dia 19. A comissão tem 30 dias para destacar os resultados da investigações e colocado em votação o afastamento do prefeito.
O Deputado Federal Éder Mauro (PSD) se deslocou direto de Belém a Uruará para participar e dar apoio aos Uruaraenses e discursou na Câmara de Vereadores de Uruará, sendo aplaudido pelos presentes. Em seu discursos o Deputado não médio palavras em defesas dos Uruaraenses, destacando ate um locutor de uma Radio FM local que usa os microfone da dita emissora para faltar com a verdade, e disse mais que o dito Radialista não honra seus compromissos de pai e não paga pensão para seus filhos na Capital Paraenses. Onde o Deputado Destacou o Radialista não deferia nem usar os microfones,pois quem devi pensão para seus filhos não deveria nem chegar perto de um microfone. O delegado Éder relatou também dizendo sei que pela uma Radio local que e de um ex-prefeito que também atrasava os salários dos funcionário. O Deputado também foi ate o ministério Publico acompanhar e cobrar o dossiê de denuncias contra a prefeitura de Uruará, onde a vice-prefeita Maris também formalizou varias denuncias contra o atual gestor. Segundo o Delegado Éder falcatruas entre empresas, a prefeitura e o dinheiro publico vem acontecendo em Uruará, onde segundo o Deputado existe falsificações de documento publico, envolvendo casa Bancarias, o pior de tudo isso e o descaso com o povo, onde o prefeito alem de esta fazendo esse desmando ainda abandona o povo. Um caso pareci ate brincadeira, onde o Deputado disse que foi surpreendido, pegar o dinheiro dos funcionário dos empréstimos consignado e dar fim isso é graciosidade, onde não pode ser perdoado pelos vereadores que estão aqui, e que essa investigação que esta sendo instaurada, não fique abandonada, onde não pode a prefeitura esta administrando para si e não para o povo destaca o Deputado Éder Mauro. Diante da situação caótica que atravessa o município de Uruará,  a semente da desordem e corrupção foi plantada em gestões anteriores, hoje os Uruaraenses estão passando pelo vale, mas com esperanças de dias melhores e livre do câncer maldito da corrupção. 

SÓ UMA PEQUENA PERGUNTA, CADE O DEPUTADO ESTADUAL ERALDO PIMENTA, QUE NÃO SE FEZ PRESENTE, SERA MEDO DAS SUA FALCATRUAS OU E OS 3 MESES DE SALÁRIOS DO SERVIDORES PUBLICO QUE O MESMO ROUBOU EM 2012?

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

PREFEITO DE URUARÁ EVERTON, PODERÁ SER AFASTADO DO CARGO NESSA SEXTA FEIRA.

A manifestação popular que ganhará as ruas da cidade de Uruará como uma forma de reivindicar direitos e demonstrar a insatisfação com a atual gestão do poder executivo municipal.Segundo um dos coordenadores do manifesto e presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Uruará, Avanildo Moreira, salários atrasados, escolas fechadas, professores concursados sem lotação, nomes de funcionários no SPC / SERASA e INSS em atraso, salários reduzidos, perseguição a funcionários, enfim... motivaram a realização do movimento, previsto a para a próxima sexta-feira, 19. A expectativa da população e que os vereadores estejam presentes na Sessão Ordinária e votem o afastamento do prefeito, onde um professor protocolou na Câmara Municipal, nesta quarta-feira, 17 de fevereiro, um pedido de afastamento do prefeito do município. Foi protocolado também um pedido de abertura de uma comissão processante que pode afastar o prefeito para investigar ou apenas para investigar sem que o prefeito seja afastado, conforme decidirão os vereadores.


Pará apresentou mais de 30 focos de queimadas na última semana

Segundo boletim de monitoramento, focos são em 15 cidades.
Município com registro de maior incidência foi Uruará, com 12 focos.
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) divulgou na segunda-feira o Boletim de Monitoramento de Queimadas e Incêndios Florestais no Estado do Pará. De acordo com o levantamento, no período de 12 a 14 de fevereiro de 2016, o estado apresentou 33 focos de queima, distribuídos em 15 municípios.
As informações são do sistema de queimadas/incêndios do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No período analisado, a configuração de risco de fogo mais evidente foi na região Calha Norte, sudeste, e uma pequena área no sudoeste do estado, classificados nas categorias de risco de incêndio florestal baixo e médio. O município com registro de maior foco foi Uruará com 12 focos.
De acordo com a Semma, queimadas provocadas em florestas são consideradas crime ambiental, por destruir ou danificar florestas ou qualquer tipo de vegetação nativa ou de espécies plantadas sem autorização ou licença da autoridade ambiental competente. O crime pode resultar em multas a partir de R$ 5 mil hectare.

PRF apreende 78 m³ de madeira ilegal na rodovia BR-230, no PA


Carga de Madeira que saiu de Uruará é presa pela policia, onde a madeira  estava em três caminhões e seguia para o nordeste do país. 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na rodovia BR-230, no município de Altamira,  cerca de 78 metros cúbicos de madeira serrada que estariam sendo transportados ilegalmente em três caminhões. A carga seguia para o nordeste do país e estava avaliada em mais de R$113 mil. As informações foram divulgadas pela PRF nesta quarta-feira (17).


Segundo a PRF, os três caminhões seguiam em comboio e foram abordados simultaneamente no quilômetro 625 da BR-230. Durante as averiguações, os agentes descobriram que nenhum dos condutores portava guia florestal, documento de porte obrigatório para o transporte desse tipo de carga, situação que configura prática de crime ambiental.

Dois dos caminhões apreendidos transportavam cargas iguais de madeira serrada, medindo 31,21m³, e avaliadas em R$41.900 mil cada uma. Elas eram da cidade de Uruará e tinham como destino a cidade de Teresina, capital do estado de Piauí.
O terceiro caminhão apreendido estava carregado com 16,1m³ de madeira serrada, avaliada em R$ 30.168 mil, oriunda da cidade de Placas ,e tendo como destino Campina Grande no estado da Paraíba.
Ainda de acordo com a PRF, devido o crime de transporte ilegal de madeira, os três caminhoneiros foram detidos e liberados após a elaboração de termo circunstanciado de ocorrência e assinatura de termo de compromisso de comparecimento em audiência quando convocado pelo Poder Judiciário.
Os caminhões e as cargas ficaram apreendidos no posto da PRF em Altamira à disposição do órgão ambiental do município para aplicação das medidas administrativas cabíveis.G1

Belo Monte inicia testes para operação de turbina

Enchimento dos dois reservatórios do empreendimento foi concluído e água do Rio Xingu moveu pela primeira vez a máquina com potência de 611,11 MW
A Usina Hidrelétrica Belo Monte realizou nesta quarta-feira, 17 de fevereiro, o primeiro giro mecânico da Unidade Geradora n° 01 da Casa de Força Principal, no Sítio Belo Monte. A turbina, tipo Francis, tem capacidade individual de 611,11 MW.
“É um momento marcante que envolve todas as áreas técnicas da usina. Em pouco menos de um mês, estaremos gerando energia comercialmente nas duas casas de força do empreendimento”, declarou o presidente da Norte Energia, Duilio Diniz de Figueiredo.
É o primeiro teste dinâmico para observar e ajustar o funcionamento da primeira das 18 turbinas de Belo Monte, com capacidade de 11.000 MW. O complexo hidrelétrico, em construção no Rio Xingu, no Pará, inclui ainda a barragem de Sítio Pimental, casa de força complementar, com de 233,1 MW, totalizando 11.233,1 MW.
O enchimento dos reservatórios Xingu (principal) e o intermediário, por meio do desvio das águas pelo Canal de Derivação de Belo Monte, foi concluído no dia 13 de fevereiro, quando atingiu a cota necessária para o início da operação.
No dia seguinte (14/02), a Norte Energia abriu as comportas do conduto que leva a água para movimentar e distribuir a unidade, operação preliminar e fundamental para realizar o giro mecânico.
O trabalho foi finalizado 82 dias após a emissão da Licença de Operação pelo Ibama, em 24 de novembro de 2015.O maior empreendimento hidrelétrico 100% nacional agora entra nos últimos preparativos para iniciar a geração comercial em março próximo, como está previsto no contrato de concessão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
As 24 turbinas de Belo Monte entrarão gradualmente em operação, em atingindo a capacidade plena em 2019. Com todas as máquinas em atividade, Belo Monte beneficiará 60 milhões de pessoas em 17 estados do Brasil.

Goianésia do Pará à Cidade sem lei: Vereador Zé Ernesto executado a tiros

Na manhã desta quinta-feira (18), próximo a um posto de lavagem na saída da cidade de Goianésia do Pará, sudeste do estado, as margens da PA 150, mais uma autoridade municipal foi executada a
tiros, é fato, que a menos de um mês o prefeito do município João Gomes “Russo” foi também executado de forma cruel, enquanto participava de um velório em um dos bairros da cidade.
Agora a vítima foi o vereador da Câmara de Goianésia do Pará, José Ernesto da Silva Branco (PHS), conhecido popularmente como “Zé Ernesto”, 46 anos, natural da cidade de Anápolis/Góias, segundo os relatos da Polícia Militar, o vereador “Zé Ernesto”, estava prestando socorro a um de seus caminhões que encontrava-se atolado próximo ao posto de lavagem, localizado nas proximidades da PA 150, na saída de Goianésia do Pará, quando dois elementos em uma moto chegaram e o executaram com rigores de crueldade, a sangue frio.
Populares relatam que este e mais um crime de "pistolagem", pois a vítima sempre acompanhava o trabalho de seus caminhões, “o vereador não teve ação de defesa, os elementos chegaram e descarregaram a arma, executando friamente o parlamentar”.
"Zé Ernesto" estava mobilizando sua candidatura a prefeito de Goianésia do Pará pela legenda do PHS, sempre aparecendo com grandes chances nas pesquisas de opinião pública a disputa do poder executivo em outubro vindouro. 
Ainda sobre intensa investigação da Polícia Civil da capital a morte do prefeito “Russo”, tendo agora que iniciar também a apuração dos fatos que culminaram com o assassinato do vereador “Zé Ernesto”.A população vive novamente momentos de desespero e insegurança, que aflige a todos, com os repetidos assassinatos, com indícios de execuções, os vereadores da Câmara de Goianésia do Pará estão abalados pela fragilidade que estão passando as famílias de Goianésia do Pará, e exigem justiça, pois mais uma morte de uma pessoa pública, não pode ficar impune.
O Comando do CPR IV na pessoa do Coronel Barata já determinou que fossem apurados todos os fatos que culminou com a morte do vereador, sendo destacada uma equipe da inteligência da PM, para juntamente com a Polícia Civil tentar chegar aos autores deste fato lamentável.
Nos próximos dias a cidade de Goianésia sediaria uma Audiência Pública provocada pela sociedade civil e os poderes executivo e legislativo, cobrando do governo do estado respostas imediatas para o esclarecimento da morte do prefeito João Gomes “Russo”. Com informações e Foto: Wellington Hugles

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Justiça condena Lira Maia a 7 anos e 6 meses de prisão por crime de corrupção

Em sentença proferida pelo juiz João Ronaldo Mártires, da 2ª Vara Criminal de Santarém, o ex-
prefeito Lira Maia (foto) foi condenado a pena de 7 anos e 6 meses de prisão, por corrupção (crime de responsabilidade), cometido quando exerceu o primeiro mandato de prefeito do município (1997-2000). Além disso, cassou os direitos políticos do multiprocessado do DEM por 5 anos. 
O magistrado, no entanto, extinguiu a condenação dada ao ex-prefeito santareno devido “instituto da prescrição retroativa ocorrida em agosto de 2014”.
Mártires esclareceu que o processo, ainda no STF (Supremo Tribunal Federal), já se encontrava “fulminado” pela prescrição.
Em resumo: a pena que seria aplicada ao candidato a vice-governador derrotado na eleição de 2014 foi extinta por decurso de tempo.
Os outros dois réus da ação, José Ismael Gomes de Souza e Vicente Pinto de Lira, também foram beneficiados pela prescrição.
Os três condenados não conseguiram, porém, se livrar da pena de indenização financeira por danos que eles provocaram ao erário público.
O caso se refere ao serviço de aterro e terraplanagem no antigo Terminal Vera Paz, ao lado do porto da CDP. Essa não é a primeira vez que Lira Maia é salvo pela lentidão da Justiça em julgar seus inúmeros processos.

Juiz descreve como Maia fraudou licitacão, e diz que o ex-prefeito tem “ganância” por dinheiro público

Responsável pela primeira condenação penal do multiprocessado Lira Maia [foto], o juiz João Ronaldo Mártires redigiu na sua sentença uma verdade que se escuta nas esquinas de Santarém desde que o ex-prefeito iniciou a sua carreira política: o apreço que ele nutre pelo dinheiro dos cofres públicos.
– Por motivação do crime [cometido por Lira Maia], verifica-se a cobiça e a ganância voltadas para conseguir dinheiro fácil à custa do Estado/contribuinte – escreveu o magistrado.
E descreveu como Maia surrupiou a grana pública nesse crime:
– As circunstâncias do crime são desfavoráveis na medida em que [Lira Maia] se valeu de modus operandi bastante complexo para o cometimento do crime, tendo, inclusive, forjado procedimento licitatório e envolvido o Exército Brasileiro em ato ilícito; as consequências são desfavoráveis [contra o ex-prefeito], considerando que os recursos públicos desviados comprometeram as finanças públicas e a consequente execução de outras obras/serviços públicos.  Por Jeso Carneiro

Polícia Civil prende acusado de homicídio em Uruará

A Polícia Civil de Uruará, sudoeste paraense, prendeu nesta terça-feira, dia 16, Antonio Israel
Ferreira da Silva, pelo crime de homicídio. O crime que vitimou Gabriel Rodrigues da Silva, de 18 anos, ocorreu no dia 15 de janeiro no bairro Cidade Alta, em Brasil Novo e foi motivado após uma discussão por causa de uma brincadeira de queda de braço.
Segundo informações do delegado Walison Damasceno, a vítima foi assassinada a golpes de faca. A prisão foi efetuada pelo Investigador Silvio Alex Leal e investigador Célio Salvador quando o acusado circulava pelas dependências do Mercado Municipal de Uruará. Ele foi encaminhado para a Delegacia do município e está recolhido à disposição da justiça.

Em Uruará, PA, alunos ficam sem aulas por decisão da prefeitura

Mais de 10 mil estudantes estão sendo afetados.

Prefeitura teria alegado que escolas precisam de reforma
Em Uruará, no oeste do Pará, as aulas foram suspensas na rede pública pela Prefeitura Municipal por tempo indeterminado desde a última terça-feira (16). Com a decisão, mais de 10 mil alunos estão sem poder continuar o ano letivo, que havia iniciado na segunda-feira (15). 
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), o prefeito Everton Vitoria Moreira teria alegado que as aulas foram suspensas porque as escolas precisam de reforma. “A alegação dele é fraca. Por que não fez as reformas no recesso? Nos três anos em que ele está no mandato nunca fez reforma nenhuma e atrasa o salário [dos professores] o tempo todo”, afirma o presidente do Sintepp de Uruará, Avanildo Moreira.
Moreira conta ainda que a situação das escolas é precária. “As escolas estão caindo na cabeça dos alunos, goteira para todo lado, falta merenda”, revela o representante do Sintepp, que organiza para a próxima sexta-feira (19) uma manifestação com a sociedade civil para pedir o afastamento do prefeito. G1

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

DISCUSSÃO ACABA EM TENTATIVA DE HOMICIDIO

video

Na tarde dessa segunda-feira 15 fevereiro, uma discussão deixa uma pessoa feria. O fato ocorreu na Av. Perimetral sul, segundo informações os envolvidos arremessaram garrafas de vidro, em um determinado momento um dos homens desferiu golpes com um pedaço de madeira desmaiando o outro envolvido, depois do ocorrido o acusado fugiu do local, mais foi apreendido pela Policia Militar e conduzido até delegacia para procedimentos. Momentos apos o SAMU chegou ao local e conduziu a vitima para o hospital para atendimento médico. Uruara em Alerta

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Hospital da Transamazônica em Altamira-PA, alerta sobre golpe de cobrança para exames

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), localizado em Altamira, sudoeste do Pará,
divulgou nesta quarta-feira (10) um alerta para os usuários. De acordo com o hospital, há denúncias de que golpistas, se apresentando como funcionários do local, estariam cobrando dinheiro para a realização de exames e procedimentos de saúde.
Segundo o HRPT, a abordagem dos falsos funcionários ocorrem via telefone. O hospital alerta de que se trata de procedimento criminoso, um golpe que vem sendo aplicado até mesmo em outras cidades do país.
O HRPT, conhecido popularmente como Hospital Regional, é um hospital público, com todos os seus serviços prestados à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), totalmente gratuito. O hospital destaque que, em caso de situações similares, onde aconteçam cobrança de valores por qualquer serviço de saúde pública, seja registrado um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil mais próxima.
O HRPT também está aberto para orientar os usuários vítimas do golpe, o que pode ser feito pelos telefones (93) 3515-8300 ou 8309, de segunda a sexta-feira, no horário comercial. Todas as denúncias que recebermos serão, imediatamente, encaminhadas aos órgãos policiais para que sejam tomadas as medidas cabíveis contra os criminosos.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Cebola e comparsa são presos em União do Norte com carro de taxista assassinado no Pará

Cebola é suspeito ainda de assassinar Isaltino Franco Paulino, 68 anos, em Guarantã do Norte
Segundo informações repassadas ao Olhar Cidade pela Polícia Militar conseguiu êxito e prendeu o Luiz Hernandes Moreno dos Santos, vulgo Cebola, na entrada de União do Norte, ele estava acompanhado de uma comparsa e com o carro do taxista Raimundo encontrado com um tiro na nuca na Serra do Curuá no Pará. 
Raimundo estava desaparecido desde domingo (07-02) de Castelo de Sonhos, quando saiu para fazer uma corrida e não retornou mais.Seu corpo foi localizado nesta terça-feira (09-02) ás margens da BR 163 na Serra do Curuá. 
Cebola é suspeito ainda de assassinar Isaltino Franco Paulino, 68 anos, em Guarantã do Norte, o corpo foi encontrado em estado de decomposição na residência da vítima no dia 11 de janeiro. 
A operação foi liderada pelo Cabo Maciel comandante de União do Norte o flagrante lavrado pelo delegado Ramiro Queiroz de Peixoto de Azevedo. Com informações Olharcidade


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

MPF/PA: Justiça determina nova prisão de desmatador pego pela operação Castanheira

Luiz Lozano da Silva conseguiu habeas corpus e voltou a desmatar no sudoeste do Pará
A Justiça Federal decretou a prisão preventiva do madeireiro Luiz Lozano da Silva, de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. O mandado de prisão foi expedido na última sexta-feira, 5 de fevereiro. O madeireiro, que já havia sido preso preventivamente como forma de a Justiça evitar a prática de mais crimes, conseguiu liberdade e voltou a desmatar área na mesma região onde já havia atuado ilegalmente.
Luiz Lozano, conhecido como Luizinho, é réu em dois processos criminais ajuizados pelo Ministério Público Federal (MPF). Um dos processos é decorrente da operação Castanheira, que entre o final de 2014 e início de 2015 prendeu grupo acusado de provocar grande parte do desmatamento na Amazônia. Lozano foi solto por meio de habeas corpus concedido pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.
A outra ação penal em que Lozano figura como acusado é pelo desmatamento de área embargada (com uso proibido) no entorno da Floresta Nacional do Jamanxim, em Novo Progresso. O desmatamento ilegal foi descoberto em setembro do ano passado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Depois da fiscalização, Lozano disse ao Ibama que propriedade é de outra pessoa, mas o MPF denunciou à Justiça que essa informação é falsa.
“De fato, mais do que proteger o processo penal em curso ou futuro, a prisão fundada na garantia da ordem pública visa proteger a própria comunidade, já que a preservação da liberdade do denunciado atingirá duramente a sociedade e o principal bem jurídico atingido pelas condutas delitivas, qual seja, o meio ambiente, patrimônio de inestimável valor cujo dano revela consequências que ultrapassam as fronteiras do território nacional”, registra o juiz federal Paulo César Moy Anaisse no decreto de prisão.
“Também aparenta o requerido acreditar na impunidade de suas condutas, o que o estimula a continuar com a prática delitiva, mesmo estando sujeito a medidas constritivas diferentes da prisão”, observa o juiz.
Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

HOMEM É MORTO EM URUARÁ APOS DISCUSSÃO.

Na manhã dessa terça-feira 09 de fevereiro de 2016, os investigadores de Polícia Civil Silvio Alex e 
João Filho Lima
Célio Salvador, se deslocaram até o km 155 norte, próximo ha cidade de Uruará, onde teria ocorrido um homicídio. João Filho Lima foi morto com dois tiros na região da cabeça. Após investigações os investigadores Silvio Alex e Célio Salvador identificaram o autor do fato, conhecido como Reginaldo Silva Mateus.
O fato se deu no decorrer de uma discussão de ambas as partes, onde Reginaldo teria descoberto que seu motosserra que teria sido roubada dias atrás por João, que também estaria ameaçando Reginaldo para que não efetuasse denuncia de furto a delegacia de Uruará. 
Segundo informações Reginaldo teria ido até sua residência, pego uma espingarda, e saiu. Momentos depois pediu para que sua esposa deixasse a casa e fosse para outro local, Reginaldo desde então não foi visto. Uruará em Alerta

Corpo de Taxista de Castelo de Sonhos PA foi encontrado na Serra do Curuá com tiro na nuca

Raimundo Taxista era evangélico e muito conhecido em Castelo de Sonhos
O Taxista Raimundo de Castelo de Sonhos (PA) que estava desaparecido desde domingo (07-02) foi encontrado morto com um tiro na nuca na Serra do Curuá à 25 km de Cachoeira da Serra. Segundo informações no Domingo por volta das 17 horas Raimundo foi fazer uma corrida para Cachoeira da Serra, onde um casal com uma criança foram seus passageiros e desde então desapareceu. A policia foi acionada pela família que depois das 24 horas do desaparecimento foi a campo para localizar o taxista, que no final da tarde dessa Terça feira foi encontrado sem vida.
Ele estava a cerca de 20 metros às margens da BR 163 já em início de decomposição, a Polícia trabalha na hipótese de latrocínio, Roubo Seguido de morte. 
Raimundo Taxista era evangélico e muito conhecido em Castelo de Sonhos, o carro Fiat Palio foi localizado abandonado em um setor de Cachoeira da Serra.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Improbidade: Justiça condena ex-prefeitos no Pará

Os ex-prefeitos tiveram os direitos políticos suspensos e terão de devolver, juntos, mais de R$ 2,5 milhões. Ao acolher ações de improbidade administrativa ajuizadas pelo Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA), a Justiça Federal em Castanhal decidiu pela condenação dos ex-prefeitos de São Domingos do Capim, Francisco Feitosa Farias, e de Santarém Novo, Fernando Edson dos Santos Loureiro.
São Domingos do Capim – O ex-gestor de São Domingos do Capim, no nordeste do Pará, foi condenado por irregularidades na aplicação de recursos repassados pelo Ministério da Saúde ao município, conforme aponta relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus). Ausência de processos licitatórios, inexistência de plano municipal de saúde, falta de medicamentos e deficiência de transporte para remoção de pessoas foram algumas das irregularidades apontadas pelo órgão.
Francisco Feitosa Farias terá que devolver a quantia de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos e pagar multa equivalente a 1/8 desse valor. O condenado também teve os direitos políticos suspensos por sete anos.
Santarém Novo – Já o ex-prefeito de Santarém Novo, no oeste do estado, foi condenado por não prestar contas de recursos repassados ao município pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação nos anos de 2006 e 2007. O dinheiro seria destinado ao Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar na cidade.
Fernando Edson dos Santos Loureiro foi condenado a devolver R$ 30 mil aos cofres públicos, além do pagamento de multa no valor da última remuneração recebida. O ex-prefeito também teve os direitos políticos suspensos por três anos.
Segundo o procurador da República Bruno Soares Valente, a condenação dos ex-prefeitos de municípios paraenses é fundamental “porque diminui a impunidade existente em relação às fraudes com recursos públicos”, afirma.
Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Suspeita de fraude leva policiais à Prefeitura de Abaetetuba

Operação já apreendeu documentos no local. Polícia acredita em desvio de recursos da previdência.
Policiais civis da DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado), da Polícia Civil, cumprem 14 mandados de busca e apreensão de documentos e oito de condução coercitiva na Prefeitura de Abaetetuba, nordeste paraense, no início da manhã desta quarta-feira (3). A operação 'Forte de Miriti' também é realizada em Belém na casa de servidores públicos do município de Abaetetuba. A suspeita é de desvio de recursos públicos relacionados ao repasse de valores da previdência social descontados em folha salarial de servidores da prefeitura.Os investigadores colheram documentos e alguns servidores foram encaminhados para a delegacia de Abaetetuba para prestar esclarecimentos. O inquérito policial foi instaurado pelo delegado Carlos Vieira, titular da Delegacia de Defraudações Públicas, a partir de relatórios enviados pelo Ministério da Previdência Social que apontaram possível crime de apropriação indébita de valores referentes a descontos em folha salarial de servidores da prefeitura e não repassados ao órgão previdenciário.
Todo o material apreendido foi levado para a sede da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). A operação conta com 50 policiais civis..Orm news

HOMEM COLIDE EM POSTE DE ENERGIA EM URUARÁ-PA

Na noite de segunda feira, 01 de Fevereiro por volta das 21 horas, um homem de aproximadamente 45 anos, trafegava em uma moto BROZ na BR-230 sentido a cidade de Medicilândia-PA, colidiu em um poste de energia próximo a um posto de gasolina, segundo informações o homem estaria alcoolizado. Os investigadores de Policia Civil de Uruará-PA, Silvio Alex e Célio Salvador, socorrem o homem levando-o para o Hospital Municipal de Uruará, o condutor da motocicleta estava sozinho, foi medicado e passa bem, no entanto devido o impacto da colisão o mesmo teve fratura expostas em uma das mãos e uma das pernas. Uruará em Alerta

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

TRANSAMAZÔNICA FAZ MAIS UMA VÍTIMA ENTRE AS CIDADES DE URUARÁ E RURÓPOLIS (PA)

MOTORISTA DE URUARÁ MORRE EM ACIDENTE NA TRANSAMAZÔNICA PRÓXIMO A CIDADE DE RURÓPOLIS
Na tarde desta segunda-feira, 01 de fevereiro, o motorista da cidade de Uruará, Otoniel Ferreira Souza, popular Bodinho, acabou sendo atropelado pelo caminhão que ele dirigia quando o mesmo
verificava problemas mecânico no veículo. Otoniel chegou a ser socorrido, mas faleceu no início desta terça-feira, 02, no Hospital Regional do Baixo Amazonas em Santarém. O acidente aconteceu numa ladeira da Transamazônica (BR 230) próxima a cidade de Rurópolis.
Otoniel Ferreira Souza era casado e deixa duas filhas, o corpo será transladado para a cidade de Uruará onde será sepultado. Por Cirineu Santos

************************PRA REFLETIR****************************

Os Uruaraenses que amam esse município, que pretendem criar seus filho e netos, devem tomar uma iniciativa justa e digna, juntando Empresários, Pastores, Padres, agricultores, madeireiros enfim todos aqueles que tem vergonha na cara e defendem o bem do município e não apenas o seu interesse, e juntos mudar a cara de Uruará.