sexta-feira, 23 de junho de 2017

segunda-feira, 19 de junho de 2017

PROFESSORES DO MUNICÍPIO DE PLACAS - PA PEDEM RETIRADA DE PROJETO DA CÂMARA E PROMETEM ENTRAR EM GREVE SE GOVERNO NÃO RECUAR

Os profissionais da educação do Município de Placas na região do Baixo amazonas no Pará realizaram na manhã desta segunda-feira um ato público contra o projeto 246/2017 que tramita na Câmara de vereadores e que prevê mudanças no Plano de Cargos Carreira e Remuneração – PCCR da categoria.
Uma caminhada foi realizada pelas ruas na Cidade com concentração em frente a Prefeitura Municipal onde os Professores expuseram suas insatisfações com o projeto. Em uma reunião do Sindicato dos Trabalhadores da educação Pública do Pará subsede de Placas, realizada na última sexta-feira, os profissionais decidiram e entraram em estado de greve e prometem parar caso a gestão municipal não volte atrás e retire o projeto da Câmara. Uma reunião foi marcada para a tarde desta segunda-feira, mas até o fechamento da matéria nada havia sido decidido ainda e aguardamos o desenrolar das negociações.
OBS: As imagens foram feitas e cedidas por Professores

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Peão de Rodeio Uruaraense é assassinado com tiro na cabeça durante assalto em Araguaína

A violência continua fazendo vítimas em Araguaína, na região norte do Tocantins. Na noite desta quarta-feira, 14, um peão que estava na cidade para participar do rodeio da exposição agropecuária local foi morto com um tiro durante um roubo em uma casa no setor Jardim Santa Helena. 
De acordo com a Polícia Militar (PM), a ação criminosa aconteceu por volta das 20 horas, na rua Princesa Isabel. Três suspeitos chegaram à casa em um carro, invadiram o imóvel e anunciaram o assalto. A residência tinha sido alugada para abrigar um grupo de peões. Os bandidos exigiram que duas vítimas que estavam na sala entregassem os celulares. Ao sair do quarto, Getúlio Santos da Silva, de 27 anos, reagiu e após luta corporal com os suspeitos, acabou atingido na cabeça por um disparo. O peão morreu na hora.
Os colegas de Getúlio conseguiram prender um dos assaltantes, identificado como Rafael Silva Cavalcante, de 19 anos. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 32 municiado. O jovem tem passagens pela polícia e, segundo a PM, tinha deixado a prisão há pouco tempo. Os comparsas de Rafael conseguiram fugir de carro. 
O corpo de Getúlio foi encaminhado para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína, que será sepultado no Pará. Natural de Uruará, o peão, membro da Companhia de Rodeios Ítalo Todde, tinha 8 Anos de rodeio profissional. No auge da carreira, ele colecionava vários títulos em competições pelo país montando em touros e sonhava com uma nova conquista no rodeio da Exposição Agropecuária da Araguaína.
Em nota, o Sindicato Rural de Araguaína, que organiza a Expoara, lamentou o ocorrido e se disse consternado com o latrocínio do jovem peão. "Getúlio, de 27 anos, estava em Araguaína junto com seus companheiros peões para participar das competições que começam nesta quinta, 15, na programação da Expoara 2017", informou a direção do SRA. 
Rafael deve ser indiciado por latrocínio, que é o crime de roubo seguido de morte. Ele pode pegar até 20 anos de cadeia. O suspeito deve ter a prisão preventiva decretada pela Justiça e aguardar detido o julgamento.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

VEREADORES DE URUARÁ SE OMITEM A DEFESA DO BEM ESTAR DA POPULAÇÃO E SE DISPÕEM A BAJULAR COM MUITA BABAÇÃO AO PREFEITO.

CÂMARA DE VEREADORES DE URUARÁ PODERÁ SER A  PIOR DE 
TODOS OS TEMPOS, ONDE 13 VEREADORES JUNTANDO TODOS NÃO UM.
SERÁ QUE OS NOBRES VEREADORES DE URUARÁ, QUE ARROTAVAM MORALIDADES E HONESTIDADE, NÃO VÃO SOLICITAR QUE O PREFEITO REALIZE A PRESTAÇÃO DE CONTAS.
A sociedade, portanto, deve acompanhar a realização das despesas, atenta para que os recursos não sejam desviados ou mal gerenciados. Ou seja, é preciso que, além de participar da gestão e do acompanhamento das políticas públicas, a sociedade exerça o CONTROLE dos recursos públicos envolvidos na realização dos fins do Estado.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

1º SEMESTRE DO GOVERNO URUARAENSE – VISÃO GERAL

Antes de começar a analisar o 1º Semestre do atual governo, quero dizer as pessoas que não são de Uruará que o nosso município é uma grande potência agrícola e comercial, com grandes perspectivas de crescimento e um povo aguerrido e trabalhador, o que irei falar compete apenas aos poderes executivo e legislativo do município.
PROMESSAS DE CAMPANHA – UMA FARSA?
As promessas de campanha ainda estão na memória recente de muitos Uruaraenses, principalmente as que tratavam de transparência da coisa pública, melhores condições de emprego e salário, infraestrutura e participação popular. Houve sim uma auditoria interna da prefeitura, uma grande faixa foi colocada bem na entrada do prédio exibindo em letras garrafais o tão aclamado processo. No entanto, o que mais se aguardava era uma audiência pública onde seria divulgado e esclarecido a verdadeira situação fiscal da prefeitura. E isso não aconteceu, se tinha sujeira ou não, foi varrido para debaixo do tapete. 
Uruará dispõe de um número invejável de profissionais formados na área da educação, o que não explica o número de denúncias de populares sobre professores sem qualificação dando aula. A valorização do professor, tão pregada nos palanques, não se concretizou no exercício do mandato. Valeu mais o apadrinhamento político, em detrimento da qualificação profissional para educar os filhos de Uruará. Essa atitude politiqueira pode prejudicar muito o município a médio e longo prazo, pois acaba desestimulando a busca por qualificação, além de fazer com que profissionais abandonem o município em busca de valorização profissional.
Em campanha falou-se em destacar uma equipe apenas para tratar da urbanização do município, inclusive foi prometido que a cada fim de mês um pedaço de rua bloqueteada seria entregue para a população (tem vídeo no Facebook sobre isso), no entanto o que vemos é apenas tapa-buracos e uma previsão de começar a bloquetear algumas ruas em breve. Os tapa-buracos tem causado uma certa divisão na opinião pública, alguns serviços mal feitos tem trazido diversos transtornos a populares. Falta de planejamento ou incompetência? Talvez um pouco dos dois. Vale fazer uma pausa agora e salientar que os funcionários nada tem a ver com isso, sendo culpado apenas aqueles que comandam as obras. 
Após um contrato milionário com uma empresa fornecedora de máquinas e equipamentos para coleta de lixo, esperava-se que os serviços fossem melhorar, no entanto caíram significativamente. Não há dia certo para a coleta, pode ocorrer em qualquer dia da semana e em qualquer horário, além de que há algumas ruas onde demora até duas semanas para passar o caminhão de lixo. Até nos serviços essenciais observa-se a falta de organização.
PARTICIPAÇÃO POPULAR?
O famigerado slogan “Novo Para Governar Com o Povo” foi só mais uma das ideias abandonadas após as eleições. Agora o lema é “Nossa Terra, Nosso Futuro”, ou seja, não é mais do povo, é deles. Terra deles, Futuro deles. O uso dos pronomes possessivos “nossa” e “nosso”, evidencia que mais uma vez tivemos a prefeitura tomada de refém e o povo está à mercê do que o governo, arbitrariamente, decidir. Consulta popular? Nem se ouve falar tais palavras.
COMUNICAÇÃO E TRANSPARÊNCIA
Comenta-se que a prefeitura é tão transparente quanto a noite... Comentários populares à parte, tudo é mesmo feito no escuro. Quem quiser saber algo sobre os contratos da prefeitura precisa se dedicar muito para conseguir algumas informações nos complicados sites de transparência do governo federal. No entanto, alguns conseguem e se assustam com dezenas de contratos milionários que foram firmados para o ano de 2017. É evidente, ao olhar esses contratos, que dinheiro não é uma preocupação para o governo. 
A comunicação, é uma problemática à parte. Não é falta de profissionais, pois há dois jornalistas experientes e competentes lá dentro. O que falta é direção e estrutura. Os profissionais que lá estão, são apenas subaproveitados e não conseguem desempenhar o papel deles com excelência devido a inserção de pessoas de fora do ramo lá dentro, o infame apadrinhamento político mais uma vez. Isso faz com que os serviços não fluam a contento e o resultado final é muito ruim. Há inúmeros casos onde o prefeito, aparentemente, ignora sua equipe de comunicação e ele mesmo grava vídeos com seu celular (com qualidade pífia) e posta nas redes sociais. Uma verdadeira lambança.
VEREADORES
Uma decepção amarga. É assim que podemos definir o atual time de legisladores do município. Criou-se uma grande expectativa em relação aos novos vereadores. Eram 8. Eram, porque já não são mais. Faltou personalidade, conhecimento e vontade de criar uma identidade própria. Na ausência de uma definição sobre qual caminho eles queriam trilhar, acabaram por repetir as mesmas atitudes dos colegas “velhos”. Acomodaram-se no brilho das selfies com máquinas ao fundo chafurdando na lama. Tornaram-se 13 velhos. Com atitudes velhas e com o maior índice de reclamação que já vi para um primeiro semestre de governo. Nem no governo passado os vereadores ficaram tão mal falados quanto os de agora. Reflexo amargo da postura que tomaram. Ninguém fiscaliza as contas públicas ou os contratos da prefeitura, apenas querem tirar uma selfie onde há uma máquina tapando buraco. Tive o cuidado de olhar no perfil de cada vereador e não vi em nenhum deles a formação em Engenharia Civil, logo não vejo neles competência para “fiscalizar” os trabalhos das recuperações de ruas e estradas vicinais. A população já colocou a todos numa só panela. Talvez há tempo de um ou outro sair, mas a água já está fervendo.
O QUE ESPERAR DISSO TUDO?
O povo de Uruará é forte e já passou por muitos desafios, mas já está cansado de tantos desmandos e farras com a coisa pública. Com o estranho silêncio dos sindicatos, resta ao povo a missão de denunciar e se manifestar contra aquilo que não visa o bem comum. As redes sociais tem sido um instrumento de manifestação da insatisfação popular que está numa crescente. Espera-se que pelo menos 3 vereadores despertem desse sono profundo e comecem a olhar o povo como o objetivo dos seus trabalhos. A figura do vice-prefeito tem se destacado positivamente entre a população, até mais que o próprio prefeito, e isso pode ser um fator importante para mudanças na condução do município. Mais firmeza e responsabilidade cairiam bem para ajustar o caminho do governo rumo ao que todos desejamos: dias melhores.
- Marcos Coelho
Consultor Político e Especialista em Marketing Político

quinta-feira, 8 de junho de 2017

POLÍCIA CIVIL PRENDE LADRÕES DE CARGAS NA TRANSAMAZÔNICA.

Uma equipe de policiais civis do NAI/W, que tem como diretor o Delegado Silvio Birro, de Santarém, prendeu na tarde de ontem (07/06) na BR 230 - Transamazônica à altura da comunidade conhecida como Km 224, uma quadrilha especializada em roubo de cargas de caminhões. A operação que se deu em conjunto com policiais civis de Altamira, sob o comando do delegado Vinícius Sousa, Superintendente da Região do Xingu e Walison, Titular da Delegacia de Uruará, resultou na detenção de 04 assaltantes e apreensão de duas armas de fogo sendo uma espingarda e uma pistola, calibre 7.65, que eram usadas para abordar as vítimas, além de um caminhão wolgsvagen utilizado para transportar toda a carga roubada após ser retirada dos caminhões de origem sempre em um ramal de
difícil acesso e previamente escolhido pelos criminosos . De acordo com a polícia, a quadrilha vinha agindo já havia um bom tempo e com isso colocando pânico nos profissionais do volante. Duas mulheres também foram presas. Em uma chácara onde residiam os acusados foram apreendidos vários objetos roubados, com roupas, tênis, perfumes, sapatos femininos e eletrodomésticos.Todos foram autuados em flagrante delito na delegacia de Uruará por Associação Criminosa, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Recepção Dolosa, etc. Após à conclusão dos procedimentos os presos deverão ser transferidos ainda hoje para o presídio de Altamira.
Fonte: PC/PA
VEJA LOGO MAIS: 
QUADRILHA É PRESA EM URUARÁ ACUSADA DE ROUBO DE CARGA E VENDER CARROS ROUBADOS E CLONADO.
SEIS INTEGRANTE DA QUADRILHA ESTÃO PRESO NA DELEGACIA DE POLICIA CIVIL DE URUARÁ ONDE A OPERAÇÃO CONTOU COM DELEGADOS E POLICIAS DA REGIÃO DA TRANSAMAZÔNICA.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

DESRESPEITO E HUMILHAÇÃO LEVA SINTEPP DENUNCIA PREFEITURA DE URUARÁ NA JUSTIÇA.

6 MESES DE GOVERNO E AS DENUNCIAS CONTRA 
A ATUAL GESTÃO JÁ COMEÇA A TODO VAPOR.
O sindicato dos trabalhadores em Educação de Uruará SINTEPP, com seu representante do Coordenador Geral, Paulo Rogério, protocolou na manhã dessa Quarta Feira dia 07 de Junho, denuncia contra a prefeitura de Uruará no Ministério Publico Estadual.
Na denuncia contra a prefeitura municipal de Uruará o denunciante pede ao Promotor de Justiça da comarca de Uruará, urgência em relação ao estado de calamidade que se encontra a educação e dos servidores municipal. O Sindicato ressalta que já foi cobrado, pela terceira vez a Câmara municipal, a Semed e também a Prefeitura que tomassem providencias e nada foi solucionado.
*A denuncia e fundamenta no salario de miséria que esta sendo pago pela prefeitura de Uruará.
*Prestação de conta dos recursos da educação que nunca foi realizado.
*Corte da hora atividade dos servidores temporários.
*Intervenção de alguns vereadores nas lotações de escolas.
*Servidores sem formação sendo lotado na educação.
*Dilapidação da escola Melvim Jones.
*Enrolação da prefeitura em relação ao Plano de carreira e remuneração.( Não ao golpe nas Ferias)
*Motoristas sem CNH conduzindo Transportes escolar.
*Servidores sem formação e qualificação atuando nas direções, supervisões e orientações das escolas municipais.
*Baixa no ensino, sucateamento, e avacalhação do Prointer, promovido por vereadores e aliados apadrinhados.
*Nepotismo.

Medicilândia: Jovem de 17 anos é assassinado a tiros

O homicídio aconteceu na Rua Irmã Dulce no Bairro Cacoal em Medicilândia, no sudoeste do Pará.
As primeiras informações dão conta de que a vítima, Raylan Lopes dos Santos, 17 anos, morreu na sua própria residência após ser vítima de disparos com arma de fogo. Ainda não se tem informações do autor do crime.
A única testemunha é a esposa que segundo informações contou a polícia que apenas ouviu 3 tiros, ainda segundo informações o projétil atingiu a nuca do rapaz. Uma equipe do SAMU foi acionada mas ao chegar no local o adolescente já estava morto. A polícia civil foi acionada para fazer os procedimentos cabíveis até a liberação do corpo.
Informações colhidas pela polícia no local é de que possivelmente o crime tenha ligação com acerto de contas, as investigações vão prosseguir para elucidar o caso.
Por: O Xingu 230 e Edlene Gonçalves

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Uruará: Tentativa de assalto termina com criminoso baleado

Assaltante atira em si mesmo ao tentar 
assaltar mulher para roubar moto em Uruará
Por volta das 20 horas deste domingo, 04 de junho, uma senhora seguia pela Transamazônica (BR-230) para a cidade de Uruará (PA) com uma criança numa motocicleta quando na altura do km 175, a cinco quilômetros da cidade dois indivíduos abordaram a mesma para assaltar. Mas o indivíduo que estava armado levou a pior ao acabar atirando em si mesmo. Segundo informou a Polícia Civil, o criminoso mandou a vítima parar e quando foi apontar a arma pra a mulher atirou acidentalmente na própria perna, quebrando o fêmur. O comparsa buscou um táxi na cidade pra levar o indivíduo baleado ao hospital municipal. A polícia foi acionada pela vítima que imediatamente diligenciou até ao hospital onde deu voz de prisão aos dois indivíduos.
A equipe da Polícia Civil (EPC Ivan Santos e Eládio Cruz) juntamente com a GU de serviço da Polícia Militar (Sg Cleiton, SD Alcântara e SD Pereira) conduziu um dos indivíduos para a Delegacia de Polícia enquanto o outro criminoso baleado, Natanael Furtado, 25 anos, ficou algemado no hospital para receber o atendimento médico e posteriormente será encaminhado para a delegacia, o mesmo é foragido do presídio em Altamira. Ambos os criminosos são do município de Medicilândia.
Ainda de acordo informou a Polícia Civil, está sendo apurada a identificação do comparsa do indivíduo baleado preso que não apresentou documento de identificação e disse que estava hospedado num hotel da cidade. Os dois criminosos serão autuados em flagrante pelo crime de Tentativa de Assalto e ficarão a disposição da justiça.
Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil e Polícia Militar de Uruará 

sábado, 3 de junho de 2017

O DEPUTADO ESTADUAL ERALDO PIMENTA ENTRA COM UM PEDIDO DE HABEAS CORPUS NO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL

Trata-se de habeas corpus, com pedido de liminar, impetrado em favor de ERALDO SORGE SEBASTIÃO PIMENTA com a finalidade de promover o trancamento do IPL 0149/2016, instaurado pelo Departamento de Polícia Federal em Altamira/PA mediante requisição da Procuradoria da República da 1ª Região em Altamira/PA.
O impetrante esclarece que o IPL 0149/2016 foi instaurado com a finalidade de investigar a suposta prática do delito capitulado no art. , I, do Decreto-Lei 201/67, consistente em irregularidades na execução do TC/PAC-0233/2008, no âmbito do município de Uruará/PA, na gestão de ERALDO SORGE SEBASTIÃO PIMENTA, Onde atualmente exercendo mandato de Deputado Estadual.
O deputado alega que o referido inquérito policial não poderia ter sido instaurado sem determinação deste TRF/1ª Região, em razão de o paciente possuir foro especial por prerrogativa de função decorrente da função pública de Deputado Estadual que atualmente exerce.
A Juíza Federal ROSIMAYRE GONÇALVES DE CARVALHO que Examinou a questão posta nos autos, declarou, que não teria como deferir o pedido formulado pelo impetrante, uma vez que da "prerrogativa de função, contudo, não decorre qualquer condicionante à atuação do Ministério Público, ou da autoridade policial, no exercício do mister investigatório, sendo, em regra, despicienda a admissibilidade da investigação pelo Tribunal competente.
Segundo a Juiza Federal, trata-se de inquérito instaurado enquanto Eraldo Pimenta exercia o cargo de prefeito municipal de Uruará estendendo-se para atual momento quando exerce o cargo de deputado estadual. Portanto, a tese da defesa do Deputado não sustenta a conclusão pretendida, onde foi 
indeferido o pedido de liminar. VEJA NA INTEGRA AQUI...

sexta-feira, 2 de junho de 2017

POLÍCIA CIVIL DESBARATA QUADRILHA QUE PRATICAVA ASSALTOS NA CIDADE DE URUARÁ

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira, 02, a operação realizada na cidade de Uruará (PA) que
resultou na apreensão de 3 menores e na prisão de um adulto. A operação policial ocorreu na tarde desta quinta-feira, 01 de junho. Com os indivíduos a polícia apreendeu uma motocicleta e uma arma de fogo que eram utilizadas para cometer os assaltos. A polícia descobriu que o indivíduo adulto fornecia arma e dava suporte para os assaltantes adolescentes.
Foi apreendido o adolescente, J. O. A, 16 anos, o adolescente vulgo Capanga de 17 anos e foi preso o nacional, Leandro Pereira de Barros, ambos são suspeitos de vários roubos ocorridos na cidade no decorrer da semana.
Após investigações, a equipe de plantão (EPC Ivan Santos e IPC Eládio Cruz) localizou o menor J. O. A. em uma motocicleta com características semelhantes a que está sendo usada nos assaltos cometidos na cidade de Uruará. Após acompanhamento, a equipe abordou o menor e o mesmo estava de posse de um celular roubado horas antes. Seguindo com as diligências, a equipe foi em vários endereços com o objetivo de prender os outros suspeitos e assim conseguiu localizar o nacional, Leandro Pereira de Barros, de posse de uma arma de fogo, tipo revólver, Calibre 22 com 07 munições intactas. Dois celulares também foram apreendidos.
Segundo as investigações, Leandro, indivíduo maior de idade, era quem "patrocinava" os roubos na cidade, alugando armas para os criminosos.
As investigações continuaram e um terceiro envolvido nos crimes foi identificado e apreendido que também é um adolescente de 17 anos de idade conhecido pelo vulgo Capanga. Os dois menores fizeram três vítimas de assaltos nesta quinta-feira, 01, antes de serem apreendidos. Na manhã desta sexta-feira, 02, outro adolescente de 14 anos também foi apreendido por ter participado de assaltos na semana anterior. Os 3 adolescentes confessaram a prática de assaltos com o apoio de Leandro, usando uma arma de fogo prateada e uma moto na cor verde de descarga barulhenta, crimes ocorridos nas últimas semanas na cidade de Uruará. As apreensões dos adolescentes ocorreram próximo ao lago do Bairro Nova Uruará, na zona leste da cidade. Ambos os suspeitos são residentes do Projeto Habitacional Minha Casa Minha Vida, Bairro Pimentolândia, zona sul da cidade.
As vítimas compareceram à delegacia e reconheceram os celulares e os indivíduos.
Os envolvidos foram conduzidos a delegacia de polícia e apresentados a autoridade policial para procedimentos. Leandro irá responder pelos crimes de roubo, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. A Polícia Civil pedirá a internação dos adolescentes.
Por Joab Reis com informações policia Civil